A grande dúvida é saber se o Supremo entendeu a mensagem do general Villas Bôas

Resultado de imagem para general villas boas

Villas Bôas preparou a mensagem após ser visitado por Bolsonaro

Carlos Newton

Às vésperas do mais importante julgamento desde a redemocratização do país, em 1985, o Supremo Tribunal Federal vive um suspense de matar o Hitchcock, como diria o célebre compositor Miguel Gustavo. Na quarta-feira passada, dia 16, quando o general Eduardo Villas Bôas, após receber a visita do presidente Jair Bolsanaro, mandou postar um duro recado ao STF, os ministros que defendem a perpetuação da impunidade de corruptos e corruptores entraram em pânico.

FORA DE AGENDA– O presidente Dias Toffoli e o novato Alexandre de Moraes, que estão operando a blindagem dos corruptos, imediatamente correram ao Planalto, fora de agenda, para pedir orientação ao presidente Bolsonaro.

O ministro Gilmar Mendes, que se atrasou, foi recebido logo depois pelo presidente, que também tentou tranquilizá-lo, dizendo que tinha visitado Villas Bôas pela manhã e conversado com ele, estava tudo normal, situação sob controle, o Supremo poderia deliberar com tranquilidade em seu julgamento, sem pressões.

SOB SUSPEITA – Por coincidência, os três ministros são beneficiários da decisão do próprio Toffoli, que paralisou as investigações do antigo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), da Receita Federal e do Banco Central.

Como se sabe, Toffoli e Gilmar, com as respectivas mulheres, já tinham sido flagrados em movimentações atípicas. Quanto a Alexandre de Moraes, já foi publicado que tem inconsistências entre patrimônio e renda, em suas declarações, não pode ser considerado um cidadão acima de qualquer suspeita, embora não mereça ser comparado a Toffoli, que recebia mesada de R$ 100 mil da própria esposa, nem a Gilmar, todo enrolado com os patrocínios oficiais aos eventos de sua faculdade.

São três ministros sob suspeita e que se sentiram diretamente atingidos pelas palavras do general Villas Bôas. Eles entenderam que, por ter sido veiculada após o general receber a visita de Bolsonaro, a mensagem do chefe militar seria mais grave ainda, porque nem tocara no assunto com o presidente.

NÃO ACREDITARAM – No Planalto, Bolsonaro tentou acalmar os três ministros, mas eles não acreditaram muito. Sabem que o general Villas Bôas está em situação gravíssima, não consegue mais falar e somente se comunica pelo olhar, através do programa de computador criado para que o físico britânico Stephen Hawking pudesse desenvolver suas teses. Assim como Hawking, o general tem a mente preservada, mas quem redige as mensagens dele são os oficiais que o acompanham em caráter permanente.

Este é o segundo recado de Villas Bôas ao Supremo. Em 4 de abril de 2018, véspera do julgamento do habeas corpus de Lula da Silva, o general postou uma mensagem no Twitter alertando que “se mantém atento às suas missões institucionais” e compartilha “com os cidadãos de bem” o “repúdio à impunidade”, sem citar o julgamento do petista. E Lula não foi libertado.

Agora, na véspera do julgamento das ações que podem prolongar a impunidade de corruptos e corruptores, o general voltou a se manifestar.

###
P.S. –
Só falta um voto para que o retrocesso jurídico se concretize. Pode ser de Rosa Weber ou de Alexandre de Moraes. Em 2016, Rosa Weber apoiou a prisão somente após “trânsito em julgado” no Superior Tribunal de Justiça. Depois, ficou indecisa, passou a obedecer à jurisprudência que causou a prisão de Lula . Quanto a Moraes, antes de se enturmar com Dias Toffoli e Gilmar Mendes, ele era favorável à prisão após segunda instância. Mas agora, após o amigo Michel Temer ter sido preso duas vezes, pode mudar de ideia.

P.S. 2 – No meio da confusão, a grande dúvida é saber se os ministros do STF realmente entenderam a mensagem do general Villas Bôas. (C.N.)

29 thoughts on “A grande dúvida é saber se o Supremo entendeu a mensagem do general Villas Bôas

  1. Eles entederam sim.
    O General Villas Boas tinha que falar, mesmo calado.
    Se alguém acredita que o Stf existe democracia que faça seus comentários.
    Há muito tempo, eles representam seus interesses. Não
    representam o povo.
    Com todos estes políticos presos, existen fatos abundantes. Aos Generais, presto continência.

    • Tanto existe democracia que o filho do presidente foi buscar abrigo lá, para paralisar as investigações sobre o rolo com o Queiroz. Por que o Flavio e o pai não abrem mão dessa proteção?

  2. Entenderam a mensagem sim, rapidamente foram conversar com o Presidente.

    O General Villas Boas é um dos conselheiros de Bolsonaro e faz parte do governo trabalhando dentro do GSI junto com o General Heleno. Provavelmente Bolsonaro sabe muito mais do que disse aos sinistros do $TF.

    Bolsonaro saiu de viagem por duas semanas e deixou outro General em seu lugar, Mourão. O $TF pode se aventurar se quiser, duvido que o façam.

    Em suma, como diz o ditado, “quem tem … tem medo!”

  3. O general Villas Bôas ainda fala, embora com dificuldade ( pela traqueostomia) e gravou mensagem curtinha em vídeo. Ele é nossa esperança, porque o atual comandante do Exército não parece destemido a ponto de manifestar-se. Talvez tema perder o posto.

    • Ridículo. Quem fala em nome do exército é o Comandante do Exército, general Edson Pujol, e não o Gen Villas Boas. Se ele tivesse medo de perder o posto não teria aceitado o posto. Bolsonaro colocou um medroso no Comando do Exército?

  4. Espero que os ministros votem de acordo com a lei e a Constituição.
    Que não votem de acordo com suas consciências, mas sejam impessoais, a última fortaleza contra aqueles que querem derrubá-la.
    Quanto ao general Villas Boas dar recado, ele pode opinar quanto quiser, afinal de contas é como qualquer outro cidadão.Não é nenhuma autoridade nomeada. Ele, como um representante das forças armadas, deveria respeitar seu juramento de respeitar nossa Constituição. Essa manifestação dele, se for verdadeira, é um desserviço ao país.
    Dar voz a tipos assim, isso sim é um retrocesso.
    Fico até pasmo quando jornalistas como CN, usam tais ameaças como forma de pressionar o STF.
    Enfim, espero que a nossa corte maior não se curve e vote conforme sua função maior, sem legislar.

  5. CN,
    Receberam o recado e estão cientes que, se votarem o que querem e da maneira como, terão o que não querem.
    Ninguém duvida do apoio popular maciço contra a pocilga, stf.
    Nem mesmo estes que, da página da TI, ficam dizendo que o Exército, representado pelo General Vilas Boas, não pode opinar.
    Pode, deve e irá opinar sempre, e agirá quando se fizer necessário, como já o fez, no passado, e no dia do atentado ao candidato, Jair Bolsonaro, quando o famigerado stf recebeu um recado, razão pela qual o presidente disse o que disse ao General Vilas Boas, ao pé do ouvido deste.
    Não há dúvida.
    No Brasil atual não haverá baderna insuflada por stf, câmara ou senado, cloacas que só legislam em causa própria. Agora estão construindo um túnel para andarem sem contato com a população, além do aeroporto próprio, em Botelho, próximo ao de Brasília.
    São uns canalhas, desmoralizados, no stf e no congresso.
    Poderão ser cassados ou aposentados, a bem do serviço público.
    O General Vilas Boas está lúcido, fala com dificuldade, e é plenamente consciente da liderança que tem, no Exército e nas forças singulares.
    Não sou porta-voz de ninguém. Tenho as minhas informações.
    Não há bravatas.

  6. Pergunto aos colegas:
    Satisfeitos com a situação brasileira e do povo?
    Acham que a corrupção, que nos devasta como país, ainda pode ser controlada e resolvida “democraticamente”?
    Aceitam tranquilamente que as prisões DE QUALQUER CRIMINOSO só possam acontecer após sentença do STF?
    A atuação do Supremo, nitidamente enaltecendo a impunidade está correta?
    Por que antes da Lava Jato, o Supremo jamais trouxe à discussão o que reza a Constituição?
    Ora, se antes as prisões poderiam ser feitas, porém agora somente com o trânsito em julgado da ação, como ficam os milhares de injustiçados que estão presos anos a fio por conta dessa omissão CRIMINOSA do STF???!!!

    Mais a mais, seguir à risca a Carta Magna, juízes para quê??!!

    Se não for dada a devida interpretação das leis conforme o momento, as circunstâncias, os anseios da sociedade, o Judiciário se torna inútil, inócuo, desnecessário.

    Até porque não se pode isolar os poderes constituídos do povo, a verdade é esta!
    Falácia, a tal independência do STF, pois não existem isoladamente a Pátria, Estado, País e Nação!

    Deriva da sociedade os meios para mantê-la unida, em ordem, organizada.
    Nada pode ser absolutamente independente, sob pena de nos transformarmos em um país totalitário, e rasgando um dos artigos da Constituição que determina ser o Brasil um Estado Democrático de Direito!

    E, o mais grave nessa história, diz respeito aos movimentos nada republicanos para impedir as prisões dos ladrões do erário, que pertencem ao sistema que nos rouba, explora e manipula há décadas!
    Ora, ora, a isso se dá o nome de GOLPE!

    E quantas vezes esse tema foi alvo de nova interpretação do STF, a prisão antes da sentença transitar em julgado?!

    Quer dizer, mais uma vez é pautada a mesma discussão por que precisa-se alertar à população quem manda?!
    Nossos mandatários então não são eleitos, pois ministros do STF?
    Que raio de democracia é esta?!
    Por que tanta consideração e respeito para bandidos da pior espécie?!
    Por que tantos cuidados com a Constituição, na sua obediência cega à letra fria da lei, sem a devida leitura da gravidade dos crimes cometidos, principalmente oriundos da corrupção??!!

    Quer dizer que, a sociedade, o cidadão, o trabalhador, podem ser deixados de lado por que a Constituição é mais importante??!!
    Mas de quem foi essa ideia estapafúrdia??!!
    De que adiantam leis sem o ser humano?
    Sem o povo?

    Meus colegas que pensam diferente, tudo bem, têm direitos aos seus pensamentos, na mesma sintonia tenho os meus, e eles são contrários à sentença transitar em julgado após o STF.
    Uma vez que os tribunais decidiram pela condenação (Segundo Grau), cadeia nos caras, simples.

    Agora, o povo ficar à espera de julgamentos no STF, e sabe-se lá quanto tempo depois, correndo o risco de prescrever o crime praticado, que justiça porca é esta?!

  7. Se as Forças Armadas intervierem, farão o que deve ser feito, em todos os setores.
    Sabem muito bem o que deve ser feito.
    Eficiência é fazer o que deve ser feito.
    Eficácia é fazer bem feito o que precisa ser feito no momento certo, com o menor custo.
    As FFAA trabalham com eficiência e eficácia.

  8. KKK apesar de até este presidente mais do que boçal querer, ou seja, o adeus do 51 à Curitiba, os onze da suprema corte ainda temem desgostar o pessoal do Forte Apache. É melhor garantir as sinecuras de hoje do que ficar sem emprego amanhã, porque vergonha na cara é coisa que este pessoal não tem mesmo.

  9. Para os nervosinhos que esperneiam quando a Constituição não lhes é favorável:
    “Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a AUTORIDADE SUPREMA do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à GARANTIA dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, DA LEI E DA ORDEM.”
    Para os que não enxergam direito coloquei algumas palavras em caixa alta.
    3,2,1 e o zé perguntinha vai aparecer…

  10. Prezado Victor Marins,

    O dia que deixarmos de dar mais importância ao que é coadjuvante, o brasileiro vai perceber que ele pode alavancar o país para o desenvolvimento!

    De que adiantam leis, se elas não são justas e não contemplam os anseios da sociedade??!!
    Ou, mesmo que sejam justas, porém – como bem disseste – se os resultados não são os esperados, cabe ao magistrado prolatar a sentença de acordo com o que quer o povo, a razão de ser do País, Nação, Pátria e Estado!

    Quando que daremos o devido valor à pessoa, ao ser humano, ao cidadão?
    Como que o pobre, o miserável, o desempregado, poderão esperar pelas tais reações de mercado para comer e comprar remédios?

    Che, o troço tá invertido, tá bizarro, tá doidão!

    E, inacreditavelmente, concordamos com essa situação de figurante, de apenas preenchermos a tela, onde sequer o nosso nome aparece nos créditos do filme DAS NOSSAS VIDAS!!!!

    Abração, Victor.
    Saúde, muita saúde.

  11. Renato,

    A História do Brasil não confirma essa tua observação:
    ” … as FFAA irão dar um golpe como sempre fazem?”

    Nos últimos 100 anos, as FFAA tomaram o poder apenas uma vez, então não é como sempre “fazem”.

    Agora, diante desse caos que nos encontramos, de ausência total de ética, moralidade, decência, honestidade … que haja o fechamento do legislativo e mudanças na escolha dos ministros para os tribunais superiores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *