Brasil dominou, mas perdeu gols demais e agora não adianta reclamar

Resultado de imagem para brasil 1 belgica 2

O goleirão belga teve muito trabalho e foi recompensado

Carlos Newton

No futebol e na vida, quem não faz gol acaba levando. O jogo começou fácil para o Brasil, que aos 7 minutos colocou uma boa na trave. Um minuto depois, outra chance desperdiçada. Logo em seguida, mais uma. O jogo parecia fácil, mas a boa não entrava. A seleção brasileira dominava, tudo ia bem, até que houve um escanteio contra o Brasil e aconteceu um lance verdadeiramente incrível – dois jogadores brasileiros saltaram juntos, um atrapalhando o outro, e Fernandinho, que idiotamente pulou por trás de outro jogador brasileiro, acabou fazendo gol contra, com a bola desviando em seu braço, sem nenhum jogador belga por perto, vejam a ironia do destino. Foi aos 13 minutos.

Foi uma ducha fria no time, mas a seleção não esmoreceu e seguiu dominando, mas a bola não entrava. O goleirão belga Courtois estava endiabrado. E a Bélgica, num contra-ataque, fez o segundo gol, num chute verdadeiramente indefensável do meia De Bruyne, aos 31 minutos.

JOGO DURÍSSIMO – A parti daí, o jogo ficou duríssimo, com investidas de lado a lado, não havia mais domínio brasileiro quando acabou o primeiro tempo.

Depois do intervalo, no lugar de Willian entrou Roberto Firmino, que ninguém por que não era titular neste time. O jogo ficou pau a pau. A partir dos oito minutos, o Brasil cresceu,  Gabriel Jesus fez bela jogada dentro da área, o Brasil pediu pênalti, mas o videotape desmentiu.

Aos 12 minutos, Tite teve um acesso de lucidez e colocou Douglas Costa em campo, no lugar de Gabriel Jesus. Aliás, Douglas é outro titular em qualquer time do mundo, menos no Brasil.

OS TITULARES – Com o time titular em campo, faltando apenas Casimiro, o Brasil foi à frente. O pior jogador era Fernandinho, realmente tinha de ser substituído com urgência, mas Tite não enxergava o óbvio. Não é nem será o único treinador brasileiro a deixar titulares óbvios no banco.

Jogo duríssimo. O Brasil procurando o gol, que não saía. Aos 27 minutos, Tite teve outro ataque de bom senso e colocou Renato Augusto no lugar de Paulinho.

O time melhorou o passou a dominar o jogo e Renato Augusto fez o seu gol, de cabeça, num lançamento primoroso de Filipe Coutinho. A Bélgica se defendia e o segundo gol não entrava. Haja coração.

FINAL DRAMÁTICO – Cinco minutos de prorrogação. No finalzinho, Neymar quase marca. No último minuto, escanteio para a Bélgica. Em seguida, o apito final, e o Brasil perde um jogo dramático, que poderia ter vencido, se começasse com os titulares em campo.

Futebol é assim mesmo. Nem sempre o melhor ganha o jogo. Mas a prática recomenda que o treinador escale sempre os melhores jogadores de que dispõe. Não adianta guardá-los como arma secreta para o segundo tempo.

E vida que segue, como diria nosso amigo João Saldanha, com quem trabalhamos na Ultima Hora, em O Globo e na TV Manchete, e faz uma falta desgraçada a todos nós.

118 thoughts on “Brasil dominou, mas perdeu gols demais e agora não adianta reclamar

  1. 1) Por enquanto o vidente Carlinhos, de Curitiba, está acertando, ele disse que o Brasil chegava perto,,, mas não iria adiante.

    2) Foi Carlinhos quem profetizou a vitória de Álvaro Dias, do Podemos, na corrida ao Planalto.

    3) Também previu, infelizmente, a queda do avião com o time da Chapecoense.

    4) Também acertou o placar de 7 x1, em 2014, na Copa do Maracanã.

    5) Aguardemos outubro e as eleições …

  2. Está seleção só tem mer….. A começar pelo Jesus que não ressuscitou. Está seleção foi pior que a de 1966. O que mata este país é que nossa imprensa esportiva cria craques de papel.

  3. Não adianta chorar o leite derramado. Esse negócio de tentar estabelecer que a seleção canarinha é o primor do universo é uma falácia. Nunca a mídia, que vive em função do esporte, foi capaz de respeitar a capacidade do adversário. Lembram-se de Garrincha, ao perguntar “se estava combinado com os adversários” firmava uma realidade.Muitos pensam que a seleção era imbatível, mas esqueceram de respeitar a grandeza adversários. E esse troca-troca de amabilidades de nossos heróis é uma infantilidade de cidadãos maduros.
    Melhor assim. Imagino que, na derrocada da sonhada vitória, que consignaria o “hexa”, provavelmente o povo esqueceria a mixórdia em que estamos entalados, por força da bandidagem que dirige os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Bom que acordem para a realidade e comecem a viver a realidade, principalmente nestes momentos que precedem às eleições de outubro. É hora de viver a realidade e botar prá quebrar. Vamos às ruas e, se necessário, botar fogo na geringonça.

  4. O Brasil ganhou e muito com a derrota de hoje. Vamos ao que interessa. O futuro do Brasil . Vamos focar nossa energia nas próximas eleições.

  5. Há uma explicação para tamanha expectativa com relação à Seleção Brasileira nesta copa do mundo:

    A preparação foi muito boa;
    As partidas que disputamos nas eliminatórias foram excelentes;
    Os jogos da seleção foram muito bem jogados, equilibrados;
    A situação brasileira, politica, social e econômica, do jeito que está, em pleno caos, transferiu para o time a chance de uma alegria, mesmo sabendo que o futebol não iria melhorar a situação nacional.

    Não deu.
    Perdemos, mas não foi um fiasco.
    A Bélgica jogou melhor, e são onze homens contra outros onze do outro lado, reconhecidamente mais fortes, bem treinados, e com uma tática que nos mandou embora da Rússia.

    Agora, tomara que o trabalho feito pelo Tite continue.
    Que não seja jogado fora a organização estabelecida, e que um dirigente corrupto e incompetente nos mande mais ainda para o fundo do poço!

    Mais a mais, quem pode me dar um nome melhor do que o gaúcho para treinar a Seleção?!

  6. Carioca

    O técnico Tite é ruim mesmo mas o povo do Sul é fantástico.

    Deixe o Gaucho Francisco curtir o frio da serra em paz.

    Abraços!

  7. Acho que a justíssima derrota subiu à cabeça do editor.
    Quem cansou de perder gols foi o time da Bélgica.
    Derrota muito justa e foi a primeira vez que o time da cbf pegou um time com alguma organização e talento.Todos os adversários anteriores eram do quarto escalão do futebol mundial e assim mesmo foram vitórias conseguidas por puro acaso e sempre no finalzinho do jogo.

    • Concordo. A Bélgica foi muito superior. O Tite foi teimoso a copa toda. Insistiu em Gabriel Jesus e Paulinho. Sempre que eles saiam o time melhorava. Por que teimou tanto não sei. Menos exposição, menos globo, menos Vivo e outros patrocinadores. Isso teria que acontecer após a copa. Por falar nisso o Jesus é garoto propaganda da Vivo pois comemora gols telefonando…

  8. O Brasil, na minha opinião, foi eliminado por uma seleção de terceira categoria.Agora, não adianta chorar o prejuízo.

    Só ficou os europeus que vão colocar dois títulos acima dos americanos 12 x 10.

    A França é minha favorita ao título.

    Para o Brasil, resta a Copa América no próximo ano.

    Abraço a todos

  9. Estou muito trista com a saída da seleção do Brasil da copa , porque agora vão lembrar que os hospitais estão todos sucateados faltam remédios , médicos e tudo mais .
    A violência vai voltar nos noticiários , vão lembrar que as escolas não tem merenda e nem professores e o pior de tudo mesmo é que eu estava certo de faltar ao trabalho na terça feira; ninguém e notar .

  10. Terceira categoria somos nós que continuamos votando nas mesmas merdas. Veja o vídeo do marcelo crivelha sobre as operações de catarata.

  11. A seleção refletiu o Brasil. Seleção da corrupta CBF. Cantando o Hino Nacional na base do já ganhamos é saindo com cara de paisagem.

  12. Pelo jeito o seu Antonio acima deve acreditar em Saci Pererê!
    Será que o tal vidente poderia prever o número a ser sorteado na próxima loteria? Ou ele é um pé descalço tentando ganhar a vida com a ingenuidade dos outros?

    • 1) Salve Sapo de Toga, eu não sei se ele previu alguma coisa com loterias…

      2) Literariamente eu acredito em Saci Pererê. O jornalista, escritor e quadrinista Ziraldo é um excelente autor de Histórias em Quadrinhos e um dos textos mais antigos dele era “A turma do Pererê”.

      3) Também não sei a condição social do citado vidente…

      4) É que eu gosto desses temas ligados à Parapsicologia.

      5) Abraços de bom fim de semana !

          • Esclarecendo:

            1)“Parapsicologia = Estudo de fenômenos tidos como “paranormais”. Também conhecida como investigação psíquica”.

            2) “Paranormal (…) A psicologia paranormal também conhecida como investigação psíquica tenta conceber cientificamente esses fenômenos e teorizar sobre sua natureza. Alguns filósofos interessam-se por esta área de pesquisa”.

            3) fonte: Dicionário Oxford de Filosofia, Jorge Zahar Editor, 1997.

            4) Se conceituados professores da Universidade de Oxford, Inglaterra, estudam e pesquisam parapsicologia e paranormalidade… quem sou eu para questiona-los?

            5) Oxford é uma das mais antigas e importantes universidades do mundo.

    • O que mata o time do Brasil é a idolatria de ídolos com pés de barro. Definimos que o Brasil é o melhor e todo o mundo acredita. Se o Brasil continuasse jogando como em 1970 levaria goleada em todos os jogos. O PCC pensa que os outros não evoluíram e que todos são os bobos de sempre. Praticamente todos os jogadores da copa, jogam na Europa e todos têm o mesmo estilo. No Brasil pensamos que o Neymar é rei, mas o Real Madrid não o quis e o PSG tá louco para vendê-lo.

  13. O selecionado brasuca da ora não é nem um primor futebolístico, mas peraí, peraí, que time consegue vencer com os seus atacantes atacando a sua própria defesa e fazendo gol contra, ao invés de fazerem isso contra o adversário ? Gol contra, logo no início do jogo, desnorteia qualquer seleção, inclusive como aviso que o mar não está para peixes. Daí, com o juiz jogando a favor do time adversário que passou a jogar com 14 jogadores, 11 mais o juiz, o fernandinho, o felipe coutinho e o gabriel jesus, a derrota apresentou-se inevitável. Futebol é fute, como dizia o velho sargento. Há dia que parece noite, dá tudo errado. Além dos 22 em campo, macumba, mau-olhado, feitiço, magia negra, propina, corrupção…, tudo pode influenciar o resultado de uma partida de futebol. O campeão mundial de 2018 já estava como de fato já está escolhido, e não era o Brasil. Aliás, o Brasil vive uma maré brava de azar, uma urucubaca tão grande, que até o urubu que voa mais embaixo está cagando no que voa acima dele.

  14. Última Copa ganha pelo Brasil: 2002
    Depois de Lula ganhar as eleições não ganhamos mais nada. Tudo afundou. Há… Vão dizer que Lula está preso. Sim, mas Dilma deixou o poste Temer, herança do PT. Na próxima, com Bolsonaro presidente, ganhamos o Hexa.

    • Que comentário ridículo.

      A Bélgica ganhou porque jogou melhor. Assim como em 2006, 2010 e 2014 os outros times também jogaram melhor que o Brasil. Futebol se ganha em campo. Simples assim. Esse tipo de associação é típico de pessoas que tem dificuldade de aceitar a realidade das coisas.

  15. Realmente hoje os deuses do futebol não estavam ao lado do Brasil, muito azar. Bolas que passaram muito perto de entrar e o gol contra. Além de lutar contra a sorte, o Brasil foi prejudicado claramente em dois pênaltis clamorosos. A FIFA operou o Brasil desde o início e queria a nossa eliminação. Um foi no Neymar e o outro no Gabriel. O juiz já tinha feito esta palhaçada no jogo contra a Suíça e aconteceu de novo. Muito difícil jogar contra a arbitragem, que digam os times que jogam contra o Coríntians.

  16. Esqueci, jogamos contra a burrice do treinador em manter Douglas Costa fora e a entrada de Fernandinho. Fernandinho eu não queria nem no meu time, quanto mais na Seleção. Este jogador mediano deve ter um ótimo empresário, não marca, erra passes em demasia. Nunca teve futebol para jogar em seleção. O fator mais decisivo no meu entendimento foi a ausência do Casemiro.

    • Esse tal de Fernandinho, se joga alguma coisa, hoje foi 100% infeliz, muito fraco, perna de pau, me fez lembrar até do “Qualhada”, transmitiu muita insegurança à equipe que é igual a uma corrente que não consegue ser mais forte que o seu elo mais fraco. Tite deveria ter tirado o Fernandinho, ele estava matando o time desde o início do jogo, e só o Tite não enxergou isso. Até o Paulinho no lugar dele daria mais segurança à equipe.

  17. Concordo em termos gerais com a análise do editor. O Brasil perdeu muitas oportunidades de gol, teve um pênalti não marcado a seu favor, poderia perfeitamente ter ganho o jogo.

    De fato, Tite foi teimoso em não substituir Gabriel Jesus por Firmino e investir mais em Douglas Costa ou outro que desse mais agilidade ao ataque. Os técnicos brasileiros são conservadores e evitam mexer no time

    Faltou também equilíbrio emocional para virar o jogo, tendo condições para isso.

    Mais uma vez tento esclarecer aos preconceituosos e mal informados: não é só no sul, há movimentos separatistas em todas as regiões do país:

    A Aliança Nacional, reunião de vários movimentos, embrião de partido político que visa mudar a constituição no artigo que veta, como cláusula pétrea, a dissolubilidade do nosso território, congregando:

    – Espírito Santo É Meu País.

    – Grupo de Estudo e Avaliação Pernambuco Independente.

    – O Rio É Meu País.

    – Roraima É Meu País.

    – São Paulo Livre.

    Como agrupamentos independentes:

    – Frente Libertária Nordeste Livre.

    – Grupo de Estudos Nordeste Independente.

    – Movimento Pela Independência do Pampa.

    – Movimento República de São Paulo.

    – Movimento São Paulo Independente.

    – Movimento São Paulo Para os Paulistas.

    – Nordeste Independente.

    – O Sul é o Meu País.

    – República do Grão Pará.

    – Amazônia Independente.

    Em Brasília também há dois movimentos separatistas. Assim como Rio e São Paulo, ou seja, estados do eixo central país também, não são apenas os periféricos que buscam autonomia.

  18. O futebol gaúcho sempre foi de força física, tática, estratégia, a ponto que fez escola no Brasil.

    Inter e Grêmio disputaram quatro finais de campeões do mundo e ganharam dois, um cada;
    Grêmio e Inter têm cinco Libertadores;
    Inter duas e Grêmio três;
    A dupla Grenal tem seis Copa do Brasil;
    Cinco do Grêmio e uma pelo Inter;
    Ambos os times ganharam várias Recopas;
    Inter e Grêmio ganharam cinco Brasileiros, três do Inter e dois do Grêmio;
    O Inter é o único time brasileiro que conquistou o Brasileirão invicto em 1.979, e até hoje esse título não tem sido inigualado;
    O Inter é também campeão Sul-Americano;
    Os dois times possuem seus estádios próprios;
    O tetra do Brasil teve como expoentes Dunga, Taffarel e Branco;
    O Penta nos foi dado por Felipão, gaúcho, e quem nos levou à final foi Ronaldinho gaúcho;
    O Coritiba, que ganhou apenas uma vez o brasileirão, o técnico era gaúcho, Ênio Andrade;
    Os dois maiores técnicos do Corínthians são gaúchos, Mano e Tite;
    Renato gaúcho deu títulos para o Fluminense, a Copa do Brasil, de 2007.

    E por aí vai ….

    • Algumas correções:
      O tetra da seleção da cbf teve como expoentes Romário e Bebeto;
      O Penta nos foi dado por Rivaldo e Ronaldinho Fenômeno;
      A seleção da cbf foi campeã apesar do Felipão,que era o técnico da seleção no maior vexame da história do futebol brasileiro:o 7X1;
      O Ronaldinho Gaúcho não disputou a final da Copa de 2002 pois cumpria suspensão em virtude de expulsão na semi final(contra a Inglaterra);
      O maior técnico que o Corintians teve foi o Osvaldo Brandão;
      O Fluminense ganhou a Copa do Brasil de 2007,apesar do Renato Gaúcho;

      O mesmo Fluminense perdeu a Libertadores de 2008 devido à covardia do Renato Gaucho.que preferiu recuar o time, esperando os penaltis, quando tinha 30 minutos para tentar um gol e o título;
      E por aí vai……

      • Algumas verdades:

        O tetra teve como estrelas Branco, Taffarel e Dunga;
        Dunga segurava Romário nos seus ímpetos; Branco fez o gol de falta contra a Holanda; Taffarel defendeu o pênalti que nos deu o título;
        O Penta nos foi dado por Ronaldinho gaúcho que fez o segundo gol de falta contra a Inglaterra ou não iríamos às finais;
        Erro crasso:
        Ronaldinho disputou, evidentemente a Copa de 2002, não jogando a final porque suspenso, mas se não fosse ele não disputaríamos o título com a Alemanha;
        Osvaldo Brandão era gaúcho, e treinou o São Paulo, Palmeiras e outros times. Tite conquistou a Libertadores e o Campeonato do Mundo. Por mais que neguem esta façanha está na história;
        O Fluminense perdeu a Libertadores porque seus jogadores erraram os pênaltis, e não o Renato gaúcho.
        Em compensação, Renato ganhou a Libertadores com o Grêmio tanto como jogador e técnico, além da Copa do Brasil.

        E por aí vai, mesmo com a má vontade de uns e outros com relação ao RS e seu povo!

  19. Próximo técnico deve ser Zé Dirceu, a trinca do mal anula qualquer resultado que não for a favor do “Guerreiro do Povo Brasileiro.

  20. Concordo. Temos ótimos treinadores gaúchos. Não gosto de Mano e Felipão, acho os dois muito medianos. Infelizmente Tite não teve a sabedoria de mudar o time, não existe isto de não mexer no time, time titular. Veja o treinador da Bélgica, tirou dois nomes do jogo com o Japão. Tite deveria ter respeitado o time belga, um meio de campo com apenas um volante em um mata mata é ser muito limitado e cabeçudo.

  21. Seleção sem Vasco é igual ao Maracanã sem geral. O Vasco é o maior, como dizia o Rei da Comunicação, Abelardo Barbosa, nosso saudoso Chacrinha. Isso sim é Brasil, e não esse chrorô de flamenguistas e clubes paulistas.

    Vasco, sempre Vasco!

    “Tua estrela no céu a brilhar ilumina o Mar”- Que lindo!

    O Vasco foi o único clube do mundo que deu 8 jogadores para a melhor seleção de todos os tempos, mas perdeu a final para o Uruguai por causa do zagueiro do Flamengo. O que é lógico pois urubu só podia fazer isso, como faz até hoje.

    Portanto, não chorem porque o Campeão Cruzmaltino está voltando para os braços do povo brasileiro, e definitivamente não iremos mais à copa sem o queridíssimo Clube de Regatas Vasco da Gama, o clube que une Brasil e Portugal, e todo os povos da terra.

    • A seleção de 50 perdeu pro Uruguai por causa do frangaço do Barbosa (goleiro do Vasco) e por que o Bigode (Vasco) amarelou pro Obdulio Varela.

      • Bigode começou a sua carreira jogando nas equipes amadoras do Industrial e do Combate, até se profissionalizar no Atlético Mineiro em 1940. Foi contratado pelo Fluminense em 1943. Bigode participou de 396 jogos pelo Fluminense, tendo atuado até 1949 e de 1952 a 1955. Marcou apenas um gol.[1]

        No Flamengo atuou em 66 jogos entre 1950 e 1951, com 33 vitórias, 13 empates e 20 derrotas.

        Por que você não fala – ao invés de condenar Barbosa – sobre os dias que antecederam aquela final, quando fizeram grandes festas com todos os jogadores, como se já tivessem ganho ? Se Ghiggia tivesse cruzado como fizera no primeiro gol, Barbosa teria feito a defesa.

        “Aos 21 minutos do segundo tempo, com o Uruguai recomposto do gol sofrido, Ghiggia participou da jogada de empate: recebeu a bola de Obdulio Varela na intermediária brasileira, junto à linha lateral, escapando do carrinho de Bigode e correndo sozinho por vinte metros;[47] havia ouvido de Obdulio a senha “dá-lhe, se anime e corra”.[4] Ao ultrapassar a linha lateral da grande área, a três metros da linha de fundo,[47] abriu para perto da linha lateral para melhorar seu ângulo [4] e fez um passe rasteiro para o desmarcado Juan Alberto Schiaffino, que acertou no canto esquerdo de Barbosa.[47] Restavam alguns minutos para uma virada e o ímpeto de Ghiggia para contra-ataques foi uma constante.[4]

        Cerca de quinze minutos depois, já a sete do final, Ghiggia tocou a bola para Julio Pérez, que a pisou e atraiu a marcação de Bigode. Pérez então devolveu a bola a Ghiggia, que estava livre. Ele começou a correr rumo à área,[4] aproveitando a indecisão de Bigode, que recuava; e Ghiggia ameaçou duas vezes passar por ele,[46] continuando a correr. A jogada do gol de empate então ameaçou repetir-se: Schiaffino entrou pela área novamente desmarcado enquanto Ghiggia vinha pela direita – razão pela qual Barbosa, antevendo um novo passe para Schiaffino, afastou-se um pouco da trave esquerda.[47] Óscar Míguez também estava à espreita para um cruzamento do colega.[4]

        Porém, Ghiggia, no momento em que Juvenal chegava para tentar interceptar, resolveu chutar de onde estava, conseguindo fazer a bola passar entre Barbosa e a trave.[47] O Brasil não conseguiu empatar e a taça ficou com os uruguaios, que calaram as duzentas mil vozes presentes nas arquibancadas do Maracanã. As imagens do gol de Ghiggia pela câmera colocada atrás do gol brasileiro e a perplexidade da multidão ficariam entre as mais emblemáticas das Copas e do futebol brasileiro e uruguaio.[48] A narração do gol feita por Luiz Mendes, que verbalizou apenas “gol do Uruguai” nove vezes seguidas, usou inflexões diferentes para cada repetição, para ressaltar a tristeza daquele momento para os brasileiros.[49] Ao fim, Ghiggia foi demoradamente abraçado por Obdulio Varela, que lhe dizia: “foi gol, cãozinho, foi gol”.[50]

        Ghiggia terminou a Copa campeão e marcando em todas as partidas que disputou, feito que só seria igualado por Jairzinho, na Copa do Mundo de 1970.[4] Além deles, somente o francês Just Fontaine também conseguiu marcar gols em todos os jogos, em 1958, mas sem o título.[8]

        Sobre seu gol mais famoso, Ghiggia emitiu as seguintes declarações:

        Apenas três pessoas calaram o Maracanã: o Papa João Paulo II, Frank Sinatra e eu”[1][24][9][51]
        Muitos anos depois de 1950, quando ainda vivia minha esposa, fomos passear nas Cataratas. Na excursão, paramos em um restaurante para jantar algo, tinha muita fome. Me sentei tranquilo junto de minha senhora, me acomodei e sentia que me clavava o olhar de um senhor atrás do mostrador. ‘Me reconheceu’, eu disse à minha esposa. Algo normal, mas me estranhou que fosse alguém muito mais jovem que eu. O homem seguia me olhando, olhando, até que por fim se aproximou e me perguntou: ‘você é Ghiggia, não é? O de 50?’. Depois de conversar um pouco, este senhor me disse: ‘eu tive muita raiva e bronca de você… naquela tarde de 16 de julho de 50, meu pai sofreu um infarto fulminante quando você converteu o segundo gol do Uruguai e faleceu. Por sua culpa, perdi meu pai’. Eu emudecido, não sabendo o que dizer… recebo um forte abraço deste cavalheiro e até lágrimas me caíram. O abraço foi interminável.[1]
        Essa morte de um torcedor por infarto foi de fato noticiada na época, assim como o suicídio de outro, que se jogou ao fim da partida do alto da arquibancada rumo ao pátio interno que circunda o estádio do Maracanã.[46] O filho Arcadio, após o falecimento do pai, surpreendeu a todos ao declarar que jamais ouviu dele detalhes da partida: “fui saber quando voltei da Itália e meus colegas de escola começaram a me falar de 50, do que lhes havia transmitido por seus pais e avós. Um dia, lhe pergunto: ‘papai, o que é isso de 50?’. E me disse em forma muito sucinta: ‘é um campeonato que se jogou; foram feitos alguns gols e eu fiz um gol’. E nada mais; daí, não se falou mais nada”.[12]”

  22. Com o fracasso da Seleção, o Brasil cai na real. Volta com tudo à crise econômica, à crise política, à crise ética, à insegurança total.

    Dias Toffoli passará a tocar o Supremo nesse período de recesso do Judiciário. Na presidência da Corte, poderá acolher monocraticamente qualquer liminar que lhe chegar às mãos, inclusive uma requerendo a liberdade de Lula.

    Aliás, o prazo para a possível liberdade do Ladrão já está demarcado: entre 23 e 27 de julho.

    Hora de acordar. Bom demais o Brasil fora da Copa. Até porque era um timeco mesmo.

    • É isso aí!

      Coluna Radar divulga pesquisa nacional realizado pela Paraná Pesquisas com a opinião dos Brasileiros sobre a Copa do Mundo – 06.07.2018

      O brasileiro prefere ver seu candidato a presidência eleito do que a seleção brasileira campeã da Copa do Mundo. Ao menos, para 77,3% da população. É o que mostra um levantamento do Paraná Pesquisas.

    • No período de recesso do STF o responsável pelo plantão jurídico é o presidente,no caso a ministra Carmen Lúcia.
      O Toffoli só assume a presidência em setembro.

      • Michel Temer fará várias viagens para o exterior, a presidente do STF, Cármen Lúcia, assumirá o comando do país. Com isso, Dias Toffoli passará a tocar o Supremo nesse período de recesso do Judiciário.

        Temer vai emendar duas viagens ao exterior. A primeira parada, entre 23 e 24, será no México.

        Pela lei eleitoral, nem o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, nem o presidente do Senado, Eunício Oliveira, podem assumir a Presidência da República, pois, se o fizessem, estariam impedidos de disputar as próximas eleições. Eles também devem se ausentar do país. Por, isso, o chefia do Brasil vai para Cármen Lúcia.

  23. Como me sinto deprimido quando leio comentários chulos contra a Seleção e nosso País.

    Tais comentaristas merece a repulsa dos bons brasileiros.

    O sentimento de patriotismo é a coisa mais bonita que uma pessoa pode levar dentro do coração.

    Lamentável que, tenham pessoas que procedam de forma tão indigna.

    • Como dizia Millor Fernandes:
      O patriotismo é o último refúgio dos canalhas.
      No Brasil é o primeiro!
      E time de futebol que ostenta o escudo de uma entidade privada não tem nada a ver com pátria.
      E ainda tem gente com esse pensamento tosco!

  24. Como me sinto deprimido quando leio comentários chulos contra a Seleção e nosso País.

    Tais comentaristas merece a repulsa dos bons brasileiros.

    O sentimento de patriotismo é a coisa mais bonita que uma pessoa pode levar dentro do coração.

    Lamentável que, tenham pessoas que procedam de forma tão indigna.

  25. Simplesmente é uma seleção de fracassados. Como estes caras estão numa situação previlegiadas eles se lixando. Eles simplesmente preocupados com o que poderiam lucrar com esta copa. Uma seleção que teve Vavá e Roberto Dinamite e agora teve o Gabriel estava fadada ao fracasso

  26. -Não deu: E o canarinho que ficou para a final foi “canário belga”!
    -Agora é guardar a camisa amarela e o patriotismo para outubro.

  27. Que tanto pieguismo histérico? Povinho movido por um sentimentalismo meloso!
    Até quando a nossa autoestima e autoconfiança vão depender dos pés alheios?

  28. Brasil perdeu a Copa.
    Agora o Brasil vai funcionar, tudo vai dar certo, acabaram os problemas, porque o problema era a Copa do Mundo! !
    Todo mundo vai votar certo, sem circo.
    SQN

  29. De Hélio Fernandes (concordo plenamente)

    O BRASIL FOI ELIMINADO COM DUPLA INJUSTIÇA

    Foi um jogo atípico, singular, com muitas irregularidades. O Brasil
    perdeu o primeiro tempo por 2×0, vá lá, duas oportunidades bem
    aproveitadas. A mesma seleção brasileira ganhou o segundo tempo por
    1×0, dominou inteiramente o jogo, mas foi eliminada. Neymar sofreu 3
    penaltis claríssimos que o juiz nem imaginou que poderia marcar. Ele
    seguiu a recomendação do chefe da comissão de árbitros do video, que
    recomendou a todos os juizes: “prestem muita atenção nesse jogador
    Neymar, ou ele vai enganar vocês todos.”

    Não vamos considerar nem os dois primeiros pênaltis, mas o terceiro,
    quando Neymar estava quase dentro do gol adversário, foi empurrado com
    a mão no seu rosto. Foi o penalti mais claríssimo. Nenhuma patriotada
    e sim o reconhecimento dos fatos que aconteceram. Falando de Neymar,
    transcrevo rapidamente o que foi escrito hoje por Tostão. ” O Brasil é
    favorito, pela tradição, equilibrio, e principalmente porque tem
    Neymar. Ele é um gênio barroco, a centelha que ilumina o espetaculo.”

    Aproveitando a palavra “ilumina” e a observação do grande jogador da
    copa de 70, podemos dizer que não deixaram que ele se demonstrasse
    iluminado. Na terça feira, França e Belgica vão disputar a semi-final.
    Um dos dois conquistará a Copa dos pênaltis e da mediocridade. São
    dois ausentes habituais no tempo e no espaço esportivo, tentando se
    elevar à condição de protagonistas.

    Depois dessa semi-final, até acredito que a final poderá ser de um
    deles contra a Russia, que também jamais participou de espetáculos
    futebolisticos.

    PS – Já circulam rumores de que a seleção da Russia teria copiado o
    criminoso aparato do dopping, usado, investigado e condenado na
    Olimpiada de 2016.

    PS 2- Toda a delegação da Russia, atletas e dirigentes foram expulsos
    da Olimpiada. Muitos foram proibidos de assistir os jogos. Ficou
    praticamente provado que o Presidente ditador Wladimir Putin sabia de
    tudo. Na verdade, tudo o que acontece na Russia, passa antes pelo seu
    conhecimento.

    PS 3- Menos naturalmente, eleição. Ele está há 16 anos no poder, e há
    meses foi “eleito” mais 6 anos sem o conhecimento do povo

    • É, também “provaram” que Putin elegeu Trump postando piadinhas e memes nas redes sociais, que foi responsável pelo brexit, e pelo separatismo catalão..

      Até o Hélio Fernandes embarcou agora nessa conversa fiada de que Putin é culpado de tudo de ruim que ocorre no mundo? Que ele é uma espécie de vilão de filme de James Bond cheio de planos absurdos para destruir o mundo?
      A punição aos atletas russos foi escandalosamente política, inventada pelos americanos para isolar e prejudicar os russos, só porque a Rússia não é mais uma colônia americana como nos tempos de Ieltsin. Putn certamente tem defeitos, não é isso que importa. O problema é que ele defende a soberania de um país geopoliticamente importante. Se ele fosse submisso aos interesses americanos, se p. ex. tivesse entregue Snowden aos Estados Unidos, se entregasse os recursos do país a Wall Street, ele ficaria livre para qualquer outra coisa, para dopar atletas, ou promover corrupção, lançar guerras sangrentas ou para bombardear o parlamento de seu país, como fez Boris Ieltsin, aquele “democrata” amado pela mídia ocidental.

    • Mas uma coisa, a popularidade de Putin na Rússia é inegável. A participação popular na última eleição foi alta e não houve nenhuma denúncia credível de fraude. Inclusive a vilanização de Putiin pela mídia ocidental reverte a favor dele, porque os russos tem consciência de quais são as intenções das potências ocidentais em relação a seu país. A mídia ocidental queria que o vitorioso na última eleição tivesse sido Pável Grudinin, um folclórico cultivador de morangos que se apresentou como candidato comunista, mas tinha contas secretas na Suíça.
      Eleições limpas, para a imprensa ocidental, são só aquelas em que vencem os interesses financeiros e seus representantes. Eleições limpas e respeitáveis seriam as vitórias de Hillary Clinton, do Remain e da indivisibilidade espanhola. A propósito desse último item, a grande imprensa reclamou quando Madrid despachou pelotões policiais de outras regiões para impedir à base de cassetete a realização do referendo catalão? Imagine se algo remotamente parecido ocorresse na Rússia sob Putin,

    • Agora que a Rússia também foi eliminada, ficou ainda mais evidente a falta de sentido da bile de Hélio Fernandes contra Putin, como se ele tivesse sido responsável pela derrota brasileira.

  30. Permitam-me deixar trechos e frases de Nelson Rodrigues, amante do melhor futebol.

    ““Para nós, o futebol não se traduz em termos técnicos e táticos, mas puramente emocionais. Basta lembrar o que foi o jogo Brasil X Hungria, que perdemos no Mundial da Suíça. Eu disse ‘perdemos’ e por quê? Pela superioridade técnica dos adversários? Absolutamente. Creio mesmo que, em técnica, brilho, agilidade mental, somos imbatíveis. Eis a verdade: – antes do jogo com os húngaros, estávamos derrotados emocionalmente. Repito: – fomos derrotados por uma dessas tremedeiras obtusas, irracionais e gratuitas. Por que esse medo de bicho, esse pânico selvagem, por quê? Ninguém saberia dizê-lo. E não era uma pane individual: – era um afogamento coletivo. Naufragaram, ali, os jogadores, os torcedores, o chefe da delegação, o técnico, o massagista. Mas quem perde e ganha as partidas é a alma. Foi nossa alma que ruiu face à Hungria, foi a nossa alma que ruiu face ao Uruguai. E aqui pergunto: – que entende de alma um técnico de futebol? Não é um psicólogo, não é um psicanalista, não é nem mesmo um padre. Por exemplo: – no jogo Brasil X Uruguai entendo que um Freud seria muito mais eficaz na boca do túnel do que um Flávio Costa, um Zezé Moreira, um Martim Francisco. Nos Estados Unidos, não há uma Bovary, uma Ana Karenina que não passe, antes do adultério, no psicanalista. Pois bem: – teríamos sido campeões do mundo, naquele momento, se o escrete houvesse frequentado, previamente, por uns cinco anos, o seu psicanalista…. Só um Freud explicaria a derrota do Brasil frente à Hungria, do Brasil frente ao Uruguai e, em suma, qualquer derrota do homem brasileiro no futebol ou fora dele”.
    .
    “Nos acrobatas chineses o que existe é o esforço, é a técnica, é o virtuosismo, ao passo que Garrincha é puro instinto. Possui uma riqueza instintiva que lhe dá absoluto destaque sobre os demais. Até Deus, lá do alto, há de admirar-se e há de concluir: – ‘Esse Garrincha é o maior!’. O ‘seu’ Mané não trata a bola a pontapés como fazem os outros. Não. Ele cultiva a bola, como se fosse uma orquídea rara”.

    A Pátria de chuteiras. A sombra das chuteiras imortais. Nelson Rodrigues.

  31. Foi-se a Copa?
    (24-06-78)
    Foi-se a copa? Nâo faz mal.
    Adeus chutes e sistemas.
    A gente pode, afinal,
    cuidar de nossos problemas.
    Faltou inflação de pontos?
    Perdura a inflação de fato.
    Deixaremos de ser tontos
    se chutarmos no alvo exato.
    O povo, noutro torneio,
    Havendo tenacidade,
    Ganhará, rijo, e de cheio,
    a Copa da Liberdade.”
    _____________________________
    Carlos Drummond de Andrade.
    (Em “Poesia e prosa”. Nova Aguilar, Rio de Janeiro, 1992)
    Mordillo, cartunista argentino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *