É preciso acabar com o anonimato na web e rastrear fake news do WhatsApp

Imagem que circula no Facebook durante esta campanha eleitoral

Fotomontagem que está circulando no Facebook

Roberto Dias
Folha

Não, Jair Bolsonaro não foi eleito o político mais honesto do mundo. Tampouco propôs nova imagem de Nossa Senhora. Nem Fernando Haddad quis legalizar a pedofilia. Mentiras óbvias como essas enganam muita gente; imagine então as menos evidentes, como a lista fictícia de ministros pop do petista. O submundo do WhatsApp é o grande fenômeno desta campanha. Seu efeito parece ainda mais perverso do que o do Facebook nos EUA.

Marqueteiros e líderes partidários repetem que a TV é decisiva porque isso lhes dá poder. Quem caiu nesse conto perdeu o bonde. Os brasileiros passam mais horas em redes sociais do que a média mundial. As mensagens no celular multiplicam-se por pirâmide que não surgiu do nada.

PT BOBEOU – Está claro que o bolsonarismo grama nesse pântano há mais tempo. O petismo aprende tardiamente. Quem até outro dia falava que a imprensa distorce tudo agora suplica aos eleitores que se informem pelo jornalismo profissional. Quem aponta o dedo para a mídia tradicional e diz que ela “normalizou” Bolsonaro não está entendendo nada.

A lorota bolsonarista sobre as urnas eletrônicas presta-se a serviço específico. É cortina de fumaça diante da discussão que realmente deveria importar à Justiça eleitoral. Três pessoas presidiram o TSE neste ciclo: Gilmar Mendes, Luiz Fux e Rosa Weber. Nenhum teve coragem de agir de verdade contra as fake news.

Propostas como limitar a capacidade de replicação das mensagens são apenas pequenos paliativos. O ponto principal continua sendo evitado: o WhatsApp claramente não pode mais ser tratado como um aplicativo de conversas sempre privadas. É preciso poder rastrear as mensagens. O anonimato tem de acabar.

Quem publica (des)informação num meio de comunicação de larga escala, como é o caso, deve ter responsabilidade jurídica sobre o que diz. Já passou da hora de o poder público exercer seu papel —não será nem o WhatsApp nem os candidatos que consertarão o problema.

42 thoughts on “É preciso acabar com o anonimato na web e rastrear fake news do WhatsApp

  1. Lorota sobre as urnas eletrônicas? É mais um doutrinado que tem preguiça de pesquisar, não sabe que as eleições de 2014 foram reprovadas pela lei de Benford. É claro que a pessoa não deve saber do que se trata, e nem quer saber, afinal só o TCU usa esta lei matemática para detectar fraudes. Só a Polícia Federal usa. Foi por esta lei que se detectou a fraude nas eleições da Índia. Mas no Brasil um bando de jornalistas que não sabem que sua função é também pesquisar, ainda mais num assunto que causa tanta polêmica, fica fácil dizer que tudo é fake. Pois eu digo que este cara esta propondo em rastrear conversas particulares do wattzap tem um nome, chama-se CENSURA.

    • Nunca noticiou um encontro que reuniu um encontro de vários chefes de Estado diferentes junto com as Farcs (traficantes de drogas). O famoso Foro de São Paulo.
      Quanto eles levaram ($$$?) para esconder a notícia?
      E pensar que eu comprava esse jornaleco. Mas, como provar?
      Se tivesse assinado esse jornal teria posteriormente processado usando o código do consumidor.

    • Que expressão estranha “grama nesse pântano”…

      Me lembra o Granma, jornal oficial do PC cubano, como a foice de São Paulo, que é o jornal oficial do PT

  2. Quem tem QI acima de 12 não acredita na Folha de São Paulo.
    Realmente temos que rever as Fake News nas redes sociais, mas não significa que temos que temos que aceitar as Fake News da mainstream media.
    Arrumem alguém com mais credibilidade que jornalista da Folha.

    • O povo não acredita nessas fake news do whatsapp. Anos de leitura de falsidades produzidas pela imprensa vermelhinha como a Folha de São Paulo tornaram o brasileiro expert em identificar mentiras.

  3. a manchete da Folha de hoje – revelando que empresas faziam contratos milionários para dispararam centenas de milhões de mensagens favoráveis a Jair Bolsonaro pelas redes de Whatsapp – não seria publicada apenas com as informações que o texto da edição de hoje contém.

    Certamente há mais ou o jornal não teria “bancado” a notícia.

    Não é raro que se proceda assim quando se tem algo muito bombástico: revela-se primeiro o fato, põe-se o assunto à baila, dá-se corda aos enforcados para se enrolarem e, a seguir, expõe-se a prova cabal, definitiva, acachapante.

    Repare que Bolsonaro fugiu de negar que empresários tenham pago a publicidade, dizendo apenas “não ter controle sobre ação de empresas no Whatsapp“. É sinal de que teme a revelação de algo que mostre que tinha conhecimento da armação.

    • E como Bolsonaro pode saber o que pessoas espalhadas pelo país inteiro estão ou não fazendo na internet? Esse tipo de raciocício supõe que militâncias políticas funcionem como a SPECTRE dos filmes de James Bond, com peões obedecendo cegamente e inclusive em dano próprio ordens de algum Blofeld no topo do comando.
      Note-se que os petistas nunca assumem responsabilidade pelos desvios de seus comandados. Dilma, por exemplo, com toda a corrupção de seu governo, ainda se pretende a ‘governanta’ mais honesta de todos os tempos.

  4. Ora, eu só mando e recebo mensagens de parentes ou d e amigos. O que essa petista tem a ver com isso?

    -avisem que o que derrubou o PT não foram as fakes. Foi a CORRUPÇÃO do partido que ela parece militar.

  5. Quem montou a primeira fabrica de Fakenwes foi o PT quando criou a Militancia em Ambientes Virtuais (MAVs) em 2011 e na época esta militancia provavelmente paga com dinheiro publico.

    Militancia Virtual do PT – YouTube
    https://www.youtube.com/watch?v=SFbj6xEzmhM

    PT convida militantes para rede virtual de comunicação | Partido dos Trabalhadores
    http://www.pt.org.br/44087/

    WirelessBRASIL – Bloco RESISTÊNCIA
    http://www.wirelessbrasil.org/bloco_cidadania/2012/maio/mai_03a.html

    Folha de S.Paulo – PT treina ‘patrulha virtual’ para atuar em redes sociais – 18/10/2011
    https://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/po1810201110.htm

    Militância em Ambientes Virtuais – EverybodyWiki Bios & Wiki
    https://pt.everybodywiki.com/Milit%C3%A2ncia_em_Ambientes_Virtuais

    Cuidado! Há sempre um petista na rede tentando molestá-lo. Ou: Como o PT solapa a liberdade na Internet para agredir os indivíduos livres, a imprensa e a oposição. É a SA nazista do mundo virtual | VEJA.com
    https://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/cuidado-ha-sempre-um-petista-na-rede-tentando-molesta-lo-ou-como-o-pt-solapa-a-liberdade-na-internet-para-agredir-os-individuos-livres-a-imprensa-e-a-oposicao-e-a-sa-nazista-do-mundo-virtual/

    MAV – A legião de idiotas a serviço do PT | Esquerdopatia
    https://esquerdopatia.wordpress.com/2014/01/19/mav-a-legiao-de-idiotas-a-servico-do-pt/

  6. A própria Folha de São Paulo é a mãe das fake news.

    E ela está desesperada em perder suas mamatas com a vitória de Bolsonaro nas eleições.

    A internet está fazendo com que a imunda imprensa tradicional sofra uma implosão.

    Um mundo melhor está sendo construído, no qual não haverá o domínio das notícias por parte dos grandes grupos desonestos e exploradores.

  7. Se a Folha disse que apurou, mencionou valores pagos por empresas e disse que eram para Bolsonaro, que apresente então as provas, estamos todos esperando. Caso contrário, é bom que tenham um bom capital em sua conta para pagar advogados e indenização pois vai perder.

  8. “A lorota bolsonarista sobre as urnas eletrônicas presta-se a serviço específico”. Em primeiro lugar, as redes sociais derrubaram ditadores na chamada primavera árabe. Isso não é fake news. Não foi Bolsonaro que “inventou” as fraudes eleitorais, isso é o que antigamente se dizia correr na “boca miuda”, hoje, nas redes sociais. Muita gente séria garante que ocorre. Vídeos foram feitos, neste caso, ninguém se escondeu no anonimato como pode ocorrer no caso de áudio. Agora a caça as bruxas tem nome? Querem controlar quem posta o que, sob a desculpa de conter as notícias falsas? A Justiça daqui, de vez em quando, testa seu poder de interferir na vida das pessoas. Já bloquearam o youtube por conta de um vídeo da Cicarelli feito em uma praia na Espanha, em que ela transava abertamente com seu namorado. Em vez de cobrarem um mínimo de pudor dela, a justiça de São Paulo mandou bloquear o Youtube. O que aconteceu por algumas horas no país. A ignorância e o despropósito sempre rondaram o cotidiano deste país. A mentira e a dissimulação sempre aconteceram, e não há quem tenha alguma vivência nacional que possa desmentir isso. Mais fácil acreditar nos “repórteres” amadores das redes sociais.

  9. O dia amanheceu e a Folha não apresentou uma única prova da denúncia que fez ontem.

    Esse lixo chamado de jornal, por uns e outros, vai desaparecer, assim como a quadrilha lulopetista.

    É só questão de tempo.

  10. De Merval Pereira:
    “interessante ver que o PT que quer anular a eleição devido a abuso de poder econômico é o mesmo que foi acusado de crime semelhante na eleição de Dilma em 2014. Apesar do ‘excesso de provas’, como definiu o relator Herman Benjamin, a chapa Dilma/Temer foi absolvida no TSE, e é difícil imaginar que agora, a poucos dias da eleição, o tribunal vá tomar alguma decisão que altere a disputa presidencial.

    O que vai acontecer é que o PT fará a mesma coisa que o PSDB fez, isto é, continuar com o processo no TSE pedindo a anulação do pleito depois das eleições. Quando o PSDB fez isso, foi acusado de não ter aceitado o resultado, uma atitude antidemocrática. Agora, que está se aproximando a hora das urnas, e as pesquisas mostram uma grande vantagem de Bolsonaro, os petistas tentam criar uma onda de indignação sobre um assunto que precisa de uma ampla investigação antes de qualquer atitude do TSE.””

    https://www.oantagonista.com/brasil/ha-muito-pouco-na-reportagem-da-folha-de-s-paulo/

  11. Quem deveria ser tornado inelegível, era o “Andrade”, sabem porque? Porque estas visitas dele ao lula, la na Polícia Federal, eram para tratar de política e eleição, e a legislação proíbe terminantemente o uso de dependências públicas para fazer qualquer tipo de política e principalmente campanha eleitoral.
    Então a impugnação do “poste”, já.

  12. Quando o molusco subia nos palanques e falava em números e valores inexistentes de analfabetismo, pobres, pessoas com fome etc e quando dilma mentiu para toda uma naçăo dizendo que não havia crise, nao era fake news?

  13. Desconta do seu egocentrismo e o culto ridículo a sua personalidade praticado por grande parte de seus adoradores, o maior filósofo do Brasil se chama Olavo de Carvalho.

  14. não imaginava que a folha pudesse ter jornalistas tão mal intencionados e boçais. o que tem que acabar eh com a manipulação diária tentada pelas midias tradicionais. por fim, não demora a folha irá definhar como a veja, a globo e a GN.

  15. Agora que a casa caiu e o veneno destilado durantes todos estes anos se voltou contra o próprio fabricante. É preciso voltar a CENSURA PRÉVIA como no tempo da boa e velha DITADURA. Sim, é preciso que se censure o que se fala entre pessoas, que as “fake news” sejam impedidas de ser replicadas entre pessoas físicas, coisa que até dias atrás era patrocinada pelo Estado Pestista com os seus milhares de blogs e bloggers. Vamos voltar no tempo, Censura Já.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *