A Bovespa devagar, quase parando

Desde o início, assinalei: instabilidade total, praticamente em ritmo de carnaval. Poucos negócios, altas e baixas nada significativas. Da abertura até a metade do pregão, a maior alta, 0,30%, a queda, de 0,23%, a que chamou a atenção.

Daí até o final, oscilação zero, 65 mil bem baixo, ou 64 mil bem alto, quer dizer, compras e vendas eventuais, sem representar coisa alguma.

Curiosidade: até Gol e Tam subiram, Petrobras e Vale, potências, caíram. Motivo: como são as de maior volume, quem precisa vender, vende essas.

Quase todas as Telefônicas desceram. Bebida em baixa, fumo em alta das maiores. Magnesita em queda desde a semana passada, quem compra “isso?”. As imobiliárias se recuperaram.

Fechamento, (antes dos leilões) em 64 mil e 900 pontos, mais 0,2%, nada. O dólar em 1,85, alta de 0,35% bom para o grande volume negociado.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *