A CPI da Petrobras ganhou sobrevida de 4 horas

No meu artigo que abre o blog-site de hoje (pode ser lido a qualquer momento, basta clicar na barra em “Artigo do Dia”), escrito às 3 horas da madrugada e postado bem cedo, às 7, digo: “Vão aproveitar as últimas horas para ver se fazem um acordo. Se não fizerem, a Oposição entrará no Supremo às 10 da manhã”.

Antes de dormirem algumas (poucas) horas, adiaram a ida ao Supremo para as 14 horas. Decidiram retomar os entendimentos no café da manhã, para ver se consolidam o acordo. Acompanharei as conversas.

Muitos senadores realmente querem acordo. Outros, não escondem: estão preocupados: se não houver acordo, não haverá recesso. E adoram, não a palavra, mas o “descanso”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *