Acreditar em Deus pode até ser um erro, mas significa um grande alento para bilhões de pessoas

Filosofia Hoje: Frases de Filosofia - Se é certo que um deus fez este  mundo, não queria eu ser esse deus: as dores do mundo dilacerariam meu  coração. - Arthur Schopenhauer

A visão de Arthur Schopenhauer é uma verdade absoluta

Carlos Newton
 
Todos sabem que não existe prova material da existência de Deus. No início deste século, o britânico Stephen Hawking, que era o maior físico da atualidade, produziu um documentário espetacular sobre a criação do Universo, e ao final chegou à conclusão de que Deus não existiria.

A lenda urbana relata que outro gênio da Física, o alemão Albert Einstein, teria criado a sensacional frase “Deus não se importa de ser chamado de coincidência”. Porém, no final da vida, Einstein também se mostrou contrário às religiões e afirmou não acreditar num “Deus pessoal”.

DISSE EINSTEIN – Em uma carta escrita em 24 de março de 1954 ao filósofo judeu Eric B. Gutkind, o professor Einstein fez a seguinte revelação: “Foi, é claro, uma mentira o que você leu sobre minhas convicções religiosas, uma mentira que foi repetida de forma sistemática. Eu não acredito em um Deus pessoal, nunca neguei isso, mas expressei de forma clara. Se algo em mim pode ser chamado de religioso, é minha ilimitada admiração pela estrutura do mundo que nossa ciência é capaz de revelar”.

Realmente, tudo é relativo, e nesta carta ao filósofo Gutkind, Einstein disse também que a palavra “Deus” nada mais era do que “a expressão e produto da fraqueza humana, e a Bíblia, uma coleção de lenda honoráveis, porém primitivas, que eram bastante infantis”.

O filósofo alemão Arthur Schopenhauer (1788-1860) também ironizava as religiões: “Se é certo que um Deus fez este mundo, não queria eu ser esse Deus: as dores do mundo dilacerariam meu coração…”

EM BUSCA DE DEUS – Mais de 70 anos depois da morte de Einstein, os pesquisadores da chamada Ciência Noética continuam buscando a existência de Deus e estudando fenômenos subjetivos da consciência, da mente, do espírito e da vida, a partir de um ponto de vista rigorosamente científico.

A Noética não é nenhuma novidade. Pelo contrário, era estudada muito antes de Cristo. O Brasil, embora poucos percebam, desenvolve experiências bastante avançadas, porque é um país riquíssimo em fenômenos paranormais.

Sobre psicografia, por exemplo, há alguns anos cientistas da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e da Universidade Thomas Jefferson, nos EUA, recentemente mediram as atividades cerebrais de dez médiuns brasileiros, por meio de um marcador radioativo que permite checar a intensidade dos fluxos sanguíneos em diferentes áreas do cérebro por meio de tomografia. E o resultado foi surpreendente.

DIZ A PSICOGRAFIA – Em comparação à escrita normal, os médiuns mais experientes apresentaram níveis mais baixos de atividade cerebral durante a psicografia, justamente em áreas frontais do cérebro, associadas ao planejamento, raciocínio, geração de linguagem e solução de problemas.

Já os médiuns menos experientes tiveram atividade mais intensa nessas mesmas áreas enquanto psicografavam, ainda que também inferior à registrada durante a escrita fora de transe. Segundo os pesquisadores, esse fato poderia estar relacionado com um esforço maior dos médiuns menos experientes para se concentrar e conseguir fazer a psicografia.

ACREDITAR EM DEUS – Em tradução simultânea, acreditar em Deus pode até ser um erro, mas é um grande alento para bilhões de pessoas, espalhadas pelo mundo, entre as quais me incluo.

Desde a infância eu era ateu e até me recusei a fazer a chamada primeira comunhão. Depois a vida foi me ensinando a respeitar as religiões – todas elas. E hoje me sinto ecumênico. Mas respeito também os ateus e compreendo plenamente a posição cartesiana deles.

Pessoalmente, porém, não consigo viver sem a presença de algo que possamos chamar de Deus. Em minha opinião, se na verdade não foi Einstein quem disse que Deus não se importa de ser chamado de coincidência, ele deveria ter dito.

DIZ A BÍBLIA – Quanto a Stephen Hawking, sua resignação, sua farta produção intelectual e sua incrível resistência à doença degenerativa que o acometia talvez sejam uma grande comprovação da existência de Deus.

Por fim, é sempre bom repetir essa citação que me foi enviada há alguns anos pelo amigo Francisco Bendl, a propósito do Natal: (João 11:25-26) “Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá. E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá.”

###
P.S. – O fato concreto, comprovadíssimo pela Ciência e pelo Charlatanismo, é que somos todos ignorantes e não temos certeza sobre quase nada, como dizia Sócrates, 400 anos antes do nascimento de Cristo. De lá para cá, continuamos imersos em dúvidas. (C.N.)                

17 thoughts on “Acreditar em Deus pode até ser um erro, mas significa um grande alento para bilhões de pessoas

  1. Sr. Carlos Newton,
    Buscar Deus com um telescópio é uma burrice. Segundo o Budismo há 10 MUNDOS, ESTADO DE VIDA, ou PLANOS
    CÓSMICOS(Jigoku, Gaki, Tikusho, Shura, Nin, Ten, Shriravaka, Pratiekabuda, Bodhisattva e Buda (Nirvana). Dentre todos eles, somente o QUINTO PLANO COSMICO, ou MUNDO (Humano), É COMPOSTO DE MATÉRIA. Eles são visíveis, tangíveis e audíveis por quem tem as condições de vê-los (Iluminados). Os quatro primeiros são INFERNOS, o quinto é habitado por HUMANOS e o sexto por DEUSES, inclusive os DEUSES DEMÔNIOS e DEUSES NÃO HUMANOS(Devas, yakshas, Asuras, Kimnaras, Mahoragas e Kandarvas), Do Sétimo Céu para cima são povoados por Entidades Iluminados – aqueles que se libertaram da Lei do Renascimento e Morte. Ninguém procura contato físico com seus pais falecidos. Mas, quer encontrar DEUS. Deuses, apesar de seus poderes e merecedores de respeito, SÃO ENTIDADES NÃO ILUMINADAS( Entidades do SEXTO CÉU, portanto, não se livraram, ainda, da Lei do Renascimento e Morte. Existem bilhões e bilhões de DEUSES, tão numerosos quanto as areias do Rio Ganges, e levam dezenas de kalpas sem voltarem a renascer. Um kalpa é equivalente a 4,32 bilhões de anos terrestres. Esse é um Ensino Esotérico dos BUDAS, somente agora permitida sua divulgação. Quem morrer, verá.

  2. Deus criou o universo, Quem criou Deus, veio do nada? Sou de origem católica, na juventude fui Testemunha de Jeová, Espírita. conheço a Umbanda e o Candomblé.
    Acredito que no futuro os cientista vão descobrir que o espiritismo é uma ciência, sendo que o Candomblé é bem mais fácil dos cientista entender que é uma ciência., haja vista que os deuses ( orixás ) representam a natureza em suas diversas forças, em que o ser humano está ligado intrinsicamente.
    Acredito em Deus, como um poder superior que está além da nossa imaginação. Há vários casos nos espiritismo que nos dá a certeza que o espírito existe e que temos um espírito.
    Não sei dizer se existe um ou mais Deuses, ou espíritos mais iluminados, que comanda todo o universo, ou se a sociedade espiritual é tão perfeita, que funciona automaticamente com perfeição e não precisa de um Deus para comandar.

    • 1) Licença amigo… fiquei pensando, se não existe um Criador ou Criadores (com muitos nomes), estamos diante de uma Anarquia Cósmica… ou GT – Grupo de Trabalho…

      2) Lembrei de um livro dos anos 1950, esgotadíssimo… “Cristo, o maior dos Anarquistas”…

      3) Escrevo com todo o respeito aos que discordam…

  3. Prezado Carlos Newton.
    O ESPIRITO DO NATAL
    Essa série de artigos, que precederam o Natal, em especial o que você compartilhou com Antônio Rocha, reputo como de fundamental importância para o esclarecimento do leitor tribunario.
    Os filósofos estudaram o tema da Espiritualidade e da Vida após a Morte. No entanto, não há certeza de nada. As dúvidas persistem e creio que não poderão ser resolvidas no plano terráqueo.
    Como bem pontuou o comentarista Francisco,
    ” Quem morrer verá”.

    AS RELIGIÕES E O PODER

    As religiões, como vejo hoje, estão se distanciando do estudo da espiritualidade, por conta das suas lideranças se afastarem dos ensinamentos bíblicos e dedicarem seu tempo para a Política e para a Economia ( templos suntuosos) deixando o fiel sem rumo.
    Muitos cidadãos começam a deixar de frequentar os templos, quando seus ” guias espirituais” adentram no jogo da política.

    A FILOSOFIA

    A citação do filósofo dos filósofos, o gênio Sócrates, que deixou um legado para a humanidade, que está atualíssimo, muito bem descrito no seu artigo, lembro que ele não deixou nada escrito. O discípulo Platão se encarregou de divulgar as ideias socráticas, através dos Diálogos. Aristóteles outra sumidade da Filosofia, discípulo de Platão completou o triângulo do Saber

    Importância crucial no estudo da Filosofia, cito também Zenão de Eleia e Heráclito de Efeso. No estudo da Filosofia Cristã, dos sábios são referência: Santo Agostinho e Santo Tomas de Aquino.

    OS REIS E OS FILÓSOFOS

    Uma nação só prosperará, o dia em que os filósofos forem Reis e os Reis sejam Filósofos. Somente os estudos filosóficos, pela sua universalidade, podem dotar o mandatário de um país, do conhecimento amplo sobre o que importa para as sociedades sob o seu comando, prescindindo das influências negativas de seus auxiliares. O filósofo por excelência saberia de quase tudo de antemão.
    Vejam bem, o que acontece ao redor do mundo hoje, com as tragédias ocorrendo de norte a sul, por culpa exclusiva de presidentes completamente ignorantes, que se gabam de não terem lido um único livro durante toda a existência
    Como pode um governante ter sucesso, se não suporta Literatura.
    Um Rei, um Presidente, que não sabe quem foi Sócrates, Platão e Aristóteles, que nunca leu Kant, Spinoza e Hegel?
    Seria demais da conta, especular sobre a leitura ou não, de Homero, Virgílio e Dante?
    Uma existência sem o conhecimento da Filosofia é a meu ver, pura perda de tempo.
    Parabéns, Carlos Newton e Antônio Rocha.

    • 1) Obrigado Roberto Nascimento, rumando/rimando para os 70 anos, continuo aprendiz das Filosofias…

      2)Lembrando que hoje, 1º domingo após o Natal é o Dia de Nobre Senhora das Famílias…

      3) Que as Famílias da Tribuna da Internet tenham muita saúde e felicidades !

  4. A religião é o nosso atestado de burrice. Não sabemos quem somos, de onde viemos, para onde vamos e muito menos sabemos o que estamos fazendo aqui na terra.
    Nos milhões de anos que a humanidade vaga pelo mundo, dos que morreram, nunca voltou um só, para dizer como é a vida após a morte.
    O último que diz ter falado com Deus, já morreu a uns quatro mil anos. Foi Moisés.
    Portanto a ciência e a lógica, dizem ser as explicações religiosas, contos da carochinha, criados nos tempos da ignorância total.
    Com a evolução da ciência, já se sabe de bastante coisas, mas ainda não temos uma explicação para a nossa presença na vida.
    Talvez algum dia possamos saber mais, mas por enquanto, a nossa existência finaliza no cemitério ou agora no crematória. Assim imagino que sejam as coisas.

  5. Não acredito em efeito sem causa. Portanto, basta chegar à janela e ver um pedacinho do infinito universo para que a pergunta inevitável nos venha à mente: QUEM FEZ ISSO? O maior filósofo que já apareceu neste mundo, Jesus Cristo, definitivamente não era uma pessoa comum. Deu a própria vida para nos salvar. Não pertenço a nenhum grupo religioso mas creio que a causa do universo e consequentemente a causa da minha existência, existe e chama-se DEUS. Quem acha que tudo isso aconteceu do nada, este sim, é burro.

  6. Parabéns, estimado CN. Seus 3 últimos artigos são admiráveis. Sobre sua consideração final, peço licença para citar, pela graça e inteligência da frase, Gore Vidal: “Desde o século V antes de Cristo a única novidade é o Hollywood com filtro”. Abraço.

  7. Amigos, Deus é uma questão de Fé, simples assim

    Sansão, Jó e tantos outros tiveram e alcançaram.

    Assisti um filme, não me lembro o nome, em que um garoto se afoga, é resgatado e levado ao hospital sem pulso e outras funções vitais do organismo praticamente parados. É dado como caso perdido.A mãe do Garoto teve Fé e o garoto sobreviveu .
    .
    O filme é extraído de uma história real..

  8. Sr. Carlos Newton,
    Vamos dar para os colunistas da TI uma prova real da existência do BUDA; Para outros, coisa de Deus ou de Mara ( Rei do Inferno). Mandei-lhe no sábado, um e-mail com ensinamentos Budistas, exclusivo para o Sr. O assunto ainda é secreto para a maioria dos humanos. Ao abrir o link (anexo) que lhe mandei, ESTAVA TUDO EM BRANCO (deletado). No meu arquivo WORD só existia o título do link. A matéria, o BUDA ou o DARMA tinham deletado. O título da matéria: Senhor Carlos Newton. Eu sei o porquê da matéria ter desaparecido. Peço desculpas ao Senhor por revelar publicamente esse tema. Se o Sr. procurar DEUS com a mente pura, e não com o intelecto, ele lhe aparecerá. Isso acontece com os Santos, com o Deus e com o BUDA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *