Aécio: “Temos que refundar o PSDB”

Helio Fernandes

Enquanto se diverte entre Minas e Rio, o ex-governador poderia pelo menos manejar um dicionário no avião, e acertar nas palavras, já que não acerta nos objetivos políticos e eleitorais.

Não é refundar, senador, é AFUNDAR, e nisso ninguém foi mais brilhante e eficiente do que o senhor.

Baseado no fato de ser neto de Tancredo e ter apenas 50 anos, praticou excentricidades, a única que tinha mérito e sentido foi a “exigência” de convenção para o PSDB escolher o presidenciável. Riram na sua frente, nem responderam. E o senhor aceitou.

Agora quer mudanças, depois de perder tudo fora de Minas? Pretende ser presidente do Senado? Já ouvi comentários de vários: “O derrotado foi ele, mais do que Serra, e quer começar presidindo o Senado?”

E alguns, até candidatos, justificavam: “O PMDB vai perder a presidência da Câmara para o PT, seria espantoso que perdesse a do Senado para um oposicionista”.

É verdade, compreensível, e Aécio não tem a menor chance. No ano passado, para Aécio “refundar” o PSDB, significava mudar para o PMDB. Que até aceitava. Mas quando Lula “fechou” com Dona Dilma, esqueceram o neto de Tancredo. Dá para lembrar imediatamente?

***

SARNEY QUER CONTINUAR

Pretende permanecer na presidência do Senado, mas mesmo dentro do PMDB, tem concorrentes. Uma vez, na terça-feira (feriadão dos mortos) e outra vez, ontem, telefonou para Lula. “Ele não está”. Pelo menos foi o que disseram, e o presidente (ainda) não retornou.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *