A alta dos juros, uma novidade mais do que prevista

Helio Fernandes

Dona Dilma foi sempre contra o aumentos dos juros. Já eleita e não empossada, revelou: “Vou trabalhar com base na queda dos juros”. Assim que designou Tombini para substituir Meirelles, eu disse aqui: “Vem aumento de juros, o ex-diretor do BC é partidário dessa política”.

Agora que se fala no presumível e suposto crescimento da inflação, já surge o primeiro aumento da “Taxa Selic”, que subiu 0,50%, para começo de conversa.

Apenas para comparar: nos EUA, os “mesmos sinais” de elevação da inflação. O presidente do FED deu entrevista, afirmou: “Estamos atentos, se for necessário e mesmo imprescindível, aumentaremos os juros”.

 ***

PS – Para que ninguém esqueça: os juros nos EUA, estão entre Zero e Zero 25 (0,25%). Ao ano, ao ano.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *