A presidente Dilma Rousseff quer inventar a Turma da Luluzinha, onde “menino não entra”

Carlos Newton

Os jornais anunciam que a presidente Dilma Rousseff está disposta a encerrar hoje a crise a articulação política do governo, com um encontro, esta manhã, com o ministro de Relações Institucionais, Luiz Sérgio (PT-RJ), que deve deixar o cargo.

Irritada com o racha no PT e com a ofensiva de aliados do PMDB em defesa do nome do líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP) para o cargo de Luiz Sérgio, a presidente mandou dizer aos principais líderes no Congresso que suspendessem as negociações, pois seu nome preferido para a vaga é o da ex-senadora e atual ministra da Pesca, Ideli Salvatti, que foi derrotada nas últimas eleições.

Luiz Sergio foi realmente uma má escolha, não se sabe se feita por Dilma ou por Lula, é tudo muito confuso nesse governo, ninguém sabe quem manda. Além de não ter carisma nem liderança junto aos demais deputados e senador, Luiz Sergio é do tipo Palocci, tem uma história mal contada de crescimento inexplicado do patrimônio, hoje mora num apartamento luxuoso na Lagoa, um dos bairros mais caros do Rio.

Mas colocar Ideli Salvatti no lugar dele é trocar seis por meia dúzia. Ideli também não tem carisma nem liderança. Se for mesmo escolhida, fica parecendo que no atual governo os cargos são preenchidos pelo sexo, numa espécie de Clube do Bolinha ao contrário. Deve ser o Clube da Luluzinha. A bancada homoafetiva devia protestar. Por que são excluídos? Deveria haver uma cota no Ministério para eles (ou elas).

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *