A exaltação da Lua brasileira, na poesia de Fátima Guedes

A cantora e compositora carioca Fátima Guedes, na letra de “Lua Brasileira”, exalta a beleza e a magia que o luar transmite na cidade ou na floresta.  A música foi gravada por Fátima Guedes no CD Grande Tempo, em 1995, pela Velas.

LUA BRASILEIRA
Fátima Guedes

Lua brasileira,
surgindo deslumbrante na floresta
toda verde prata
luz de festa, mãe da mata
Lua delicada,
pelos mares do Atlântico passeia
branca lua cheia
noite alta, madrugada

Linda,
por entre os edifícios brilha a lua
uma em cada rua,
lua feiticeira,
surpreendente,
a cada esquina
ela é feminina
Lua brasileira

       (Colaboração enviada por Paulo Peres – site Poemas & Canções)

 

2 thoughts on “A exaltação da Lua brasileira, na poesia de Fátima Guedes

  1. Bacana !
    Você sabia

    Que a bandeira dos Estados Unidos deixada na lua pelos astronautas da Apolo XI teve que ser feita metal . A lua não tem atmosfera, uma bandeira de pano ficaria sempre murcha.
    Sem atmosfera, não tem vento ,assim a pegada de Neil Armstrong ainda está lá, desde 1969.
    Nós, terráqueos, sempre vemos o mesmo lado da lua, porque a lua leva 29 dias e meio para dar a volta na terra e os mesmos 29 dias e meio para girar em torno do seu próprio eixo. Como o tempo é igual ela mostra sempre o mesmo lado. Portanto não existe lado escuro da lua , existe um lado invisível . Assim como na terra , quando é dia num lado da lua, no outro é noite.

  2. Pensando bem a lua que eu descrevi não é nada poética . A lua poética é muito mais bonita, misteriosa. Minhas desculpas por misturar o belo com o real.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *