A primeira derrota da representatividade ocorrerá logo em janeiro de 2011, até agora marcada para o dia 20. A já presidente Dilma viajará aos EUA, para um encontro com o também presidente Obama.

Helio Fernandes            

Assumirá o vice Michel Temer. Dona Dilma, milionária de votos, teve 55 milhões, será substituída por um pobretão, não teve nenhum. Temer na certa irá dormir no Alvorada, gravará fotos e filmes para eternizar sua passagem pela Presidência. Felizmente não praticará nenhum ato oficial. Nem civil.

O SUPREMO E OS CAPIBERIBES

Já tratei do assunto aqui, mas volto por obrigação, convicção e dever jornalístico. Eleitos para o Senado e a Câmara, foram CASSADOS, perderam os mandatos ganhos em 2002 (o dele, iria até 2010). Assumiu no Senado o derrotado Gilvan Borges, protegido de Sarney e Renan.

Em 2010, repetiram e ganharam, João senador, Janete deputada federal. Gilvan Borges, outra vez derrotado. O TSE de Brasília cassou os dois. Novamente DOARAM o mandato para o mesmo Gilvan. O Supremo precisa inovar, em nome da dignidade, da democracia e da representatividade.

QUEM SABE, KASSAB NO PMDB?

É o panfletário da indignidade eleitoral. Sendo do DEM, foi vice-prefeito de São Paulo com Serra prefeito. Apesar das promessas e compromissos, Serra só ficou 15 meses, deixou 33 para o espertíssimo vice.

Acabou o mandato, se reelegeu pelo DEM, derrotando o candidato do PSDB, Alckmin, hostilizado por Serra. Agora, aproveitando a morte de Quércia, pretende ser governador de São Paulo pelo PMDB, Com tanta falta de caráter e de legenda, acaba presidente. Que República.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *