A violência política atual teve alguns paraninfos que precisam ser conhecidos

Imagem relacionada

Sem derramar sangue, não haverá redenção, disse Bené

Celso Serra

No ano passado (29 de maio de 2017), parlamentares, lideranças petistas e professores de Direito se reuniram no Seminário “Estado de Direito ou Estado de Exceção”,  evento promovido pela Fundação Perseu Abramo, órgão de formação e mantido pelo PT – Partido dos Trabalhadores, provavelmente com dinheiro do fundo partidário, isto é, dinheiro do povo brasileiro.

O “Seminário” foi filmado e suas imagens (vídeos)  – que até hoje podem ser vistos na internet (é só acessar o Youtube) –  mostram uma platéia composta por militantes partidários e um comando no qual, sob a direção da deputada Benedita da Silva, foram discursando, entre outros, os senadores Roberto Requião, Gleisi Hoffmann, o procurador Claudio Fonteles, o governador Flávio Dino e o deputado Carlos Zaratini.

INTOLERÂNCIA – As palavras do senador Roberto Requião e da deputada Benedita da Silva, que a seguir grafarei, não parecem provas de tolerância, urbanidade e amor ao próximo.

O senador Roberto Requião, valentemente, bradou: “… o  que, então, estamos esperando para cruzar o rio, para jogar a cartada decisiva de nossas vidas? Senhores e senhoras, universitários aqui presentes. Convençam-se. Não há mais espaço para a conversa e para os bons modos.”

A plateia foi ao delírio. Aplaudiu ruidosamente e começou a gritar à plenos pulmões: “Se muda, se muda, imperialista! A América Latina será toda socialista!”.

A nobre deputada Benedita da Silva vociferou:  “Quem sabe faz a hora e faz a luta. A gente sabe disso. E na minha Bíblia está escrito que sem derramamento de sangue não haverá redenção. Com a luta e vamos à luta, com qualquer que sejam as nossas armas!”

APLAUSOS DE PÉ – O seleto público foi ao orgasmo múltiplo psicológico e a aplaudiu de pé. Essa reunião não ocorreu em nenhum hospício e os evangelizadores indutores eram componentes do Congresso Nacional.  Agravando a situação, a iniciativa do evento, segundo o portal PT na Câmara, foi de sua bancada de deputados federais, sendo a organização de responsabilidade de seu órgão de formação política.

Além disso, também podemos encontrar na internet (Youtube) vários discursos do notório “dono do PT”, atualmente residente em Curitiba-PR, incitando populares – notadamente de baixa escolaridade e reduzida formação intelectual – a comportamento agressivo , na base do “nós contra eles”.

CASO BOLSONARO – Com todos esses fatos antecedentes não é difícil entender a agressão com uma faca sofrida pelo candidato Jair Bolsonaro em Juiz de Fora, por criminoso que, em passado recente, como noticiado pela mídia, era militante do PSOL, partido político com as mesmas origens do Partido dos Trabalhadores, sendo, por muitos brasileiros, considerado um singelo “puxadinho do PT”.

A violência política atual teve paraninfos.

49 thoughts on “A violência política atual teve alguns paraninfos que precisam ser conhecidos

  1. Quando parcela substancial da população bate palma para estas manifestações do Seminário “Estado de Direito ou Estado de Exceção” é muito preocupante. Nós contra eles.
    Somos inviáveis econômica, financeira e politicamente. Simples assim.

  2. Os exemplos são muitos.

    Um dos mais notórios foi o discurso da Marilena Chauí que, entre risadas e aplausos da cúpula petista presente, esbravejou que odiava a classe média!

    Hoje podemos até agradecer o ataque de ódio da Madame Min da USP porque, depois disso, a classe média começou a deixar de ser trouxa e abandonou o PT.

  3. Relembrando quando Lula e Stédile disseram que iam colocar o exercito do MST nas ruas…

    Comissão quer que Lula e Stédile expliquem o que quer dizer “colocar o exército do MST nas ruas”. Eu também quero! Quem ameaça a democracia faz terrorismo | VEJA.com

    https://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/comissao-quer-que-lula-e-stedile-expliquem-o-que-quer-dizer-colocar-o-exercito-do-mst-nas-ruas-eu-tambem-quero-quem-ameaca-a-democracia-faz-terrorismo/

  4. O terrorista pode ser maluco, mas de burro não tem nada. Além do escritório de advocacia que o representa, possui quatro celulares, notebook, viajava por todo país atrás de políticos, pagando as diárias de hotel em espécie. Nada mal para um pedreiro desempregado que não passou do ensino fundamental. Como prêmio seus amigos esquerdistas e demais admiradores abriram quatro vaquinhas na internet para ajudar o “lobo solitário”.

  5. Só os imbecis não vêm a verdade. O esfaqueador já foi filiado ao PDT do Coroné ao PSOL e é um militante/meliante Lulista. Agora, a esquerda bandida quer dizer que foi um caso isolado e quer tirar o seu da reta. Só os imbecis não vêm a verdade!

  6. O “maluquinho” “coitadinho” que esfaqueou o futuro presidente, estava “desempregado”. Então quem pagou a passagem até Juiz de fora (Ele é do sul)? Quem pagou a hospedagem no hotel no qual ele estava há 10 dias? Quem pagou sua alimentação todos esses dias? Uma bela investigação vai responder. Mas a Globo nem vai querer saber, pois ela só cobra responsáveis quando a “vitima” é ligada à facções criminosas, gay, viciados em drogas, bandidos… Aí a cobrança é em tempo integral.

  7. Matéria publicada e perfeita e comprovada com videos. Para variar, quando o assunto toca no calo, começam as agressões verbais, sem mérito algum e atacam as pessoas em si, dando prova do que Celso Serra postou. Isso é insuflar a violência e começa por aí. Infizmente não se pode mais dialogar, pois a muitas pessoas aqui na TI que só sabem é fazer ataques pessoais. Enfim, deixo de lei a TI. Carlos Newton obrigado pelo espaço até então.

  8. Excelente, parabéns. Deveriam mandar estes vídeos para aquele bando de trogloditas do comitê de direito humanos da ONU. Petista não tem massa cinzenta e sim massa marron em suas cabeças. Está tal de benetida é aquela falsa evangélica que pegou um avião e foi para Buenos Aires em um culto e foi obrigada a pedir demissão. Acho que petista é uma nova classe da involução humana, a continuar assim voltaremos a morar nas cavernas.

  9. O Zé Dirceu, certa feita, pregou entre seus “súditos”, de que a direita deveria apanhar nas urnas e também nas ruas.
    Mas isto não configura qualquer ato de fomentação ao ódio, porque parte do princípio de que o PT é o guardião da vontade popular e tem a obrigação de combater todos os inimigos do povo brasileiro.
    Este vagabundo esfaqueador deve ter levado o ensinamento a sério e achado que para o povo ser feliz, o PT deve impor suas convicções pela palavra ou pela espada, como diria Maomé.
    O petismo é a síntese do da incoerência e da imoralidade.

  10. Essa gente doentia não enxerga a realidade pelos próprios olhos e sim pela régua do socialismo em que o ódio àqueles que não compartilham de suas “verdades” é um de seus principais pilares e onde o hediondo encontra justificativas para sua prática.

  11. Por que o próprio Bolsonaro diz que esperava essa atitude de violência? Simplesmente porque chamou para si a violência.

    Existe na Física uma lei que diz que toda ação verifica-se uma reação.Foi o que aconteceu.

    Peninha do Bolsonaro eu não tenho, mas repúdio o atentado democraticamente.

    Abraços.

  12. Primeiro foi em na Grande Porto Alegre; assalto seguido de esfaqueamento com vários óbitos; estava em São José do Norte a trabalho e via o jornal televisivo todo dia. Pensei ser característica do assaltante gaúcho; mas, logo começaram crimes idênticos nas cidades do RJ e SP.
    Liguei o fato de no Governo Lula, ter sido descriminalizado o uso de arma branca e com a facilidade o crime típico aconteceu; hoje vejo de maneira diferente. Era ensaio dos “EXÉRCITOS DO STÉDILE” e pelos últimos acontecimentos e pela logística empregada, vejo que eles estão no caminho planejado.

  13. É inacreditável. Somente hoje, cinco pessoas que votariam em outros candidatos, transferirão seus votos para Bolsonaro.
    Não dá para esquecer que Bolsonaro não leva desaforo para casa. Diz o que vem a cabeça.
    Mas a matéria mostra uma figura como Requião junto com ativistas agressores.

    Também é verdade que o PT e seus puxadinhos, ao longo de décadas, vem plantando terror no campo e nas cidades. assim, aqui e ali, desgarrados e malucos terminam agindo sozinhos ou em bando, pondo em prática os ensinamentos das antigas lideranças: Lula, Stedile, Rainha e tantos outros.

    Não existe dúvidas que os maiors e mais frequentes atos de banditismo político, arruaças e quebra-quebra sempre estiveram com os esquerdoides.

    Durante anos, o outro lado calou, assistiu e foi vítima. Bolsonaro nunca baixou a cabeça e isto incomoda, intranquiliza os esquerdoides.

    Certamente milhares de votos mudarão de lado. A próxima pesquisa já poderá indicar.

    Com todos os defeitos e dificuldades que sempre identifiquei nele, Bolsonaro é mais brasileiro do que a maioria dos demais candidatos. Só isto já o qualifica.

    Fallavena

  14. Essa é boa: Requião e Benedita são responsáveis por um maluco ferir Bolsonaro. Não que ele mereça. Mas ele há 28 anos desmoraliza, ofende e ameaça o povo brasileiro. Eculhamba, negros , índios, mulheres. (Dizem que passou a ter raiva de mulheres depois que sua mulher fugiu com um coronel saiu na mídia).Eu não vi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *