A importância de ter um grande amigo, na visão de Dominguinhos e Renato Teixeira

Batizado por Gonzaga,  levou adiante legado do Rei do Baião |  Música em Pernambuco | G1

Dominguinhos, uma sanfona que faz falta na MPB

Paulo Peres

Poemas & Canções
 

O instrumentista, cantor e compositor pernambucano José Domingos de Morais (1941-2013), o saudoso Dominguinhos, em parceria com o grande compositor Renato Teixeira, retrata nesta letra o que significa uma “Amizade Sincera”. A música faz parte do CD Renato Teixeira no Auditório Ibirapuera, gravado em 2007.

AMIZADE SINCERA
Renato Teixeira e Dominguinhos

Amizade sincera é um santo remédio
É um abrigo seguro
É natural da amizade
O abraço, o aperto de mão, o sorriso
Por isso se for preciso
Conte comigo, amigo. disponha
Lembre-se sempre que mesmo modesta
Minha casa será sempre sua

Amigo
Os verdadeiros amigos
Do peito, de fé
Os melhores amigos
Não trazem dentro da boca
Palavras fingidas ou falsas histórias
Sabem entender o silêncio
E manter a presença mesmo quando ausentes
Por isso mesmo, apesar de tão raro,
Não há nada melhor do que um grande amigo

2 thoughts on “A importância de ter um grande amigo, na visão de Dominguinhos e Renato Teixeira

  1. “Amigo do PEITO, de fé”. Pena que o Dominguinhos não foi proativo o suficiente, para banir do seu peito o maldito cigarro, o qual teria sido a causa do câncer que o desligou de nós!
    BEBIDA E CIGARRO: DE CADA TRAGO, UM ESTRAGO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *