A causa de Dirceu era apenas a causa própria

Bernardo Mello Franco
Folha

Nos últimos anos, José Dirceu ainda era tratado como herói por muitos políticos e militantes do PT. Até ser preso, continuou a aparecer nos encontros do partido, onde posava para fotos e ouvia o grito de “guerreiro do povo brasileiro”.

Sua inocência era defendida até por petistas que admitiam a existência do mensalão. Para eles, o ex-ministro teria sido condenado por agir “em nome da causa”. Seria injusto compará-lo a um corrupto clássico, desses que desviam dinheiro público para passear de Lamborghini.

O mito do heroísmo foi estimulado pelo próprio Dirceu, que investiu na confusão entre o julgamento na democracia e a perseguição na ditadura. Essa narrativa ficou insustentável com as revelações da Lava Jato.

O ex-guerrilheiro não voltou à cadeia por negociar votos no Congresso com métodos heterodoxos. Ele agora é acusado de receber “pixulecos” de empreiteiros e lobistas que participaram do saque à Petrobras.

ENRIQUECIMENTO ILÍCITO

Além de colaborar com a montagem do esquema de corrupção, Dirceu “se beneficiou dele”, disse o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima. O juiz Sergio Moro enumerou ocasiões em que os desvios da estatal teriam ajudado a enriquecê-lo.

Condenado por chefiar o mensalão, Dirceu recebia um “mensalinho” de R$ 80 mil a R$ 90 mil, disse o lobista Milton Pascowitch. Ele também contou que pagou despesas pessoais do ex-ministro, como a reforma de uma casa de campo (R$ 1,3 milhão), a reforma de um apartamento em São Paulo (R$ 1 milhão) e a compra do imóvel de uma filha (R$ 500 mil).

Antes que se questione o delator, a decisão de Moro ressalta que ele apresentou provas do que disse.

A Lava Jato já havia revelado que Dirceu recebeu R$ 39 milhões após deixar o governo. Mesmo assim, ele pediu doações a militantes petistas para pagar a multa do mensalão.

Agora que o ex-ministro voltou à cadeia, alguns participantes da vaquinha podem concluir que a sua causa, na verdade, era a causa própria.

7 thoughts on “A causa de Dirceu era apenas a causa própria

  1. Este cara pode ser herói para seres alienados e os petistas. Pois, se forem fazer uma análise de sua vida desde a década de 60, verão que sempre foi um aproveitador. Em Cuba vivia na boa vida em companhia do seu amigo Fidel, enquanto que os outros brasileiros que lá estavam faziam treinamentos pesados para implantarem a guerrilha no Brasil. Esse cara nunca lutou ou arriscou sua vida por nada. Agora vem esse bando de idiotas defendendo este embuste. Este cara nunca significou ou significará nada para o Brasil.

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/08/1664608-em-contraponto-a-pt-artistas-e-intelectuais-defendem-dirceu.shtml

    Lugar de bandido é na cadeia.

  2. Inacreditável que gente como Barretão, Fernando Morais, José Abre u Paulo Beti ainda caiam no conto do guerrilheiro, projeto de país, revolucionários, etc., quando a história mostra que ele, Lula e caterva, enquanto arrombavam a nação, roubavam descaradamente em nome próprio e de pessoas com a Rose (que fim levou, hein?, deram um $ calaboca nela). Aparentemente, como na finada Embrafilme (em que pese alguns grandes filmes), dominada por uma casta, também mamaram em tetas alheias… Onde já se viu consultoria de dezenas de milhões de reais prestada “de boca”, sem a produção de um estudo ou documento? Que me desculpem, mas insultam a nossa inteligência..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *