Como o tempo passa, na visão poética de Dante Milano

Milano, na visão do amigo Portinari

O serventuário da Justiça, jornalista e poeta Dante Milano (1899-1991), nascido em Petrópolis (Ri de Janeiro), foi um dos mais destacados elementos representativos da terceira geração do Modernismo. Neste pequeno poema, Milano faz criativas indagações sobre o ir e vir da passagem do tempo. Afinal, para onde o tempo vai?

AO TEMPO

Dante Milano

Tempo, vais para trás ou para diante?
O passado carrega a minha vida
Para trás e eu de mim fiquei distante,
Ou existir é uma contínua ida
E eu me persigo nunca me alcançando?
A hora da despedida é a da partida

A um tempo aproximando e distanciando…
Sem saber de onde vens e aonde irás,
Andando andando andando andando andando

Tempo, vais para diante ou para trás?

               (Colaboração enviada por Paulo Peres – Site Poemas & Canções)

One thought on “Como o tempo passa, na visão poética de Dante Milano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *