A indefinição da presidência da Câmara

Helio Fernandes

Aldo Rebelo garante, através de intermediários: “Não sou candidato a presidente da Câmara, estou firme com Marco Maia”. Ha!Ha!Ha! O PCdoB só era firme mesmo na “convicção stalinista”. Continuam trabalhando e calculando. Para um possível (na verdade, impossível) segundo turno.

*** 

MERCADANTE CRITICADO

Que destino, que ambição. Desde 1994, quando foi vice de Lula, na segunda candidatura presidencial, acreditou que tinha um grande futuro. Em 2002, eleito senador, se preparava para Ministro, nem foi chamado.

Oito anos no ostracismo, humilhado pelo próprio presidente no episódio da DEMISSÃO IRREVOGÁVEL (da Liderança no Senado). Ia se candidatar à reeleição, Lula “induziu-o a correr para o governo.

***

PS – Com as desistências forçadas de Quércia e Tuma, teria sido reeleito. Ministro sem força, foi o primeiro a ser recriminado, que palavra.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *