Facebook decide remover 68 páginas e 43 contas pró-Bolsonaro, diz Estadão

Resultado de imagem para facebook

Face não excluiu contas pelo conteúdo, mas pela operação

Deu no Estadão

O Facebook removeu nesta segunda-feira, 22, um grupo de 68 páginas e 43 contas da rede social que, juntas, formavam a maior rede pró-Bolsonaro da internet. Segundo a empresa, os donos dessas páginas violaram as políticas de autenticidade e spam ao criar contas falsas e múltiplas contas com os mesmos nomes para administrar essa rede. O conteúdo compartilhado pelas páginas não teve influência sobre a decisão do Facebook.

Juntas, essas páginas, controladas por um grupo chamado Raposo Fernandes Associados (RFA), tinham mais engajamento na internet do que jogadores e artistas mundialmente famosos, como Neymar, Anitta e Madonna.

INVESTIGAÇÃO – O caso veio à tona após reportagem do jornal O Estado de S. Paulo publicar uma investigação sobre a RFA em parceria com a ONG americana Avaaz. A matéria mostrou como um casal – o advogado formado pela USP Ernani Fernandes e sua mulher, Thais Raposo – montou um “império” de páginas e sites com apoio de conhecidas figuras conservadoras no País, como Alexandre Frota e Marcello Reis, do Revoltados Online. O Facebook investigava a rede há meses em sigilo.

No dia 12 deste mês, o Estado revelou que somente nos últimos 30 dias, os endereços dessa rede pró-Bolsonaro alcançaram 12,6 milhões de interações no Facebook – ou seja, o total de reações a postagens, comentários e compartilhamentos. Mais de 16 milhões de pessoas seguem essas páginas. Nos mesmos 30 dias, o jogador Neymar acumulou 1,1 milhão de interações, a cantora Anitta conseguiu 574,8 mil e Madonna, 442,5 mil.

ANONIMATO – “Autenticidade é algo fundamental para o Facebook, porque acreditamos que as pessoas agem com mais responsabilidade quando usam suas identidades reais no mundo online. Por isso, exigimos que as pessoas usem seus nomes reais e também proibimos spam, uma tática geralmente usada por pessoas mal intencionadas para aumentar de maneira artificial a distribuição de conteúdo com o objetivo de conseguir ganhos financeiros”, diz a nota do Facebook.

A empresa que administra o grupo é a Novo Brasil Empreendimentos Digitais Ltda, de propriedade do advogado Ernani Fernandes Barbosa Neto e de Thais Raposo do Amaral Pinto Chaves. As páginas da rede são sempre identificadas com a sigla RFA na descrição.

INDEPENDENTE? – Embora se declarasse como independente, a rede administrava endereços como Apoio a Jair Bolsonaro e, durante a divulgação dos resultados do primeiro turno, comemorou nas páginas vitórias como a dos candidatos Eduardo Bolsonaro e Janaina Paschoal, ambos do PSL.

Procurado pela reportagem, o advogado Ernani Fernandes e sua mulher, Thais Raposo, não se manifestaram até a publicação desta reportagem.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Como a própria matéria assinala, a decisão do Facebook nada tem a ver com o conteúdo das mensagens, apenas quanto ao proceder dos administradores. Se é assim, por que o título da matéria diz que são contas pró-Bolsonaro? Eu considero estranha esta informação, até por que estou na listagem da Avaaz e jamais recebi nenhuma mensagem a favor de Bolsonaro. Pelo contrário, as últimas foram a favor de Haddad e Manuela, desfazendo fake news sobre eles. É uma situação confusa e escalafobética, não acham? (C.N.)   

6 thoughts on “Facebook decide remover 68 páginas e 43 contas pró-Bolsonaro, diz Estadão

  1. Estão todos na ilegalidade.
    Amigos meus – exceto os militares ou que contam com militares na família, que compreendo a decisão – se tornaram malfeitores quando declararam voto no 17.
    Que venha o Estado mínimo e demita/exonere todos eles.

  2. Paulo Pimenta, do PT (Partido do Trambique), chamou Bolsonaro de Anticristo.

    O desespero já atingiu a fronteira do ridículo.

    Mas isso é só o começo. A mesma onda de loucura e histeria que ocorreu nos EUA, vai acontecer aqui. Com a ajuda da AVAAZ, Facebook, imprensa nacional e internacional, artistas (globais e de Hollywood), etc… A tribo de zumbis de sempre!

  3. Também estou na listagem da AVAAZ e só recebi noticias contra Bolsonaro. Aliás, tirando postagens de parentes, nada chegou até a mim que fosse contra o PT

  4. Querem que usem seus nomes reais, disponibilizem seu números de telefone, suas fotos pessoais, para depois, mandarem um recadinho dizendo que houve “vazamento” de informações de milhões de usuários? Facebook está um fanfarrão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *