Os “meninos” famosos: prestígio fora da Vila

Os “meninos” têm tal prestígio, que por causa da convocação de quatro deles, o amistoso dos patrocinadores da seleção virou atração. Todos querem transmitir e ver, audiência garantida.

Mano está atento a Arouca e Wesley. Quer convocá-los noutra oportunidade, 6 “meninos” de uma vez só seria criticadíssimo. E mais: quarta-feira o Santos pode ser campeão da Copa do Brasil, garantindo a Libertadores para o ano que vem, 2011. (O amistoso será uma semana depois da decisão na Bahia).

Um lamento e uma falta de explicação. Por que Turquia, Grécia, Portugal, (e não apenas esses) podem tirar jogadores do Brasil? Como países, têm menos recursos do que o Brasil. Então, por que o destaque e a capacidade, logo exigem o passaporte?

Alguns dizem que se ficassem aqui, atrapalhariam o fluxo da “lavagem de dinheiro”, embutida na transferência.

Parece que se firmou a constatação: SAIR, representa prestígio. FICAR, dá a impressão de que faltou proposta. (Alguns garantem isso).

***

PS – Ontem, grande vitória dos “reservas” do Santos. Um grande jogo, o final, quase um Festival Wagner de emoção.

PS2 – Faltando poucos minutos, o Santos sofreu um gol, vencia por 2 a 0. 6 minutos e o árbitro marcou um pênalti, que só três pessoas viram: ele, o apresentador e o comentarista do SporTV. O goleiro pegou.

PS3 – Faltando 30 segundos, outro pênalti, esse verdadeiro, o batedor jogou na trave, acabou o jogo. Seria injustiça total, o Santos perder ou até empatar.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *