Advogada Catta Preta foge do país e Léo Pinheiro é ameaçado

Beatriz Catta Preta foi embora com os filhos

Felipe Moura Brasil

O fantasma de Celso Daniel ronda a Lava Jato. Trechos de duas reportagens de VEJA desta semana contêm relatos de ameaças a duas figuras fundamentais das investigações: o presidente da OAS, Léo Pinheiro, e a advogada que negociou a delação premiada de nove dos dezoito réus confessos da operação, Beatriz Catta Preta.

1) Em abril, VEJA revelou que Léo Pinheiro, quando estava preso, anotava em pedaço de papel histórias que poderiam ser contadas sobre suas relações com Lula e o poder.

Dias depois, revela a revista agora, “Pinheiro foi procurado por um carcereiro em sua cela no Complexo Médico-Penal do Paraná. Enquanto recebia a bandeja com a comida, Léo Pinheiro entendeu que o agente disse que seria melhor ele passar a dormir de olhos abertos. Conselho ou ameaça, o que se sabe é que a frase do carcereiro assustou bastante o preso.

Libertado da prisão preventiva pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Léo Pinheiro contou esse episódio a familiares durante uma discussão sobre a conveniência de fechar o acordo de delação premiada. A família o estimulou a fazê-lo. Os fatos também. Defendido por três renomadas bancas de advogados em Brasília, São Paulo e Curitiba, Pinheiro viu naufragar todas as estratégias jurídicas empregadas por seus defensores”.

2) Há duas semanas, Beatriz Catta Preta “dispensou recepcionistas e secretária e parou de atender o celular. Na segunda-feira 20, enviou um e-mail a todos os seus clientes anunciando que não mais faria a defesa deles. Ato contínuo, deixou o Brasil”.

“Algo de muito grave fez com que Catta Preta decidisse sair de cena – e há indícios de que ela estava apavorada quando o fez. Em maio, por razões desconhecidas, deixou de mandar o filho à escola e pediu à direção o trancamento da matrícula. Em junho, foi a vez de tirar também a menina mais nova da escolinha que frequentava. Um advogado próximo de Catta Preta afirmou a VEJA que ouviu de um amigo em comum aos dois que ela vinha recebendo ameaças e que, por isso, teria saído ‘fugida’ do país.”

A chapa está quente na República petista. Coincidentemente, quanto mais perto se chega de Lula, mais o fantasma de Celso Daniel grita “Buuuuuuu!”.

(artigo enviado pelo comentarista José Guilherme Werneck)

36 thoughts on “Advogada Catta Preta foge do país e Léo Pinheiro é ameaçado

  1. Meus Deus, aonde vamos parar Carlos Newton?
    É muito grave e perigosa a situação do país. A advogada fugiu do Brasil para preservar sua vida e a de seus filhos. É a dedução que se faz. Especialista em Delação Premiada, por ela conduzida —- e foi a Delação Premiada que possibilitou que a verdade fosse descoberta —-, essa moça voi embora. Com medo, certamente. Ela não defendeu ninguém. Apenas conduziu a Delação Premiada, dizendo e informando a seus clientes e a todos os partícipes do processo, como o procedimento deveria ser seguido. Ou seja, o que pode e o que não pode. Foi apenas uma orientadora. Nada mais. E sua atuação foi fatal. Carlos Newton, quero ouvir você sobre essa notícia. Por favor, volte ao assunto.
    Jorge Béja

    • É inacreditável o que está acontecendo, Dr. Béja. Vou escrever sobre o assunto, que passa a ser a notícia principal do momento.

      Abs.

      CN

    • Como evangélico acredito na justiça divina. Como advogado que sou não acredito na jusitça dos homens.
      Aquela não falha.
      Por essa razão, um dia virá a tona as causas da morte de Celso Daniel.
      Deu também perimitui a reeleição, com desconfiança do povo, de Dilma, pois outro não poderia pagar por aquilo que não tinha feito. Imaginem outro presidente fazendo o que estão fazendo. Seria crussificado de cabeça para baixo.

  2. Há uma quadrilha perigosíssima em ação no País. A máquina de moer reputações já espalha que o marido dela, nas negociações de honorários, constrangeria e ameaçaria as famílias de delatores, mediante gritos, murros na mesa e outros expedientes intimidatórios.É mesmo perigoso afrontar o poder, quando este está nas mãos de bandidos.

  3. Pensando cá com meus botões, uma advogada para 9 clientes delatores, não é estranho isso. e se a delação de um incrimina o outro como resolver. Pois o processo não só se ateria às delações pois viriam também as investigações e outros podres aparecerem . Acho que ela criou um barril de pólvora e caiu fora

  4. Tudo isso comprova que o PT não é um partido só de ladrões, mas também uma quadrilha de assassinos. Uma advogada competente, bem sucedida, cara, com grande clientela como a Dra. , Beatriz Catta Preta retirar seus filhos da escola, trancar as matrículas, fechar o escritório e fugir do país só pode ter sido por ameaça de morte. O juiz Sérgio Moro que se cuide, porque está lidando com bandidos perigosos. Só teremos sossego quando toda esta quadrilha estiver na cadeia, empresários corruptos e políticos, incluindo Lula. O próprio Lula é um homem perigoso e é capaz de tudo !

  5. E os blogs esgoto do PT estão, para variar, tentando difamá-la a qualquer custo, usando para isso o seu marido.
    A situação está tão critica, que em qualquer deslocamento de presos da Lava Jato, estão indo atiradores de elite da PF…..
    E a OAB ???

  6. Fazer ameaças a pessoa e sua familia é padrão dos Sindicalistas. Lula é PHD nisto.

    Acredito que a Dra Catta Preta não comunicou ao Juiz Moro que a estavam ameaçando por que estas eram dirigidas principalmentes aos filhos da advogada. Aí entra o instinto materno de proteção da prole.

  7. “O HOMEM POR TRÁS DA ADVOGADA
    O caso que alçou Catta Preta ao estrelato foi a delação do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa no ano passado, até então a mais bombástica da Lava-Jato. Mas o mais importante de sua vida, ao menos no aspecto pessoal, aconteceu mais de uma década atrás. Na ascensão da advogada, um personagem desempenhou papel fundamental: Carlos Eduardo Catta Preta Júnior, o marido, de quem herdou o sobrenome, é que trata das negociações com os clientes, estabelece o valor dos honorários e cuida das cobranças do escritório, que ela abriu em 2002, alguns anos depois de se formar pela Unip.

    O casal se conheceu em 2001, quando ele foi preso em Alphaville, na Grande São Paulo, com 50 000 dólares em notas falsas presas na cintura, dentro de um saco plástico. Em sua casa, agentes do Denarc, o DEPARTAMENTO DE COMBATE AO TRÁFICO DE DROGAS, encontraram mais 350 000 dólares falsos guardados no banheiro. Aos policiais, Carlos Eduardo contou que estava tentando vender as notas para se livrar do prejuízo que havia tomado ao vender a um indiano 17 quilos de esmeraldas retiradas de uma mina de pedras preciosas que arrendara na Bahia.”
    (…)

    Artigo Completo:
    http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/o-homem-por-tras-da-advogada-das-delacoes

    • E o que uma coisa tem a ver com a outra ? A Veja, principalmente via Reinaldo Azevedo está defendendo o Marcelo Odebrecht de forma aberta, sem pudor….

  8. ESTÁ NA VEJA DE HOJE:

    É nessa teia finamente tecida pelos procuradores da Operação Lava-Jato que Léo e Lula se encontram. Amigo e confidente de Lula, o ex-presidente da construtora OAS Léo Pinheiro autorizou seus advogados a negociar com o Ministério Público Federal um acordo de colaboração. As conversas estão em curso e o cardápio sobre a mesa. Com medo de voltar à cadeia, depois de passar seis meses preso em Curitiba, Pinheiro prometeu fornecer provas de que Lula patrocinou o esquema de corrupção na Petrobras, exatamente como afirmara o doleiro Alberto Youssef em depoimento no ano passado. O executivo da OAS se dispôs a explicar como o ex-presidente se beneficiou fartamente da farra do dinheiro público roubado da Petrobras.

  9. Quando leio a reportagem da própria Veja, cuja intenção é atribuir ao PT uma relação com a suposta ameaça ao presidente da OAS e também a “fuga” da advogada, cujo marido foi preso em Alphaville, na Grande São Paulo, com 50 000 dólares em notas falsas presas na cintura, dentro de um saco plástico e agentes do Denarc, o departamento de combate ao tráfico de drogas, encontraram mais 350 000 dólares falsos, em sua casa,
    fica patente que a eleição, para muitos, ainda não acabou, os perdedores não se conformam.

  10. Cada um que faça o seu julgamento.

    -O bom senso manda não tomar tudo o que se lê como verdade absoluta, mas que devemos desconfiar e tentar enxergar mais longe para ver as reais intenções ocultas nas entrelinhas. Sabemos que toda a revista tem um patrão.
    -Quando imagino a quantidade de pessoas que foi às ruas para ser “fiscal do Sarney” …

  11. Para todas as dúvidas e as falsas (???)acusações atiradas contra Lulla, Dillma e o PT devem merecer por parte delles, VITIMAS E INOCENTES, ações judiciais para responsabilizar e colocar na cadeia aqueles que tentam SUJAR seus nomes. Assim agem as pessoas de bem e as que se julgam INOCENTES.
    No entanto, por que será que Lulla, Dillma, PT e outros não usam a justiça para que a verdade se faça?
    Alguém pode responder?

    • Sim, respondo.
      Nas ações penais privadas (crimes contra a honra, principalmente a calúnia) o réu-acusado pode fazer uso da chamada Exceção da Verdade. É o meio legal para o réu provar que as acusações que fez não são caluniosas, mas verdadeiras. Em suma: calúnia é crime. Deixa de ser quando o acusador prova que o que disse ou o que escreveu é verdade.
      Já nas ações cíveis, de indenização por exemplo, o réu pode também fazer uso da Reconvenção, que é o meio para que, no mesmo processo, o réu também seja autor de igual pedido que contra si foi feito, ou seja, indenização. Para ser mais objetivo: A processa B com pedido de reparação de dano moral por uma — digamos — acusação que considerou ofensiva. Quando B é chamado para se defender, ele se defende e ao mesmo tempo faz a Reconvenção e pede que o A seja condenado. Em resumo: é uma briga recíproca em que somente um vencerá.
      Daí o perigo das ações infundadas.
      Respondi a contento, Fallavena?

      • Desculpe a pergunta. Mas em caso de falso processo, não haveria a denunciação caluniosa, que por se tratar de um crime contra a Justiça tem uma pena bem mais elevada ?

        • A denunciação caluniosa exige que o denunciante, ciente de que a imputação que dirige ao outro é falsa, mesmo assim não deixa de fazê-la. Essa conduta é considerada crime. A questão originariamente levantada indagou por qual razão o PT, Lula e Dilma não processavam os que acusam a presidente e o ex-presidente e o partido, mesmo sem fundamento, sem razão e sem motivo. A resposta focalizou apenas a pergunta assim apresentada, como hipótese e dedução política.

  12. Li, com muita apreensão e preocupação, a matéria. As coisas são muito feias e estão fora de controle. Se verdadeira a situação da advogada, a república e a democracia estão em sérios riscos.
    Quem provoca tais situações, com ameaças a ponto de uma advogada fugir do país (fato a confirmar) continua acreditando na impunidade.
    Nos últimos anos, muitos fatos foram jogados para baixo do tapete, escamoteados, deixados para lá. Afinal, são tantos que seriam necessárias algumas “forças tarefas”, trabalhando 24 horas por dia, para acompanhá-los.
    A verdade está escapando entre os dentes. Rabos amarrados, quando puxados, vem todos, ao mesmo tempo. E os mais grossos, maiores, tendem a resistir mais! Os pequenos e mais frágeis rebentam. Aqui, em nosso caso, rebentam e expõem os maiores.
    Não nos esqueçamos das manifestações ameaçadoras e enfurecidas de Lulla e Stedile – confessaram, publicamente, a existência de um “exército ilegal” no país. A busca incessante e desesperada de “habeas corpus” por José Dirceu – certo de que as portas da cadeia voltarão a ser abertas para ele, é outro fato.
    Dillma, dia após dia, dando mostras de sua incapacidade administrativa, descontrole e insanidade política, infelizmente, até aqui não levadas a sério pelas instituições e por parcela da sociedade que, a despeito de tudo, continua de olhos fechados. Tudo índica prenúncios de noites escuras à democracia e à paz no país.
    Se comprovadas as ameaças a advogada e a delatores, estamos no fim do fim.
    Urgem medidas firmes e robustas, capazes de não permitir mais qualquer ruptura nas estruturas do país.
    Só não vê quem não quer, só não entende quem não pensa e só não acredita quem é insano.
    Somos uma nau sem rumo, sem comando, sem futuro, a espera de um milagre, que teima em não acontecer!

    • Concordo. TB acho que Lula e Dilma não entregarão barato o poder. Atè agora , a corrupção não os contaminava, mas a partir de qdo eles são incriminados, farãó de tudo para que não caia neles. O povo como sempre, não acredita que o Brasil terá um governo comunista. Mal sabem que já vivemos um comunismo velado, e que a ” camarada” Dilma está em conluio com os amigos vermelhos da Venezuela, Bolívia argentina , farcs que virão avidos para lutar para manter o comunismo na “pátria grande”. Uma guerra civil nos aguarda.

  13. Imagino as ameaças que a advogada sofreu, a ponto de ir embora do Brasil!
    Afinal das contas ele estava proporcionando à Justiça meios de a verdade ser descoberta, a deleção premiada e, desta forma, amenizar as penas contra os bandidos envolvidos, mesmo sendo cúmplices dos mesmos.
    Certamente ela sabia que lutaria contra forças poderosas, mas não levou em conta que as denúncias de tão graves que eram e que podem fazer ruir com um governo, o do PT, poderiam colocá-la em risco de vida iminente.
    Pois eis outra investigação que urge seja posta em prática.
    Que terror tão medonho determinou a saída de uma cidadã do seu País?
    Ela teria alguma prova, documento ou telefonema com essas ameaças?
    Ou quem, pessoalmente, lhe fez tais atemorizações?
    O assunto é grave, como de resto este caso escabroso contra a Petrobrás, cujo futuro com relação a vermos punidos os responsáveis pelos roubos contra a estatal, se torna cada vez mais opaco, menos nítido, em face d escolhas do ministro relator do STF que apresentará os parlamentares acusados e quais seriam as acusações contra eles!
    Em outras palavras:
    Os ladrões sairão impunes dos crimes cometidos contra a Petrobrás ou, então, penas tão pequenas que vão ser libertados em meses.
    Preparem-se os colaboradores dos criminosos petistas, abrindo os seus bolsos para pagar as multas relativas às punições, pois se tratam de pessoas sem dinheiro, pobres, que precisam e merecem a compreensão dos partidários petistas!

  14. É quase que um ditado: estamos sempre 50 anos atrasados em relação aos EUA. Parece que chegamos à década de 60 deles: assassinar personagens inconvenientes aos poderosos.
    Lá assassinaram 2 presidentes e outro tanto de candidatos em potencial. Lá foi a direita para manter-se no poder. Aqui é a esquerda que está apresentando armas.
    A guerra fria chegou finalmente ao Brasil. Boi-livarianos x rentistas & oligarcas do 1º e 2º Império.
    O que faz a falta de propostas alternativas.

  15. Governados por quadrilhas.

    Os ventos das revoluções industrial e francesa não sopraram por aqui.

    Feudais e absolutistas.

    Quem ousa dedurar o rei??

  16. Sinceramente, uma mulher se casar com um homem preso por transportar 50000 dólares em notas falsas na cintura e ainda estar envolvido com venda ilegal de pedras preciosas, não me parece abonador. Desculpe-me dona Cata Preta, isso incomoda um pouco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *