A segregação racial e a Suprema Corte

Ontem, assistindo o jogo da seleção americana de vôlei, fiquei satisfeitíssimo com jogadoras brancas e negras se abraçando cordial e carinhosamente. Nem se lembravam do passado negativo, que não viveram mas conheceram.

Lembrei então do passado positivo, que acompanhei de longe, mas interessadíssimo. Em 1964, a Suprema Corte decidiu: “A segregação racial nos ônibus escolares é INCONSTITUCIONAL”. (E, lógico, desumana).

A reação foi tão sensacional, que algum tempo depois a mesma Suprema Corte proibiu a DISCRIMINAÇÃO nos transportes públicos, favorecendo e libertando os milhões que andam de metrô.

Depois, dominou o país todo, mesmo com o “protesto” dos preconceituosos e burros estados do Sul. Que tanta pressionaram Lincoln, praticamente 100 anos antes.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *