A difícil formação do Ministério

Helio Fernandes

Além das reivindicações pessoais, das cotas dos “chefões”, existe ainda o preenchimento de cargos das próprias legendas. O PMDB não abre mão: quer 4 ou 5 ministérios, além de várias estatais, mais cobiçadas do que ministérios.

O PT de Dirceu, por enquanto, compreensivelmente não está criando problemas. Mas não manterá o silêncio para sempre. É lógico que pretende cargos e mais cargos, os líderes de tendências internas, não aceitam ficar de fora.

***

PETROBRAS

Sergio Gabrielli, que se considerava garantidíssimo na atual presidência, recebeu um aviso: “Pode ser que a Petrobras tenha que entrar na partilha com o PT”. Como todo o segundo escalão (importantíssimo) da empresa é do PT, muito justo que pretendam a presidência.

***

BANCO DO BRASIL E CAIXA

Muitos ficariam satisfeitos com uma dessas duas presidências. E ainda existem dezenas de subempresas dentro das estatais. Furnas, Chesf, Eletrobrás, e mais e mais.

***

ITAIPU

Poderosa, está sendo reivindicada pela mulher do ministro Paulo Bernardo. Além da questão conjugal, ela, Gleisi Hoffmann, tem dois trunfos. 1 – Foi diretora importante da própria Itaipu. 2 – Eleita senadora pelo Paraná, sempre dominado por Requião e Álvaro e Osmar Dias. Problemão.

***

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Dona Dilma VETOU pessoalmente, o atual Franklin Martins. Este era e é radical demais para o projeto de Dona Dilma. Ela quer ter vida tranquila e sem hostilidade com a chamada “grande mídia”. Todos os radicais do projeto chamado de DIREITOS HUMANOS, serão afastados.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *