A imprensa não é contra Lula, foi ele que agiu contra si mesmo no governo

Resultado de imagem para lula charges

Charge do Jota A (O Dia/PI)

Pedro do Coutto

O jornalista Sérgio Roxo, de O Globo, foi agredido por um segurança do ex-presidente Lula quando, no Paraná , na segunda-feira cobria hostilidades que ocorreram na cidade de Francisco Beltrão contra a presença do ex-presidente. A agressão foi condenada com destaque pelo próprio jornal na edição de terça-feira, e pelos outros três grandes órgãos de imprensa do país: Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo e o Valor. A intolerância política, movida nem sempre por uma verdadeira paixão, vem caracterizando os contatos de Luiz Inácio da Silva com os jornais e emissoras de televisão, a mídia em geral na qual se inclui o sistema da internet.

Os adeptos do PT acusam a imprensa de ser contra o ex-presidente. Equívoco total. A imprensa é um espelho da realidade, cujo reflexo sensibiliza a sociedade, ou seja a opinião pública.

LULA, O CULPADO – Na verdade, quem agiu contra si próprio nos mandatos que exerceu foi o próprio Lula. A imprensa não inventou o loteamento de cargos na Petrobrás em favor de partidos e de correntes políticas. Foi o então chefe do Executivo, como ficou comprovado pela Operação Lava Jato. Na entrevista na Roda Viva, TV Cultura, noite de segunda-feira, o juiz Sérgio Moro lembrou, de passagem, que a corrupção foi tanta que ele calcula terem as propinas pagas atingido um montante de 6 bilhões de reais. Só o gerente Pedro Barusco tomou a iniciativa de devolver a Empresa 98 milhões de dólares que estavam depositados no exterior.

Não foi a mídia em geral que inventou os favorecimentos à Odebrecht através do BNDES. Convém não esquecer que o mesmo BNDES destinou um financiamento de 8 bilhões de reais, a juros favorecidos, à empresa JBS.

BASTÃO MÁGICO – Inútil relembrar uma série de outros exemplos produzidos pelo bastão mágico da corrupção direta e indireta. O ex-presidente Lula, analisando-se os fatos com isenção, foi o autor de uma peça fantástica que terminou levando-o à condenação. Antes do juiz Sérgio Moro e do Tribunal Regional Federal-4, Lula condenou a si próprio. O caso do habeas corpus que será julgado pelo Supremo Tribunal Federal no dia 4, seja qual for a decisão, será o resultado do comportamento do próprio personagem acusado de crimes em série.

Vale lembrar um detalhe da entrevista de Sérgio Moro ao programa Roda Viva, quando o magistrado lembrou a divulgação da fita gravada pela Polícia Federal que terminou impedindo a nomeação de Lula para a chefia da Casa Civil de Dilma Rousseff.

O episódio, verifica-se hoje através da névoa do tempo recente, foi decisivo para que o STF bloqueasse a nomeação de Lula para a Casa Civil, para ganhar foro privilegiado.

IMPEACHMENT – Mas a consequência do fato não foi apenas esta. Coincidiu com a debacle decisiva da presidente Dilma Rousseff, culminando com a decretação de seu impeachment. Mas esta é outra questão.

Escrevi recentemente neste site, que achava que a bola dividida no Supremo a 4 de abril apresentava uma tendência pela concessão do habeas corpus buscado por Lula entre as contradições do panorama brasileiro. Mas em face da repercussão enorme da decisão final do TRF que rejeitou os embargos da defesa, passei a ter dúvida em relação à perspectiva do julgamento definitivo. Isso porque foi realçada a inelegibilidade que passou a tolher os movimentos de Lula e do PT na estrada da sucessão presidencial de outubro.

A inelegibilidade tornou-se mais importante do que a prisão. Porque destacou cristalinamente que, na verdade, Lula da Silva tornou-se um prisioneiro de si mesmo.

Inelegível, seu horizonte se fecha na história moderna do Brasil.

10 thoughts on “A imprensa não é contra Lula, foi ele que agiu contra si mesmo no governo

  1. Lula na verdade imaginou que era Deus e poderia tudo. Seus crimes são uma demonstração disso. Poderia comprar o triplex, preferiu “simular” e usufruir. Poderia comprar o sítio, preferiu “simular”, ser favorecido, desfrutar indevidamente, ou seja, levar vantagens indevidas, principalmente para um presidente da República. Trata-se- portanto – de um cadáver político insepulto. Ele buscou e destruiu uma biografia que poderia ser muito bonita, de uma operário que chegou a presidente. Votei nele na primeira eleição. Não me arrependo de ter acreditado naquela época, pois, como eleitor, não sou preconceituoso, quero quem ame o Brasil. Ele parecia amar, mas se revelou um engodo.

  2. A PROCURADORA RAQUEL AUTORIZOU A investigaçao pediu p investigar temer e pediu a prisao da quadrilha que = foi presa hoje
    e queremos lula na cadeia ja ele é condenado criminoso

  3. No Mensalão, o Lula já era o chefe da quadrilha de corruptos, com o beneplácito de alguns ministros do STF, saiu ileso, acharam mesmo que ele ” não sabia de nada “, . e que não houve formação de quadrilha. Se o ministro Barroso tivesse feito o mesmo empenho que esta fazendo contra o Temer, diga-se de passagem,: acertadamente, o Lula, não seria incentivado a continuar com a corrupção até 2014. Joaquim Barbosa foi um dos poucos que se empenhou na condenação do Lula, e a formação de quadrilha no processo do Mensalão..

  4. Carioca da Gema está certissimo!
    Lula e a esquerda sempre foram ENGODO!
    Tenho orgulho de dizer que JAMAIS votei ou votarei na esquerda!
    Eu me respeito e respeito meu País!

    E em outubro de 2018 teremos uma especial oportunidade de varrer essa escória esse lixo. ..PT PSol e todos os puxadinhos de esquerda que pululam neste país.
    Brasil Verde Amarelo ad aeternum!!!
    ******

    Eva Dias…erradissima!
    Pedro do Couto está correto ao afirmar que a “A imprensa é um espelho da realidade, cujo reflexo sensibiliza a sociedade, ou seja a opinião pública.”

  5. Não, seu autor, o Lula nao agiu contra si, ele agiu contra o povo, ele nos roubou, nos diminui, nos envergonhou. Ele causou muitas mortes de gente pobre, embora não intencionalmente, mas pela sua enorme ambição e ignorância. Melhor para nós é prender esse velhaco e esquecer que ele existiu. Não esquecemos o Marcola e o Beira-Mar?

  6. Os petistas estão tão desesperados com essa farsa do “atentado” que eles estão colocando a “golpista” Globo como um meio de comunicação confiável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *