A complicadíssima sucessão do Estado do Rio

É a mais incerta e cheia de dúvidas. E certamente será surpreendente. Sergio Cabral, que se julga favorito, pode perder, o que seria satisfação geral.

Seu adversário deve ser Garotinho, que já foi governador. E teve 15 milhões de votos para presidente, que Serginho jamais terá.

Se Gabeira ouvir o bom senso e disputar o Senado, será eleito. Decidindo para governador, tira terceiro. Com Gabeira candidato, a outra vaga para o Senado, disputada por Dona Denise e o “bispo” Crivela, está mais para ela.

Dona Jandira deve correr para deputada federal, está eleita. Cesar Maia também está com essa idéia, mas os votos não chegam para ele e o filho. Picciani, que falava tanto em disputar o Senado, voltou ao bom senso. Será reeleito presidente da Alerj, e cuidará das fazendas, administradas com trabalho escravo.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *