Advogado da Camargo Corrêa já admite haver delação premiada

Jornalistas ouvem Celso Vilardi, um dos advogados da empreiteira

Guilherme Voitch
Folha

O vice-presidente da Camargo Corrêa, Eduardo Leite, poderá “colocar a mão à palmatória” em novo depoimento à Polícia Federal, afirmou seu advogado, Cláudio Mariz de Oliveira.

O executivo prestou depoimento pela manhã, na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba. Ele é um dos 24 presos na sétima fase da Operação Lava Jato, chamada de “Juízo Final”, que investiga um esquema de fraude em licitações na Petrobras.

No depoimento, Leite respondeu apenas questionamentos básicos sobre sua função na empreiteira. Na sequência, disse que não iria responder perguntas sobre contratos firmados com a Petrobras, seguindo orientação de seu advogado.

Oliveira afirmou que seu cliente não se manifestou, pois não teve acesso ao teor das acusações. Contudo, acrescentou que Leite poderá falar em novo depoimento, depois que a defesa tiver acesso ao inquérito.

“Vamos colaborar. Vamos tomar conhecimento de todos os fatos e aí podemos colaborar com um depoimento mais específico na sequência”, disse o advogado.

“Ele poderá admitir [atos ilícitos] se forem verdade e colocar a mão à palmatória”, afirmou Mariz.

AMIGO DO DOLEIRO

Reportagem da Folha desta terça revelou que Eduardo Leite é citado pelo doleiro Alberto Youssef em conversas e mensagens interceptadas na Operação Lava Jato. Pelo teor das mensagens, o vice-presidente da Camargo Corrêa seria um dos executivos mais próximos do doleiro –Youssef refere-se a Leite como “leitoso” e reclama de “atrasos” de pagamentos da empreiteira.

Na quarta também prestaram depoimento, na sede da PF em Curitiba, Dalton Avancini e João Ricardo Auler, respectivamente diretor-presidente e presidente do Conselho de Administração da Camargo Corrêa. E foi adiado para sexta-feira o depoimento do lobista Fernando Baiano, que estava foragido e se entregou.

Dentre os 25 alvos da operação que tiveram prisão decretada na última sexta, apenas Adarico Negromonte Filho, irmão do ex-ministro das Cidades Mário Negromonte (PP-BA) está foragido. Treze pessoas continuam na sede da PF em Curitiba.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Conforme adiantamos aqui, os empreiteiros não têm saída e aceitarão a delação premiada, para não terem o mesmo destino do publicitário Marcos Valério, cuja pena foi quase oito vezes maior do que a de José Dirceu, o chefe da quadrilha. (C.N.)

6 thoughts on “Advogado da Camargo Corrêa já admite haver delação premiada

  1. O menino se aproxima de um colega na escola e diz: “O teu pai é ladrão. O meu pai foi quem me disse!”. Seu colega reage, mas ele mostra a tela de seu smartphone com a foto de um executivo de uma grande empreiteira envolvida com as propinas do “Petrolão”, algemado e entrando num camburão. É exatamente o pai de seu colega de turma. Não dá nem para alegar que se trata de buylling. O fato está diariamente na mídia, até de outros países;

    A certeza da impunidade fez com que o executivo nunca imaginasse que um dia seu filho seria condenado a tal constrangimento, ficando a triste imagem de seu pai gravada em sua memória para sempre. Esse pai só pensou em si mesmo em sua ambição por dinheiro, apesar de já ter elevado padrão de vida;

    Imagine-se, então, como será o crescimento do menino se seu pai vier também a ser condenado à prisão depois de concluídas as investigações. Como parece que o trabalho liderado pelo juiz Sérgio Moro vai ser levado até às últimas consequências, é aconselhável que esse menino comece imediatamente a receber assistência psicológica.

  2. Segundo informações da imprensa, a Odebrecht está merecendo capítulo à parte na Lava Jato. Vai pegar alguém, sim, aquele lá, que vive indo à África em jatinhos da empreiteira. Vai ser bom de ver. Como o tipo não tem foro privilegiado – não é mais nada, embora relute a comportar-se como tal – deve cair nas mãos do juiz Moro. Que não é de brincadeira. E aplica a lei “doa em quem doa”. Vai ser bom de ver.

  3. Aguardamos também as “delações premiadas” com as mesmas empreiteiras que abastecem o Partidão da Extrema-Direitopata de São Paulo.
    Como todo nós sabemos e o Planeta também, geraldo/serra/covas/thc/aloisio/zeanibal, são grandes “recebedores” de quantias enormes das empreiteiras..
    Estamos no olho vivo…….eh!eh

  4. O comentário do leitor “só copiando” traz uma imensa carga de reflexão para esse povo enrolado no Petrolão. Faz todo sentido, mesmo nesse nosso país que a cada dia consegue inverter, ainda mais, os valores que deveriam nortear a sociedade. O péssimo exemplo que vem de cima.

    No básico, no real, Crime e Castigo, onde a pimenta mais arde, comungo com a opinião do Moderador. Permita-me:

    “NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Conforme adiantamos aqui, os empreiteiros não têm saída e aceitarão a delação premiada, para não terem o mesmo destino do publicitário Marcos Valério, cuja pena foi quase oito vezes maior do que a de José Dirceu, o chefe da quadrilha. (C.N.)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *