A impressionante recuperação psicológica de Xuxa

Wilner Aguiar

Molestar um menor é antes de tudo um ato de covardia grave, que impõe ao molestado graves problemas psiquícos. O que não consegui absorver foi o “raio” cair 3 vezes no mesmo lugar. Que coisa!

Além disso, a ressaltar, a rapidez de recuperação do possível trauma sexual. Não sei, talvez, devéssemos parabenizar Pelé, pois, aos dezessete a modelo já iniciara um namoro, digamos, com o atleta que iria durar 6 anos, conforme afirmou. Não sei se houve acompanhamento profissional junto à criança, mas, sem dúvida, houve uma superação espetacular.

Pena que tudo isso não tenha servido para orientar de forma mais madura a modelo, o que evitaria que ela mesma viesse a praticar o mesmo ato condenável ao repetir o passado na cena do filme “Amor estranho amor”, com um menor de 12 anos, contracenando nua por sobre seu corpo.

Difícil entender os mistérios da mente humana.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *