A Itália estreou ou se despediu?

À 1 da tarde, depois da medíocre atuação da Holanda, anotei aqui: “Até agora, só um possível campeão”. E acrescentei que isso valia até o jogo da Itália, que começaria às 16,30. Começou?

O primeiro tempo foi do Paraguai, 1 a 0. No segundo, aos 15 minutos, a constatação de que esta Copa não é dos goleiros. Num córner, pulou feito um saltador sem paraquedas, o atacante da Itália cabeceou, triste de estar tão sozinho e isolado.

Mais 33 minutos sem garra e competência, a Itália satisfeita em não perder, o Paraguai achando bom ter empatado. Parecia a Guerra do Paraguai, sem Solano Lopez mas com Berlusconi.

Esta terça entra em campo a segunda seleção, candidatíssima, que sairá ainda com melhor cotação. Nessa chave, o Brasil está OBRIGADO a três vitórias com facilidade.

No mata-mata, é outra história.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *