A eleição está quase no fim e o PT ainda não entende por que está perdendo

Resultado de imagem para haddad verde e amarelo charges

Charge do Miguel (O Povo-CE)

Percival Puggina

Haddad está atrapalhadíssimo. Os marqueteiros do partido fizeram desabar sobre Bolsonaro três adjetivos que deveriam condená-lo à morte política por inanição de votos. Verdadeiro corte da fonte de suprimentos. Nos últimos meses, multidão de militantes, comunicadores, professores, intelectuais foi orientada a etiquetá-lo como machista, racista e homofóbico. A previsão era de que isso o fizesse definhar mais do que facada no ventre e sopa de canudinho no hospital. Pois apesar da carga cerrada, a mais recente pesquisa do Ibope mostrou que o candidato do PSL o supera em votos entre as mulheres (46% a 40%), entre os negros (47% a 41%) e provavelmente também entre os gays, mas isso não dá para saber. É informação difícil de buscar.

Ventríloquo – Haddad, então, não conhece seu adversário nem seus eleitores e já não sabe quem é. Por tanto tempo foi boneco de ventríloquo do Lula presidiário que quis continuar a usar a máscara com a face do chefe mesmo depois de ungido candidato a presidente.

Aceitou ser chamado de “Poste” e – é claro – passou a ser tratado como tal. Haddad topava todas as postergações e humilhações porque ali adiante havia uma porta da felicidade que franqueava para os palácios presidenciais de Brasília. E tudo vale a pena, também quando a alma é pequena.

E AS PESQUISAS… – Ademais, as pesquisas, enganosas como são, vinham dando ao petismo a impressão de que o páreo estava corrido. Elas atribuíam a Bolsonaro um índice de rejeição incompatível com vitória eleitoral. Num segundo turno perderia para todos, incluído ele, Haddad. Bastava levar o adversário a um novo round e o PT voltaria às delícias do sítio de Atibaia da Praça dos Três Poderes.

O eleitor brasileiro, no entanto, “problematizou” a situação e “desconstruiu” essa narrativa, como diria um petista treinado nos ardis da novilíngua. O PT ficou reduzido a um único grande eleitor, o Lula. Nestes últimos dias, então, o atrapalhado Haddad descalçou o Lula; suprimiu a estrela, o PT e o PCdoB; fez desaparecer o vermelho.

Adotou as cores da bandeira e ficou com jeito de “coxinha”. E quer porque quer debater com Bolsonaro. Valem, aqui, dois conselhos quase seculares: Não se atrapalha adversário que está errando e não se ajuda adversário que está atrapalhado.

FOI UM PARAÍSO? – Para que conceder ao adversário algo que ele tanto quer? Num debate, Haddad usará as piores estratégias. Estatísticas e calendários, desempenhos de gestão e atos de corrupção irão para o moedor das conveniências e das versões. Não vem o PT repetindo que sua gestão foi um paraíso de bem estar e prosperidade? Não alega que foi Temer quem arrastou o Brasil para o precipício? Oportunizar esse tipo de discurso? É muito difícil debater quando a honestidade intelectual fica fora do recinto.

Só para lembrar: em 1989, no primeiro turno, Collor faltou a todos os debates e no segundo foi a apenas dois; FHC, que venceu dois pleitos no primeiro turno, compareceu a apenas um evento em 1994 e em 1998 sequer houve debates; Lula não compareceu a nenhum debate no primeiro turno de 2006. Comparecer ou não é juízo de conveniência.

A campanha eleitoral vai terminar sem que o PT entenda que está perdendo esta eleição para o antipetismo em todos os segmentos da vida nacional. O petismo vive uma situação como a do samba de Vinícius e Toquinho em que o sujeito tantas fez que agora tanto faz.

25 thoughts on “A eleição está quase no fim e o PT ainda não entende por que está perdendo

  1. Haddad gosta mesmo é de jogar com a hipocrisia. Falou mal da igreja e logo depois tentou apoio. Agora vem com uma cartinha de defesa dos blá blá blá como se a Lava-Jato nunca tivesse esquecido.

    O PT cospe na cara da memória brasileira.

  2. Não sei se acontece com todo mundo, mas, para mim, o PT se tornou insuportável devido exatamente a essa mania mencionada pelo autor do artigo de “problematizar” e “desconstruir” tudo.

    Essa mania (coisa de maníacos), alem de ser desonesta e vigarista, é extremamente chata! O brasileiro pode relevar muita coisa, menos a chatice.

    • A mania de “problematizar” e “desconstruir” acabou nos levando para o caos e para a ruína. Não parece uma conseqüência bastante lógica?

  3. O PT está perdendo porque é a maior quadrilha criminosa deste país, e NÃO consegue mais enganar a maioria dos eleitores, conforme fazia anos atrás.

    A verdade sempre é vencedora.

  4. Acalmem-se, bolsonaretes! Não precisam mais arrumar desculpas esfarrapadas pra Bolsonaro não comparecer! Afinal, o Onyx Lorenzoni já esclareceu que a questão é médica. Podem respirarar aliviadas.

  5. Como pode o Puggina falar de política desta eleição se não conhece Bolsonaro e nem Hadad? O jogo está ganho e Puggina quer defender Bolsonaro. Não pode defender pois não o conhece. Quer que Hadad faça desabar a aprovação de Bolsonaro sem que ele e seus marqueteiros o conheçam. Puggina não pode ser tão odiento assim. Só pode estar doente.

  6. O ódio ao PT origina muitas justificativas, muito mais do que explicações.

    E são tão graves as faltas cometidas, os crimes praticados pelos petistas contra o povo e país, que não se saberia quais os mais danosos e prejudiciais.

    Tenho para mim que a mentira, o engodo, a enganação do PT que seria um partido diferente dos demais quando foi criado, tenha sido a maior decepção que tivemos.

    Não só mostrou-se rigorosamente igual, quanto inventou maneiras de lesar o povo e o Brasil de formas nunca antes vistas na História, e isso é indesmentível!

    Os atos ilícitos da organização criminosa extrapolaram a imaginação mais fértil sobre até onde um partido poderia ser tão desonesto!
    O PT ultrapassou limites, barreiras, códigos de ética, moral, bom senso …

    O PT matou, roubou, explorou, foi solerte, sádico, cruel, pois o objetivo absoluto era o enriquecimento da sigla e, consequentemente, a permanência no poder indefinidamente.

    Evidente que os planos sempre são perfeitos em suas teses. Na prática, entretanto, nem sempre dão certo, haja vista que seus autores eram seres humanos, passíveis de erros em seus cálculos e intenções.

    No caso do mensalão, que deveria ter impedido Lula de continuar no Planalto, um sócio da maracutaia contra o povo e país, Roberto Jefferson, deu com a língua nos dentes.

    A expedição de laudos falsos pelo escritório de Lula, em São Paulo, comandado pela sua amante Rose, também deveria ter sido somado aos atos escabrosos do mensalão, e Lula ter sido afastado da presidência.

    Quando explodiu o maior roubo do mundo na História moderna, o petrolão, Lula não era mais presidente, pois no seu lugar estava a gerentona, uma senhora que não diferenciava lá com cá, eleita porque o povo ainda considerava Lula um grande presidente, na verdade, um notável ilusionista!

    A soma das ilicitudes, das quantias roubadas do povo e do erário, que atingem DOIS TRILHÕES DE REAIS, quando somamos todas as implicações e danos causados, inclusive de sonegação de impostos, de IR, do recolhimento do INSS, FGTS, a divisão dos roubos para os partidos e pessoais, a fuga de bilhões de reais para o exterior, duvido que não ocasionem no brasileiro trabalhador, honesto, que luta com extremas dificuldades para se manter, um ódio imenso ao PT e seus membros!!!

    Tenho por esta quadrilha aversão total!
    o PT me enoja, causa asco, me repugna.

    Enquanto roubava quantias incalculáveis, morriam nas filas de hospitais ou postos de saúde sem recursos, milhares de pessoas;

    Enquanto enriqueciam, o PT e seus aliados políticos, milhares deixavam suas vidas nas estradas mal cuidadas, mal preservadas;

    Enquanto contavam o dinheiro roubado, milhares de pessoas tinham e ainda têm suas vidas ceifadas pela violência;

    Enquanto compravam mansões com o dinheiro do povo, este entregava a Minha Casa Minha Cruz, para os traficantes ou porque não havia como pagar as prestações pelo desemprego;

    Enquanto não sabiam o que fazer com tanto dinheiro, os bancos cobravam juros extorsivos de uma população exaurida na cobrança de impostos, desempregada e, agora, inadimplente;

    Enquanto com bilhões guardados para suas reeleições, os ladrões se jactavam da péssima qualidade do nosso Ensino Fundamental e Médio, que sempre nos colocaram na rabeira do mundo neste particular;

    Enquanto nossos presídios eram antros de homicídios e guerras entre facções, os criminosos petistas eram inocentados ou tinham de cumprir suas penas em suas mansões;

    Enquanto os petistas estavam protegidos em suas fortalezas, policiais eram mortos em dados que batiam recordes a cada ano pelos bandidos, pelos traficantes, sobre policiais dizimados pelo crime, defendidos com veemência pelos parlamentares petistas, tipo Maria do Rosário, aquela que Lula disse para o Brasil que ela tinha o “grelo duro”!

    Sim, confesso:
    ODEIO O PT!
    ODEIO LULA, HADDAD, GLEISI, ZÉ DIRCEU … qualquer pulha que se diga petista!

    Por acaso estou errado, se o PT, a quadrilha chefiada por Lula, a organização criminosa planejada com esmero, somente prejudicaram o país e povo??!!

    Para mim tanto faz, se estou errado ou não.
    Da minha parte, e ainda com as forças que me restam, odeio o PT e petistas!!!

    Concordo com Puggina, portanto, em gênero, número e grau!

  7. CONCLUSÃO: O ANTI PT É MUITO MAIOR DO QUE O PT! ISSO ESTÁ DEFINITIVAMENTE PROVADO! BOLSONARO FOI SIMPLESMENTE O QUE MAIS SOUBE VESTIR ESSE FIGURINO ANTI PT, E ISSO NÃO FOI COISA DE AGORA, JÁ VEM NO MINIMO POR 4 ANOS, SE NÃO FOR MUITO MAIS!

  8. Os pestistas devem estar se remoendo de ódio com a charge, jamais pensaram que poderiam ter tal tipo de comparação, ainda que esta seja injusta com a comparada, não merece tal ofensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *