Há advogados da Lava Jato que acreditam em “arquivamento”

Dantas ensinou o caminho: “No Supremo eu resolvo”

Carlos Newton

Está cada vez mais evidente a linha de defesa adotada por alguns dos réus da Operação Lava Jato, que parecem confiantes em seguir a “doutrina jurídica” consagrada pelo banqueiro corrupto Daniel Dantas: “Só tenho medo da Primeira Instância. Lá em cima, nos tribunais superiores, eu resolvo tudo”. E isso realmente aconteceu com ele.

No inquérito e no processo restou provado que ele era corrupto, mas no Supremo Tribunal Federal o banqueiro escapou da prisão e inacreditavelmente virou o jogo, passando de réu a acusador.

Foi realmente impressionante a manobra de Dantas para bloquear a Operação Satiagraha, desfechada pela Polícia Federal contra o Banco Opportunity, que nas instâncias inferiores levara o banqueiro a ser condenado a 10 anos de prisão por suborno.

ALEGAÇÕES

No Supremo, a defesa alegou que o delegado Protógenes Queiroz colhera provas irregularmente (apenas algumas provas) e que a agência federal Abin havia colaborado ilegalmente na investigação.

Com isso, Dantas conseguiu anular a ação, mediante apoio público e notório do então presidente do tribunal, ministro Gilmar Mendes, e depois moveu processo contra o delegado, que era deputado federal em 2014 quando foi condenado no Supremo à prisão e à perda do cargo funcional e do mandato, mas apresentou recurso, que ainda não foi julgado.

A HISTÓRIA SE REPETIRÁ?

Agora, advogados de vários réus da Operação Lava Jato tentam adotar a mesma estratégia da defesa de Daniel Dantas. É justamente por isso que o ex-diretor da Petrobras Renato Duque insiste em se declarar inocente, apesar das abundantes provas de enriquecimento ilícito já apresentadas contra ele. Da mesma forma, o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e os ex-deputados André Vargas, Luiz Argolo, Pedro Correa a Aline Correa (pai e filha) também se dizem inocentes e parecem dispostos a enfrentar os processos até o final. Ou seja, até o Supremo.

Desta vez, a estratégia é um pouco diferente. Ao invés de acusarem os delegados federais e os procuradores que integram a força-tarefa, os advogados farão carga contra o juiz federal Sérgio Moro, por decretar prisões preventivas injustificadas, visando a prender liminarmente os envolvidos, de forma a pressioná-los a aceitar delações premiadas.

MARCO AURÉLIO GARANTE

Esta linha de defesa montada para demolir o juiz federal Sergio Moro foi apoiada na última terça-feira pelo ministro Marco Aurélio Mello, no programa “Espaço Público”, da TV Brasil, vejam a que ponto chegamos, em que um magistrado se julga no direito de criticar publicamente o procedimento de outro juiz, postura que é proibida pela Lei Orgânica da Magistratura. Mas no Brasil de hoje quem se importa pelo que dizem as leis?

A tese de Marco Aurélio é consistente, não há dúvida, mas terá dificuldades para sair vitoriosa, porque as prisões preventivas decretadas pelo juiz Moro têm sido mantidas pelo Tribunal Regional Federal, pelo Superior Tribunal de Justiça e pelo próprio Supremo. Apenas em uma oportunidade o ministro-relator Teori Zavascki revogou uma prisão preventiva determinada por Moro e mandou soltar Renato Duque. Algumas semanas depois, porém, surgiram novas provas contra o ex-diretor da Petrobras, o juiz federal mandou prendê-lo de novo, e tanto o STJ quanto o ministro Zavascki já se recusaram a revogar a preventiva.

Ou seja, a linha de defesa apoiada por Marco Aurélio pode se tornar suicida. Mesmo assim, há advogados que ainda apostam nela. Certamente, têm informações de cocheira, como se diz no Jóquei Club, num linguajar que até se adapta à situação do Supremo.

11 thoughts on “Há advogados da Lava Jato que acreditam em “arquivamento”

  1. Caro Sr. Newton, assino em baixo, com um supremo dessa laia, que um acusado, diz que resolve tudo NO supremo, e resolveu, só resta a pergunta: quanto pagou???, Para o “ladrão de galinha”, as provas, mesmo irregulares nos conceitos dos patifes, vale para os condenar a dezenas de anos em “cana”, para os poderosos, NÃO, ai resta outra pergunta: Um País, com uma Corte Suprema desse quilate, É QUALQUER COISA, MENOS UM PAÍS!!. RUI BARBOSA, a que ponto transformaram a República, seus “poderes” estão PODRES, a cada dia apodrece mais, a CAPITAL É UM NINHO DE LADRÕES, COM AS MÃOS NO CAPITAL DO POVO, SURRUPIADO EM “IMPOSTOS”, QUASE 6 MESES DE SEUS MISERÁVEIS SALÁRIOS, E QUE RECEBE O CAOS DE VOLTA, OS DIREITOS DA CIDADANIA: SAÚDE, EDUCAÇÃO,SEGURANÇA,TRANSPORTE.
    PT,PMDB E PENDURICALHOS, SÃO PIORES QUE O PSDB, ESSE PELO MENOS, ESSE PELO MENOS, NÃO MENTIU, A GRANDE DUPLA, MENTIU, MENTE E FAZ DA HIPOCRISIA E A MENTIRA UMA “VIRTUDE”.
    BRASIL, CADA VÊS MAIS FUNDO NO “OCEANO DE LAMA DA CORRUPÇÃO”.
    Essa reunião do PT, em Salvador, de “vacas de presépio” envergonha até santo de pedra”, a Mídia impressa, foi proibida? Porque?, Esses 200 bilhões em infra, é piada de mau gosto, ou nos taxam realmente de idiotas imbecis, de DEMAGOGIA o INFERNO está transbordando de tantos canalhas, o DEMO já está desesperado, pra alojar “a freguesia” candidata à sua fornalha!!!

  2. Um ou outro BAGRIZINHOZINHO ficará alguns meses no “hotel papuda”, e todos os TUBARÕEZÕES serão absolvidos e receberam gorda indenização do ESTADO pelos “danos morais” causados a eles.

    ALGUEM DUVIDA ???

    LAVA JATO
    LULA DESDENHA DE EVENTUAL BUSCA E APREENSÃO
    EX-PRESIDENTE DIZ A ALIADOS QUE ESCÂNDALO ‘NÃO PASSA DISSO’

    VEJA AQUI: http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=33937694108

    “É INDÍCIO”
    LUIZ FACHIN AFIRMA A JORNAL QUE “DELAÇÃO NÃO É PROVA”

    VEJA AQUI: http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=33978118336

    • Dorothy, o que está acontecendo é o seguinte. O blog está saindo do ar de vez em quando, fica alguns minutos fora e depois volta. Nesse intervalo de tempo, vocês não conseguem postar comentários. Já estou me entendendo com o UOL para acertar as coisas.

      abs.

      CN

  3. Outro, como Daniel Dantas, que diz:

    “Só tenho medo da Primeira Instância. Lá em cima, nos tribunais superiores, eu resolvo tudo”. (Luiz Inaçu, o Lampião da Política)

  4. Newton, Daniel Dantas virou a “Geni”, quando alguns homens brigam com suas mulheres espraguejam Dantas. Quando algumas mulheres brigam com os maridos, jogam pedras em Dantas. Virou folclore dizer que Dantas se jacta dizendo que só tem medo da Primeira Instância. E anda existem pessoas de boa fé que acreditam que Dantas anda falando isso pelo mundo afora. Se fosse verdade que as coisas funcionam assim no STF seria o fim do mundo. A o Gilmar é amigo do Dantas, e aí? Mesmo que fosse, não é, teria Gilmar o poder de distorcer o voto dos outros 10 ministros? Lógico que não. O impublicável delegado Protógenes, ao assumir a missão de investigar o Banco Oportunity, tinha uma missão: Botar algemas em Dantas, o que recomendou o delegado que foi tranferido para Portugal(esqueço o nome). Tudo porque o dito delegado debitou a Dantas a denúncia de que teria uma conta em “paraisos fiscais”e jurou colocar algemas em seus pulsos. Protógenes usou e abusou de todos os expedientes fascistas durante 4 anos para pegar Dantas e não pegou.Forjou um flagrante contra um advogado seu conhecido, que trabalhava para Dantas, com quem tomava cerveja nos finais de semana. Em vez de usar os aparatos da Federal usou a Globo para filmar o tal flagrante de suborno. Tudo filmado e cadê o dinheiro do suborno, o advogado não estava de posse de nenhum dinheiro. Uma hora e meia depois do flagrante foi encontrada no apartamento do acusado uma importância X que respaldou o flagrante. Protógenes fez o que estava escrito por antecedência: irregularmente botou as algemas no pulso de Dantas. Posou de herói, foi eleito deputado federal, deitou falação. Fotografou pessoas que seriam emissários de Dantas que teriam falado com Gilmar, tudo mentira. Tentou grampear a conversa de Gilmar e senador Torres. Conclusão “deu mole para Dantas, que saiu da Satiagraha e ainda meteu-lhe um processo, dificil de se livrar”. Dantas é o produto típico de nossa sociedade, aproveita-se de oportunidades para ganhar muito dinheiro, conseqüentemente cooptando e corrompendo quem pode ser. O delegado Protógenes, é um refinado malandro, é dono de imóveis carissímos em Camboinhas; tem bens que não poderia ter com o ordenado que ganha.

  5. Delmiro você é daqueles brasileiros de quem falava Nelson Rodrigues: Tem complexo de vira-latas. Eu acredito nas instituições do meu país. Tenho consciência de que existe corrupção em todos estamentos governamentais. Mas não me deixo levar por sentimentos inferiores ao analisar os acontecimentos que nos causam revolta. Nunca, desde tenra idade imaginei viver em um um país que fosse semelhante ao Eden bíbilco, que tudo fosse pureza. Deixo contigo esse sonho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *