A corrupção e a importância da reforma política

Mauro Santayana
Jornal do Brasil

A atividade política, no Brasil, sempre funcionou na base do “jeitinho” e da “negociação”. Mesmo quando interrompido o processo democrático, com a instalação de ditaduras – o que ocorreu algumas vezes em nossa história – a política sempre foi feita por meio da troca de favores entre membros dos Três Poderes, e, principalmente, de membros do Executivo e do Legislativo, já que, sem aprovação – mesmo que aparente – do Congresso, ninguém consegue administrar este país nem mudar a lei a seu favor, como foi feito com a aprovação da reeleição para prefeitos, governadores e Presidentes da República, obtida pelo Presidente Fernando Henrique Cardoso.

Toda estrutura coletiva, seja ela uma jaula de zoológico ou no Parlamento da Grã-Bretanha, funciona na base da negociação. Fora disso, só existe o recurso à violência, ou à bala, que coloca qualquer machão, por mais alto, feio e forte seja, na mesma posição de vulnerabilidade de qualquer outro ser humano.

COMO DIMINUIR A CORRUPÇÃO

Já que a negociação é inerente à natureza humana, e que ela é sempre melhor do que a força, o que é preciso fazer para diminuir a corrupção, que não acabará nem com golpe nem por decreto ?

Mudar o que for possível, para que, no processo de negociação, haja maior transparência, menos espaço para corruptos e corruptores, e um pouco mais de interesse pelo bem comum do que pelo de grupos e corporações, como ocorre hoje no Congresso.

O caminho para isso não é o impeachment, nem golpe, mas uma Reforma Política, que mude as coisas de fato e o faça permanentemente, e não apenas até as próximas eleições, quando, certamente, partidos e candidatos procurarão empresas para financiar suas campanhas, e espertalhões da índole de um Paulo Roberto Costa, de um Pedro Barusco, de um Alberto Youssef, meterão a mão em fortunas, não para fazer “política” mas em benefício próprio, e as mandarão para bancos como o HSBC e paraísos fiscais.

O que é preciso saber é se essa Reforma Política será efetivamente feita, já que é fundamental e inadiável, ou se a Nação continuará suspensa, com toda a sua atenção atrelada a um processo criminal, que é o julgamento dos bandidos identificados até agora, no Caso Petrobras, que, em sua maioria, sairão dessa impunes, para gastar o dinheiro, que, quase certamente, colocaram fora do alcance da lei, da compra de bens e de contas bancárias.

PASSAR O PAÍS A LIMPO

Pessoas falam e agem, e saíram às ruas no domingo também por causa disso, como se o Brasil tivesse sido descoberto ontem e o caso de corrupção da Petrobras, não fosse mais um de uma longa série.

Se a intenção é passar o país a limpo e punir de forma exemplar toda essa bandalheira, era preciso obedecer à fila e à ordem de chegada, e ao menos reabrir, mesmo que fosse simultaneamente, casos como o do Banestado – que envolveu cerca de 60 bilhões – do Mensalão Mineiro, do Trensalão de São Paulo, para que estes, que nunca mereceram a mesma atenção da nossa justiça nem da sociedade, fossem investigados e punidos, ao mesmo tempo que o da Petrobras, em nome da verdade e da isonomia, na grande faxina moral que se pretende estar fazendo agora.

Ora, em um país livre e democrático – no qual, estranhamente, o governo está sendo acusado de promover uma ditadura – qualquer um tem o direito de ir às ruas para protestar contra o que quiser, mesmo que o esteja fazendo por falta de informação, por estar sendo descaradamente enganado e manipulado, ou por pensar e agir mais com o ódio e com o fígado do que com a razão e a cabeça.

INCIDENTES PERIGOSOS

Esse tipo de circunstância facilita, infelizmente, a possibilidade de ocorrência dos mais variados – e perigosos – incidentes, e o seu aproveitamento por quem gostaria, dentro e fora do país, de ver o circo pegar fogo.

No frustrado golpe contra o Presidente Chavez, eleito no ano 2000, dois anos depois, franco-atiradores de grupos contrários a ele, infiltrados nas manifestações, atiraram contra opositores e puseram a culpa em seus seguidores – tentando jogar o país contra o governo.

E a mesma coisa ocorreu no ano passado, na queda do governo Yanukovitch, na Ucrânia, quando franco-atiradores neonazistas dispararam suas armas contra a multidão Praça Maidan, em Kiev, e depois colocaram a culpa em tropas do governo, como afirmou o ministro das relações exteriores da Estônia, Urmas Paet, à Chefe de Assuntos Estrangeiros da União Europeia, Chaterine Ashton.

O ANTICOMUNISMO

Para os que estão indo às ruas por achar que vivem sob uma ditadura comunista, é sempre bom lembrar que em nome do anticomunismo, se instalaram – de Hitler a Pinochet – alguns dos mais terríveis e brutais regimes da História. E que nos discursos e livros do líder nazista podem ser encontradas, sobre o comunismo as mesmas teses, e as mesmas acusações falsas e esfarrapadas que se encontram hoje, disseminadas, na internet brasileira.

Há muitos anos, deixamos de nos filiar a organizações políticas, até por termos consciência de que não há melhor partido que o da Pátria, o da Democracia e o da Liberdade.

O rápido fortalecimento da extrema direita no Brasil – apesar dos alertas que têm sido feitos, nos últimos três ou quatro anos, por muitos observadores – só beneficia a um grupo: à própria extrema direita, cada vez mais descontrolada, radical e divorciada da realidade.

Na longa travessia, pelo tempo e espaço, que nos coube fazer até agora, entre tudo o que aprendemos nas mais variadas circunstâncias políticas e históricas, aqui e fora do país, está uma lição que reverbera, de Weimar a Auschwitz, profunda como um corte: com a extrema-direita não se brinca, não se alivia, não se tergiversa, não se compactua.

Quem não perceber isso – esteja na situação ou na oposição – ou está sendo ingênuo, ou irresponsável, ou mal intencionado.

32 thoughts on “A corrupção e a importância da reforma política

  1. Lá vem ele ! kkkk Desde as resoluções da 3.ª Conferência de 2007, quando os larápios sentiram a materialização das grades da Papuda, os fascistas travestidos de esquerda querem dar, esse sim , Golpe de Estado. Eles querem acabar com os MPs, Subjugar o Judiciário, tirar o pode dos tribunais de contas, etc… Além disso querem o voto em lista fechada por partidos, dessa forma perpetuando os clãs dos quadrilheiros. O autor se esqueceu do Stalinismo ? Seria senilidade ?

  2. É preciso ter muito estômago para não vomitar com o que esse elemento, ex-funcionário da cortina de ferro, escreve, para defender o indefensável.
    Distorce a realidade com a mesma facilidade com que toma água. Aliás, essa condição doentia que carrega já se transformou numa necessidade de seu organismo como a sêde.
    Fanático do comunismo, nele não vê nada de errado. Em contra-partida, ele aproveita de fatos históricos, que todos condenamos, para colocá-los em contra-posição à essa nefasta ideologia para tentar justificá-la, como se Hitler, Pinochet e outros dos tipo não fosse igual a Fidel Castro, seu ídolo confesso.

  3. E A DONA DILMA VAI VIRANDO COLLOR.

    Para 62% dos brasileiros dona Dima jé é um Collor de saia.Falra só Fiat Elba.
    É o que diz o Datafolha divulgado no dia de hoje .Embora a Elba não tenha aparecido, embora ella ainda não tenha ainda enfiado as patas em nossa poupança , dona Dilma vai parecendo, cada vez mais , com o maldito impichado
    Também não cabe mais a alegação do tal 3º turno, como apregoa os vagabundos que cercam a detestada presidAnta.
    O certo é que, ao fazer o diabo para se reeleger, dona Dilma acabou adquirindo um ingresso VIP para entrar no inferno que agora incendeia seus fundilhos .O cinismo, a cara de pau, a Publicidade criminosa , a arrogância a burrice, a ignorância e o maucaratismo desta senhora durante todo o seu mandato e no período eleitoral , compuseram o caldo de cultura necessário para que ella rasteje na unanimidade de uma reprovação que ainda tem espaço para crescer mais ainda.
    É uma delícia assistir isso

    GD

  4. O sr. Santayana esqueceu que foi realmente em nome do comunismo que foram instalados os dois mais brutais regimes da história, na Rússia de Stálin e na China de Mao. Que pensamento seletivo o dele não?

  5. Antes de Lula ser eleito presidente, em 2002, o brasileiro já estava cansado da atividade política, no Brasil, sempre funcionar na base do “jeitinho” e da “negociação”. Ou melhor na base da Lei de Gerson o “Gosto de levar vantagem em tudo, certo?”.

    Lula percebendo isso utilizou e abusou esta vontade do povo.

    Palavras do Lula antes e depois de eleito:

    “Acho que empresário corrupto tem que ter medo do PT, pessoas que degradam o meio ambiente têm que ter medo do PT, pessoas que praticam corrupção têm que ter medo do PT, aqueles que querem manter relações com o Estado entrando pela porta dos fundos têm que ter medo do PT…”
    (Candidato Lula, Caros Amigos, 2001)

    “No meu palanque, corrupto não sobe, no meu governo, corrupto não entra”
    Candidato Lula em 2002

    Não faço política econômica para a conveniência de uns e de outros.
    Presidente Lula, em entrevista a Le Monde
    (25/05/2006)

    “Acho que o povo brasileiro deve aproveitar que eu estou na Presidência da República e, se alguém tiver denúncias, tem que fazer as denúncias porque elas serão apuradas.”
    (Presidente Lula, Programa Roda Viva)

    “Ser honesto é mais do que apenas não roubar e não deixar roubar. É também aplicar com eficiência e transparência, sem desperdícios, os recursos públicos focados em resultados sociais concretos”.
    (Presidente Lula, Posse)

    ‘Quem tem caráter fala a verdade, quem não tem caráter mente’
    (Presidente Lula)
    22/02/2006

    “Não, ninguém pratica corrupção por causa do regime jurídico, meu caro. Não é por isso. Ou seja, a pessoa pratica corrupção porque tem vontade de praticar a corrupção”.
    (Candidato Lula, Estadão, 2002)

    “Por exemplo o trabalho que nós estamos fazendo para combater o crime organizado, a lavagem de dinheiro, nunca foi feito na história deste país.”.
    ( Presidente Lula. Coletiva à Imprensa. 2003)

    Só que Lula enganou o povo. Veja pequena amostra de escândalos nos governos Lula:

    115 escândalos do PT em 12 anos:
    Divirtam-se.
    01) Caso Pinheiro Landim
    02) Caso Celso Daniel
    03) Caso Toninho do PT
    04) Escândalo dos Grampos Contra Políticos da Bahia
    05) Escândalo do Propinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha)
    06) CPI do Banestado
    07) Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MST
    08) Escândalo da Suposta Ligação do PT com a FARC
    09) Escândalo dos Gastos Públicos dos Ministros
    10) Irregularidades do Fome Zero
    11) Escândalo do DNIT (envolvendo os ministros Anderson Adauto e Sérgio Pimentel)
    12) Escândalo do Ministério do Trabalho
    13) Caso Agnelo Queiroz (O ministro recebeu diárias do COB para os Jogos Panamericanos)
    14) Escândalo do Ministério dos Esportes (Uso da estrutura do ministério para organizar a festa de aniversário do ministro Agnelo Queiroz)
    15) Operação Anaconda
    16) Escândalo da Novadata
    17) Irregularidades na Bolsa-Escola
    18) Expulsão dos Políticos do PT
    19) Escândalo dos Bingos (Primeira grave crise política do governo Lula) (ou Caso Waldomiro Diniz)
    20) Lei de Responsabilidade Fiscal (Recuos do governo federal da LRF)
    21) Escândalo da ONG Ágora
    22) Escândalo do Banco BMG (Empréstimos para aposentados)
    23) Caso Henrique Meirelles
    24) Caso Luiz Augusto Candiota (Diretor de Política Monetária do BC, é acusado de movimentar as contas no exterior e demitido por não explicar a movimentação)
    25) Caso Cássio Caseb
    26) Caso Kroll
    27) Conselho Federal de Jornalismo
    28) Escândalo dos Vampiros
    29) Escândalo das Fotos de Herzog
    30) Uso dos Ministros dos Assessores em Campanha Eleitoral de 2004
    31) Escândalo do PTB (Oferecimento do PT para ter apoio do PTB em troca de cargos, material de campanha e R$ 150 mil reais a cada deputado)
    32) Caso Antônio Celso Cipriani
    33) Caso Flamarion Portela
    34) Escândalo de Cartões de Crédito Corporativos da Presidência
    35) Irregularidades do Programa Restaurante Popular (Projeto de restaurantes populares beneficia prefeituras administradas pelo PT)
    36) Abuso de Medidas Provisórias no Governo Lula entre 2003 e 2004 (mais de 300)
    37) Escândalo dos Correios (Segunda grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Maurício Marinho)
    38) Escândalo do IRB
    39) Escândalo da Usina de Itaipu
    40) Escândalo das Furnas
    41) Escândalo do Mensalão
    42) Escândalo do Leão & Leão (República de Ribeirão Preto ou Máfia do Lixo ou Caso Leão & Leão)
    43) Escândalo da Secom
    44) Esquema de Corrupção no Diretório Nacional do PT
    45) Escândalo do Valerioduto
    46) Escândalo do Brasil Telecom (também conhecido como Escândalo do Portugal Telecom ou Escândalo da Itália Telecom)
    47) Escândalo da CPEM
    48) Escândalo da SEBRAE (ou Caso Paulo Okamotto)
    49) Escândalo dos Dólares na Cueca
    50) Escândalo do Banco Santos
    51) Escândalo Daniel Dantas – Grupo Opportunity (ou Caso Daniel Dantas)
    52) Escândalo da Interbrazil
    53) Caso Toninho da Barcelona
    54) Escândalo da Gamecorp-Telemar (ou Caso Lulinha)
    55) Caso dos Dólares de Cuba
    56) Doação de Terninhos da Marisa da Silva (esposa do presidente Lula)
    57) Servidores federais revelam cobrança frequente de propina
    58) Escândalo da Quebra do Sigilo Bancário do Caseiro Francenildo
    59) Escândalo das Cartilhas do PT
    60) Escândalo dos Fundos de Pensão
    61) Escândalo dos Grampos na Abin
    62) Escândalo do Foro de São Paulo
    63) Esquema do Plano Safra Legal (Máfia dos Cupins)
    64) Escândalo do Mensalinho
    65) Escândalo das Vendas de Madeira da Amazônia (ou Escândalo Ministério do Meio Ambiente).
    66) Escândalo de Corrupção dos Ministros no Governo Lula
    67) Crise da Varig
    68) Escândalo das Sanguessugas (Quinta grave crise política do governo Lula. Inicialmente conhecida como Operação Sanguessuga e Escândalo das Ambulâncias)
    69) CPI da Imigração Ilegal
    70) CPI do Tráfico de Armas
    71) Escândalo da Suposta Ligação do PT com o PCC
    72) Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MLST
    73) Operação Confraria
    74) Operação Dominó
    75) Operação Saúva
    76) Escândalo do Vazamento de Informações da Operação Mão-de-Obra
    77) Interferência do governo na Polícia Federal
    78) Mensalinho nas Prefeituras do Estado de São Paulo
    79) Escândalo dos Grampos no TSE
    80) Escândalo do Dossiê (Sexta grave crise política do governo Lula)
    81) ONG Unitrabalho
    82) Escândalo dos Fiscais do IBAMA do Rio de Janeiro
    83) Crise no Setor Aéreo
    84) Caso Rosemary
    85) Operação Hurricane (também conhecida Operação Furacão)
    86) Operação Navalha
    87) Operação Xeque-Mate
    88) Caso Renan Calheiros
    89) Operação Hurricane II (também conhecida Operação Furacão II)
    90) Caso Joaquim Roriz (ou Operação Aquarela)
    91) Operação Hurricane III (também conhecida Operação Furacão III)
    92) Operação Águas Profundas (também conhecida como Caso Petrobras)
    93) Escândalo na Copa do Mundo 2014
    94) Escândalo da Petrobrás 2014
    95) Escândalo dos Correios distribuindo material de campanha da Dilma sem registro.
    96) Escândalo dos Correios deixando de entregar materiais de campanha do PSDB e deputado afirmando que “a prestação de contas dos petistas dos Correios será com a vitória do Fernando Pimentel a governador e com a vitória da Dilma”.
    97) Escândalo da expulsão do Larry Rohter
    98) FIFA nega ter pedido isenção de impostos na Copa 2014
    99) Escândalo da Refinaria de Pasadena
    100) Escândalo da Refinaria da Argentina
    101) Escândalo da Refinaria Abreu e Lima
    102) Anistia de dívidas de ditaduras africanas
    103) Contrabando de armas no Porto de Muriel
    104) Irregularidades na transposição do rio São Francisco
    105) Irregularidades nas obras do PAC
    106) Irregularidades do Bolsa Família
    107) Hospitais filantrópicos falindo por falta de reajuste na tabela SUS
    108) Lei Rouanet sendo usada para desfile de moda em Paris
    109) 15.720 denúncias de irregularidades no Minha Casa Minha Vida
    110) Vaquinhas para mensaleiros
    111) Incitação a violência contra jornalistas da direita
    112) Dilma defende diálogo com decapitadores do Estado Islâmico
    113) Dilma censura vídeo do Pastor Silas Malafaia
    114) Passividade na estatização da Petrobras na Bolívia
    115) Asilo político a Cesare Battisti
    Ufa! Você lembra de algum que não está na lista? Deixa aí nos comentários do site abaixo.
    Leia detalhes em: http://www.paulomanrique.com/115-escandalos-do-pt-em-12-anos-e-com-fontes/

  6. SHOW de artigo, fortalece o entendimento. Grande Mauro !

    A justiça brasileira precisa ser reformada para evitar que enquanto a justiça caça os envolvidos no petrolão, nem liga para o Paulo Maluf, solto apesar de condenado pela justiça internacional por corrupção.

  7. Santayana

    Por falar em Hitler, o partido nazista era a bandeira do nacional-socialismo…
    o fascismo nazista não ficou nada a dever aos métodos comunistas, sem esquecer,
    e sempre esquecem os iluminados socialistas, do pacto de não agressão entre Hitler e Stalin
    que a vida inteira negaram. O anticomunismo nazista somente veio depois quando politicamente estava fortalecido o projeto da tomada de poder de Hitler. O companheiro Stalin, de grata memoria, apoiou o fortalecimento de Hitler porque convinha aos seus planos de dominação. como vemos a narrativa da realidade histórica usada na acusação aos “não comunistas” é bastante seletiva e oportunista, mas não cola não, sorry!

    • Não fala caca amigo, vc já ouviu falar dos Freikorps ? Os nazistas exterminaram a esquerda aloemã na República de Weimar ainda antes de chegar ao poder, já na década de 1920, quando sufocaram a revolução d e esquerda tentada então pelos trabalhadores logo depois da derrota alemã na Primeira Guerra Mundial. Stalin nunca apoiou o fortalecimento d Hitler, e o que fez foi tentar ganhar tempo para enfrentar de forma melhor uma guerra que sabia inevitavel, mas que não sabi quando iria começar. Tão logo chegou ao poder, a primeira coisa que Hitler fez foi caçar os socialistas e comunistas e enfiá-los em cam,pos de concentração como Buchenwald.

  8. Ninguém entende estes moços da esquerda. A única previsão de que podemos ter dele é que vão estar sempre contra ou sempre a favor, conforme a situação interessar. Quando interessa criticar valores dos outros eles esculacham… Quando a situação se complica eles desdizem o que diziam: passam a defender valores que antes criticavam. Em breve, do jeito que a crise e o ódio da classe média contra a esquerda está grande, a esquerda vai começar a dizer que inventou isso e aquilo, que se a classe média é isso é por que a esquerda fez por onde tal classe foi beneficiada. A gente não tem como discutir com uma pessoa que todo dia muda sua verdade. A esquerda não tem noção… Ela quer só e somente só permanecer no poder. A esquerda é incongruente, vive de evitar vexame. A esquerda não tem um projeto a longo prazo. A esquerda até um dia desses odiava a Igreja Católica; hoje é Papa Francisco pra lá Papa Francisco pra cá. A esquerda se dizia comunista; de domingo pra cá a esquerda nunca foi comunista, que estão rotulando uma coisa feia e pejorativa et.. A esquerda nunca gostou do Estado de Israel, sempre achou o holocausto uma farsa; hoje a esquerda diz que o holocausto foi uma barbaridade. em resumo, se observar a esquerda não se caracteriza por seu conteúdo, mas pela ausência e mobilidade no sentido de se esvaziar indefinidamente.

  9. Tudo isso está cheirando muito mal. Ninguém sabe ao certo aonde isso vai parar, o que se sabe está nas entrelinhas ” saída do pt do poder e a volta do psdb”. Se o caso em questão é a corrupção na Petrobras teriam de apurar todos os casos (e são muitos) independente de partidos políticos. O Brasil não é mais o mesmo, isso todos nós sabemos. Mas tem gente querendo se enganar e levar multidões a acreditar que o povo continua sendo conivente com essa ideologia bestial que a classe dominante prega neste País: o povo é burro. Por isso eles podem armar o circo e assistir o espetáculo de camarote. O tiro pode sair pela culatra.

  10. Extrema direita clandestina e criminososa é a que financia a Organização Criminosa Petista com a qual conluia para assaltarem os cofres públicos.

    Ou será que o cartel dos mais ricos empreiteiros do páis que assaltarama aPetrobrás com o PT seja a esquerda?

  11. Santayana age mais uma vez como um perfeito idiota tentando defender a falácia de que a reforma política é a solução para acabar com a corrupção.

    E termina seu artigo de forma ainda mais imbecil citando Hitler e Pinochet, como forma de tentar criar um amedrontamento, relacionando a crescente insatisfação dos brasileiros com ameaça à democracia.

    #ForaSantayana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *