Adriana Ancelmo imita Lula e declara que no viu nada e no sabia de nada

Resultado de imagem para adriana ancelmo depondo

Adriana Ancelmo alega que no participou de nada

Mariana Sallowicz
Estado

A advogada Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio Srgio Cabral, afirmou durante interrogatrio nesta segunda-feira no ter atuado diretamente nos processos relacionados ao empresrio Eike Batista. Segundo a ex-primeira-dama do Rio, esses casos foram conduzidos pelo seu ex-scio e ex-marido, o advogado Srgio Coelho. Adriana, Cabral e Eike so rus em processo resultado da Operao Eficincia, deflagrada em janeiro deste ano.

“Eu e Eike nos conhecemos por razes institucionais (…) Nunca estive com nenhum executivo do grupo EBX nem de empresas ligadas a ele. Os trabalhos foram feitos com meu ex-scio Srgio Coelho”, afirmou ao juiz Marcelo Bretas, responsvel pelos desdobramentos da Lava Jato no Rio.

PROPINA DE EIKE – Segundo as investigaes, Eike teria pagado mais R$ 1 milho em propina a Cabral por meio do escritrio de advocacia de Adriana. De acordo com os procuradores, para ocultar o repasse, foi firmado um contrato entre o escritrio da mulher de Cabral e a EBX, de Eike.

A mulher do ex-governador, que est atualmente em priso domiciliar, detalhou que havia trs demandas das empresas de Eike no escritrio. Uma delas era uma auditoria jurdicas em ativos da REX, empresa de desenvolvimento imobilirio do grupo de Eike. A outra era referente a uma disputa entre o empresrio e um ex-executivo do seu grupo, Rodolfo Landim. Uma terceira seria relacionada Techint Engenharia. “No atuei em momento algum em nenhuma dessas demandas”, declarou.

Bretas questionou se ela no tinha sido informada pelo contrato com Eike. “Tnhamos autonomia, o escritrio era grande. Sobre a REX, sabia que estava ocorrendo a auditoria jurdica. Mas sobre Landim e Techint no tive conhecimento sobre o desenrolar disso”, disse. Adriana tambm disse que Cabral “jamais” pediu a empresas para fazer contratos com seu escritrio.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
Em traduo simultnea, Adriana Ancelmo imitou Lula e disse no viu nada, no fez nada e no sabia de nada. Uma boa piada, claro, mas sem originalidade. A melhor piada dela foi dizer que Cabral nunca arranjou clientes para o escritrio. Realmente, foi demais. (C.N.)

11 thoughts on “Adriana Ancelmo imita Lula e declara que no viu nada e no sabia de nada

  1. ESCRAVOS j somos de tanta coisa, de tanta gente e de tantas situaes que ser escravo das prprias palavras no o mal maior. Alis, parece mais honrado gritar e lutar para salvar a prpria pele e do rebanho, do que morrer calado igual carneiro, chorando diante dos algozes. COMPARAR o Brasil Nova Zelndia brincadeira, n ? ESSE TAL MERCADO tb fogo, hein, o desgraado tb no se d por achado, no se faz de rogado e nem se d por pego pela Lava Jato com a boca na botija em parceria com o tal estado, ambos manipulados por bandidos, que fazem do Brasil um pas extremamente corrupto, como j disse o PGR. T mais do que na hora desse tal de mercado tb manipulado por bandidos a exemplo do estado criarem vergonha na cara. Qualquer paiseco do mundo funciona as mil maravilhas onde o estado e o mercado, cada um cumprindo a sua funo constitucional, no sejam manipulados por bandidos. Acabei de chegar de uma Loja, alis, de pastor evanglico, onde fui pagar uma prestao em atraso de um terno. Um ms de atraso e o cara cobra quase 20% de juro, de modo que de R$ 100,00, o cara cobrou quase R$ 120,00. At dei um rugido no local moda mas que raio de juro anti-Cristo esse ? E isso est generalizado em todo o pas, moda quem pode mais chora menos, cada um pra si e Deus ou o Diabo para todos. No Banco e seus cartes a coisa ainda pior. Bastou ficarmos dependentes dos servios do tal mercado e viramos escravos do dito cujo, que nos torna escravos dos me$mo$ para sempre at que a morte nos separe. Idem em relao aos partidos, ditaduras, monoplios e seus esquemas. Ento o problema maior do Brasil apenas de falta de vergonha na cara do estado e do mercado, manipulados por bandidos, o resto fcil de resolver, a nosso ver. http://www.tribunadainternet.com.br/reflexoes-sobre-o-brasil-e-a-pluralidade-ideologica-da-tribuna-da-internet/#comment-459759

  2. muito cinismo deste desgovernador Srgio Cabral e mulher, dissimulado, abusado, querendo questionar o juiz Marcelo Bretas, ganhou um pito na hora, ainda por cima, oferecido ao julgado, cafezinho e gua, parecia que ele estava numa palestra, sujeito asqueroso, achando que iria envolver o juiz na sua falcia, dizendo que os irmos Chebar mentiram, o que mais me impressiona, o gasto para este sujeito e a mulher dele, sempre estar indo prestar depoimento, h provas cabveis, dizer que as jias carssimas no foram compradas com dinheiro de propina, um absurdo este mentiroso, espero que pegue uma cana dura, mas no tenho esperanas, aqui no Brasil? Se fosse em pas srio, iria cumprir toda pena, mesmo que fosse 300 anos, fez mal ao estado, se locupletou com dinheiro pblico, cometeu crimes em todos os lados, eGANANCIOSO ELE E A MULHER.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.