A CBF (Ricardo Teixeira) engana os clubes brasileiros

Helio Fernandes

O Brasil sempre classificava para a Libertadores os 4 primeiros do Brasileirão. O presidente (perpétuo?) da Conmebol, mudou a regra sem falar nada com ninguém. Então os brasileiros foram espoliados, em vez de 4 passaram a classificar apenas três.

Teixeira disse que ia conversar, voltou com um embuste, que os clubes aceitaram passiva e burramente. É uma proposta indecente.

Se um time brasileiro vencer a Sul-Americana, só três irão para a Libertadores. Se não ganharem, ficam 4, como sempre.

Não perceberam? Já existe um clube brasileiro na final da Sul-Americana. Pelas quartas, jogarão Palmeiras-Atlético Mineiro. Pela outra, Goiás-Avaí. Portanto, numa das semifinais, 2 brasileiros, lógico, 1 na final, dificilmente perderá. E agora?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *