A deciso ficar com Marina?

Carlos Chagas

Bola de cristal que funcione, ningum tem. Mesmo assim, pelas pesquisas efetuadas at agora, tudo indica que haver segundo turno nas eleies presidenciais. O empate entre Dilma Rousseff e Jos Serra acabar resolvido em favor de um deles, mas, tudo indica, por pequena margem. De pblico os comandos de campanha no reconhecem porque seria sinal de fraqueza aceitar que seu candidato no vencer no primeiro turno, mas a verdade que tanto no PT quanto no PSDB j se cuida da estratgia para o segundo.

Bebe gua limpa quem chega primeiro na fonte, diz o provrbio rabe. Comeam tucanos e companheiros a alinhar os fatores que marcaro a segunda disputa: mais movimentao, agressividade adicional diante do adversrio, ateno maior ao programa de governo, aproximao acelerada com a mdia, recolhimento de recursos suplementares, preparao para os dois debates cruciais e Marina Silva.

Marina Silva? Sem dvida alguma, a senadora se constituir num dos principais fatores decisrios. Dificilmente ela se inclinaria por Jos Serra,mas poderia, muito bem, ficar alheia disputa, coisa que no favoreceria Dilma Rousseff. Por isso os dois candidatos mais fortes tratam a candidatura de Marina com respeito e at carinho.

E ela? Ela tem contas a ajustar com o PT. Apesar de declaraes sempre sentimentais com relao ao antigo partido, falando at em dorzinha no corao, seu caminho no tem volta. Valero ouro os provveis 10% ou pouco mais que receber no primeiro turno. Seriam decisivos para Dilma, se carreados em maioria para ela. Para Serra, aqui que mora o perigo,valendo menos a deciso que o PV tomar, como partido, e muito mais o posicionamento da prpria Marina. No deixa de ser fascinante especular a respeito.

Para a Histria

Ficam para a Histria os dois pronunciamentos do senador Pedro Simon, no fim de semana. Um na sesso matutina do Senado, sexta-feira, outro no plenrio da conveno do PMDB, sbado. Raras radiografias to perfeitas tem sido apresentadas sobre o outrora arete que derrubou a ditadura. Ainda o maior partido nacional, o PMDB dissolveu-se como sorvete ao sol, no tendo sido poupado pelo senador gacho. De Ulysses Guimares a Tancredo Neves e a Teotnio Vilela, virou um partido de… (bem, deixa para l).

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.