Afinal, por que Bolsonaro luta tanto para destruir a imprensa brasileira?ar no “dono do Brasil”

Charge do Adnael (Arquivo Google)

Carlos Newton

Em momento extremamente oportuno, o comentarista Andr Cardoso envia Tribuna da Internet a notcia de que Federao Nacional de Jornalistas (Fenaj), que congrega sindicatos de comunicao social de todo o pas, denuncia que o presidente Jair Bolsonaro vem atacando profissionais jornalistas e a prpria imprensa, por meio de discursos, entrevistas e postagens em mdias sociais, ao menos duas vezes por semana, mas ultimamente radicalizou esse discurso.

“At 31 de outubro, foram 99 declaraes vistas como ataques a jornalistas (11 ocorrncias) e descredibilizao da imprensa (88 ocorrncias), que visam a deslegitimar o trabalho jornalstico, colocando a imprensa e os jornalistas como adversrios polticos, ou descredibilizando o trabalho de profissionais e veculos, diz a Fenaj, em nota oficial.

OBJETIVO – Com tal estratgia, o que pretendem Jair Bolsonaro e os filhos (ele jamais age sozinho)? O que almejam desacreditar os profissionais da imprensa, principais formadores de opinio do mundo contemporneo, para que sejam substitudos pelos amadores que operam nas chamadas redes sociais e que hoje se julgam jornalistas, vejam a que ponto chega a infantilidade dessa gente.

O jornalismo uma profisso de grande responsabilidade social. Para se tornar um formador de opinio, o reprter passa por um filtro. Pela excelncia do trabalho, torna-se redator, depois editor e somente quando demonstra especiais aptides que se transforma em formador de opinio, ao atuar como colunista, editorialista ou articulista. uma longa jornada.

AUGUSTO HELENO – A surpresa ver o mais importante ministro da Repblica fazer coro a esse posicionamento da famlia Bolsonaro. Em entrevista por telefone com o jornal Estado, no dia 31 de outubro , ao ser questionado sobre a declarao do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) acerca do novo AI-5, vejam o que o general Augusto Heleno respondeu:

No ouvi ele falar isso. Se falou, tem de estudar como vai fazer, como vai conduzir. Acho que, se houver uma coisa no padro do Chile, lgico que tem de fazer alguma coisa para conter. Mas at chegar a esse ponto tem um caminho longo.

Em seguida, questionado sobre os protestos no Chile, Heleno teceu duras crticas imprensa:O que a imprensa noticia normalmente no a verdade. Isso a gente j se acostumou no Brasil. Notcia de jornal, televiso, toda manipulada. A favor ou contra ao que interessa quele canal. At os sites de redes sociais so manipulados, disse, acrescentando No tenho ainda informaes seguras sobre o que houve no Chile. Hoje em dia no acredito em nada da imprensa. A imprensa hoje, eu falo com muito receio que tudo com segundas intenes.

DECEPO – Pessoalmente, o editor da TI tinha grande apreo pelo general Augusto Heleno, que atraiu muitos votos para Bolsonaro. Hoje, o militar s desperta decepo. como se fosse um boneco de ventrloquo manejado pela famlia presidencial. Repete as asneiras do cl Bolsonaro com a prpria voz, jogando no lixo sua antiga imagem de grande chefe militar.

O fato concreto que jamais algum jornalista ou rgo de imprensa deturpou qualquer declarao desse leviano Heleno, que deveria ter mais discrio, ser comedido e veraz, seguindo o exemplo do ex-comandante Eduardo Villas Bas e do vice-presidente Hamilton Mouro, que nunca demonstraram serem ulicos de nenhum governante, merecem ser considerados generais de verdade.

Tenho apreo tambm pelo general Santos Cruz, que se portou no governo com a eficincia, a altivez e o nacionalismo que caracterizam os grandes chefes militares. Foi demitido de forma torpe, por causa de uma mensagem forjada em seu nome que ele jamais transmitiu. Mas quem se interessa?

###
P.S. – Pobre Brasil! Se depender desses militares que cercam Bolsonaro, o gigante continuar deitado eternamente em bero esplndido. (C.N.)

71 thoughts on “Afinal, por que Bolsonaro luta tanto para destruir a imprensa brasileira?ar no “dono do Brasil”

  1. Querem saber o motivo eu vou dar o caminho da resposta,tirem suas concluses.Vejam a fala de Bolsonaro sob um tema especifico em uma declarao gravada.Depois verifiquem em diversos sites como a mesma entrevista foi publicada.A resposta est ai.

  2. “Princpios Editoriais do Grupo Globo:

    seo II, item 2,

    h, A privacidade das pessoas ser respeitada, especialmente em seu lar e em seu lugar de trabalho. A menos que esteja agindo contra a lei, ningum ser obrigado a participar de reportagens.

    i da mesma seo abre a seguinte exceo: Pessoas pblicas celebridades, artistas, polticos, autoridades religiosas, servidores pblicos em cargos de direo, atletas e lderes empresariais, entre outros por definio abdicam em larga medida de seu direito privacidade.

    Alm disso, aspectos de suas vidas privadas podem ser relevantes para o julgamento de suas vidas pblicas e para a definio de suas personalidades e estilos de vida e, por isso, merecem ateno.

    Cada caso um caso, e a deciso a respeito, como sempre, deve ser tomada aps reflexo, de preferncia que envolva o maior nmero possvel de pessoas.

    • A ameaa crescente ao jornalismo ao redor do mundo

      Publisher do New York Times alerta que em muitos pases jornalistas esto sendo alvo devido ao papel que desempenham na garantia de uma sociedade livre e informada

      “Em todo o mundo, uma campanha incansvel tem como alvo jornalistas devido ao papel fundamental que desempenham na garantia de uma sociedade livre e informada.
      Para impedir que os jornalistas exponham verdades desconfortveis e responsabilizem o poder, um nmero crescente de governos se engaja em esforos abertos, s vezes violentos, para desacreditar seu trabalho e intimid-los ao silncio.”

      – A. G. Sulzberger*, Do New York Times
      24/09/2019

        • inc!!!!!!
          ANTONIO = censor recalcado que sobrou da dita dura do passado…
          Aquele que a tia CREUZA doutrinou na lousa, ou quadro negro, ou tabua de ensinar que pode ao mesmo tempo entortar e abestalhar a ponto de nao aprender nada, fica puxando recalque pra cima de terceiros…

          Nao interessa nem a imprensa…
          O problema brasileiro continua sendo a educao das pessoas.

  3. Arnaldo Jabor virou “comunista” por isso:

    Desde que ele [Bolsonaro] assumiu, as suas propostas so medocres, irrelevantes, como desobrigar o uso de cadeirinha para crianas, tirar radar das estradas, mudar a taxa de turismo em Fernando de Noronha, aumentar o prazo de carteira de motoristas, punir o fiscal que o multou h 10 anos, em suma, assuntos ridculos para a pauta de um Presidente da Repblica

    Acho que este vdeo de 20 segundos do Jabor (foi nos tempos da Dilma ou recente?), completamente mudo, exemplifica bem o ‘estado da coisa’:

    https://youtu.be/DPGjLGflwUo

    • Paulo Francis, com sua erudio e vulgaridade, nunca fez tanta falta, para esclarecer aos ignorantes que essa direita que se apresenta nada tem de liberalismo de direita, que nao passam de nazistas modernos, fazendo uso das novas mdias utilizando um palhao intil com tara de “garoto propaganda” para desviar o foco.

      Se a audincia das “lives” do Despachante Bozocrudio ditam o que o povo deve saber, entao essa afirmao de risco nazista est correta.

      Por princpio, no entro em redes como o Facebook, portanto no fao idia do tamanho da audincia que o despachante mr alcana nos seus vdeos live, seu “Hora da Brasilda” particular.
      O que vemos com isso um agente pblico, presidente da repblica pautando a si mesmo e impondomsua viso unilateral como unico fato passvel de credibilidade.
      Isso nazismo!
      Ainda mais quando se sabe que a ideologia vm de fora, a doutrina tem nome, endereo extrangeiro e cncer…

      Nao a imprensa que precisa ser calada, mas a doutrina que vm sendo implantada.
      Isso caso os quadrpedes que consomem informaes via redes sociais ainda tiverem conserto.
      Hitler s calou morto. Aprendemos com a ltima guerra?
      E nossa ditadura? Que sinal nos d o despachante quando venera o nico smbolos nazista dessa histria, o Ulstra?

      Hoje em dia, com a tecnologia, possivel fazer uso de drones, snipers qualificados para evitar toda a abrangncia, todo estrago proveniente de uma guerra….

      T sobrando cachorro louco e sumiram com o servio da carrocinha….

  4. “A grande imprensa” ,que de grande no tem nada , cria as expectativas e quer que elas sejam atendidas. Certamente, h muitos bons jornalistas com nsia de vmito ,mas precisam trabalhar e cumprir a misso que lhes delegada,caso contrrio, estaro demitidos. A “grande imprensa” conta com idiotas teis,mas estes esto cada vez mais escassos.

  5. O ltimo governo brasileiro a viver em lua-de-mel permanente com a imprensa foi o de FHC, que s era criticado pela Carta Capital e mais uma ou duas revistas de esquerda. E nem por isso o pas andou melhor. Os petistas brigaram com a grande mdia do incio ao fim, lembram do bordo “imprensa golpista”? De certa forma, Bolsonaro est dando seguimento briga dos petistas com a mdia, apenas com sinal ideolgico trocado.

  6. h tempo queria dizer essa verdade: leio somente a TI, at porque quando transcreve algo do estado, da folha ou assemelhados poupa-me $$$ com assinaturas e reportagens sem sexus, nexus nem plexus

  7. fato que a midia exerce grande influncia.
    Nao vejo as redes sociais com tamanho poder, isto , nao foi via midia social que mais de 50 milhes de brasileiros caram no conto do vigrio do Bozocraudio; e logicamente ele nao tm esse poder, nunca ter.
    O povo “chutou”, pra no perder para o PT.

    Graas a Deus a “Hora da Brasilda” que o despachante veicula via rede social no a lei deste pas.
    Fica no nivel de jornaleco tablide feito para manaco ver…

  8. A grande imprensa do Brasil fez muito por destruir sua credibilidade, independentemente dos defeitos do Bolsonaro e mesmo dos do petismo. A grande mdia se comprometeu assumindo posturas tendenciosas e tentando impor vises de mundo que no condiziam com a percepo do pblico. Quem tem mais de 40 anos pode lembrar como toda a mdia festejava a era FHC como sucesso absoluto enquanto as pessoas viam o desemprego crescer e se sentiam espoliadas pelas privatizaes. Da em diante foi ficando difcil levar a srio o que dizia a grande imprensa. A mdia tambm se comprometeu assumindo posies duvidosas, como quando tentou transformar Joesley Batista em heri nacional muito porque ele era um grande comprador de espao publicitrio, e ningum se preocupou em questionar a natureza e extenso de seus acordos com o PGR Janot, at que os fatos vieram a pblico por descuido do prprio Joesley. E no final das contas a mdia se descolou da realidade, como vimos na ltima eleio, em que praticamente toda a mdia se mostrou incapaz de entender o que estava se passando com o processo eleitoral, isso quando no tentou inventar uma realidade e imp-la de cima para baixo, como foi o caso da supercandidatura de Luciano Huck, o homem com 60% de aprovao popular que iria mudar totalmente o rumo da eleio (capa da Isto em 2017).
    A grande imprensa abalou sua prpria credibilidade, por seu prprio esforo. Da a ascenso de foras polticas direita e esquerda que no tem grande considerao por ela.

      • Infelizmente a nossa imprensa, se que ela pode ser chamada disso, pior do que o pior tablide do planeta.

        Desenhando:

        Quando a notcia desfavorvel aos seus desafetos a mdia a coloca por inteiro.
        Quando , ao contrrio, a notcia favorece o desafeto, ela o faz pela metade, para anular sua vantagem que ele teria com a outra metade. Isto quando a publica.

        J, as anlises de seus articulistas, que na sua maioria esmagadora, professam o credo esquerdista, so 99% partidrias .
        Quando aparece um honesto na turma, imediatamente expulso do emprego pela redao, como aconteceu h pouco com o Guzzo na Veja.

        E por a vai.

  9. Aqui na Inglaterra, no que tange a noticiar o povo, s ecziste um mtodo: controle total mediante censura.

    A TV paga, como se paga IPTU no Brasil. Se te pegam assistindo TV sem uma licena vai em cana.
    No existe rgo sexual feminino, mas t cheio de bingolim e pelos pubicos masculinos na telinha, por que ser?
    No ecziste sangue humano na TV, por mais trgico que tenha sido o acontecimento noticiado.

    O povo daqui foi doutrinado a ver o mundo por essa lente, mesmo tendo a grande midia jornalstica em pleno funcionamento fora da TV, os grandes jornais ingleses (Guardian, The Times, Independent, etc.).
    Mas a maioria s consome o papo furado, os escandalos e as fofocas dos tablides, destes que tem at espao no universo televisivo (the Sun, Daily Mirror, etc.).
    Nem mesmo os tablides mostram a realidade nua e crua aos leitores.

    Mas, h uma magica neste pas que compensa essa falta de informao, mgica essa conhecida por CONHECIMENTO.

    Aqui TODAS as crianas esto na escola, sendo educadas em periodo integral.
    Aqui o conhecimento extremamente valorizado, vide os programas educativos que a BBC e Channel4 produzem.

    Aqui, esta educao elevou a um patamar fora do comum duas simples palavras: PLEASE e THANKS.
    Com elas muitas portas se abrem, a sociedade funciona atravs delas, atenuando a presso do censor que assim passa desapercebida.
    dificil de explicar mas a populao vive o establishment sem notar o mundo exterior ao que foi ‘estabelecido’ como norma dentro da censura.

    Por outro lado impressionante ver a ignorancia desse povo. Tudo que a mdia nao veicula e, mesmo com uma BBC, nao sabem de NADA alm do que a ‘grade’ midiatica lhes mostra. Pergunte a um medico o que prpolis, a um jovem se assistiu Tarantino, parece estar falando javans pra eles….

    Ns, brasileiros, somos um caldeiro multicultural mil vezes mais “experimentados” que esses porquinhos cor de rosa daqui.
    Falta-nos essa ferramenta, a escola em tempo integral, para todos, o que certamente trar uma revoluo nunca vista na histria da humanidade.
    Justamente por esse multiculturalismo, nossas diferenas, conseguir definir o “caldo” desse caldeiro com educacao de qualidade nao nos transformar numa sociedade bitolada de porquinhos cor de rosa, sobre censura, consumindo tabloides.
    Isso nos transformar na raa que definiu o futuro da sociedade humana no planeta.
    At o conhecimento ingls sabe disso, quando viram o que aconteceu durante um ou dois anos de ventos favoraveis no governo Lula, com a tal distribuio de renda (fictcia) que tirou 20 milhes da pobreza, arregalaram os olhos, voltaram suas lentes pro Brasil esperaa da novidade.
    Mas deu no que deu, o Cristo que apareceu como um foguete lanado aos Cus na capa da Newsweek poucontempo depois apareceria como um lanamento falho que resultou em desastre…

    • Isto comeou com Margareth Thatcher, que consertou o Reino-Unido, que estava um caos devidos aos governos de esquerda que a antecederam, a ponto de coloc-lo a numa situao pior do que a boa e velha esculhambada Itlia.

    • Caro AndreBr.

      Do seu belo texto o par. 5extraio,esse diamante precioso,”Aqui todas as crianas esto na escola,sendo educadas perodo INTEGRAL”. BBC valoriza conhecimento etc…

      K. Maravilha,os ingleses valorizam o programa educacional implantado em 1957 pelo Governador do RS, Dr LEONEL MOURA BRIZOLA.

      Achei,que era s os tigres asiticos,que adotaram pleno educacional BRIZOLISTA.

      Enquanto isso,por,Aqui, no Brasil,os parvos continuam com suas blasfmias…

      Parabns AndreBr..

      Obrigado!!!
      Forte abrao..

      • Sabe que eu pensei na mesma coisa! Lembrei dos prdios escolares que o Brizola construiu (CIEPS ?) !!

        E agora, Bozocraudio decretando que o Governo, isto , o SERVIO PBLICO, e no o Game of Trouxas em que se encontra sentado num trono de churro, esse guvernu nao tem mais a obrigao de construir escolas!

        Imagine, tudo iniciativa privada!
        Imagine, CONDENOU 70% das crianas brasileiras a no terem escola por falta de dinheiro para pagar ensino privado!
        Imagine, um governo que joga a educao na PRIVADA !

        Em outro post um comentarista lembrou do Zelaya em Honduras…
        At um Zelaya da vida cuidou para que todas as crianas do pas tivessem escola….

        Esse Bozocraudio exatamente a desgraa nazista e perigosa que o Jabor denunciou antes das eleies…

        • Seu raciocnio me parece distante da lgica. Carece de consistncia fatual.
          Vamos aos fatos ento: o pais que ‘bolsocraudio’ pegou est destrudo pelas esquerdas.
          Destrudo significa falido. Com esse fato fica difcil fazer alguma coisa.

          Mas mesmo assim, a educao/ensino neste pas nunca valeu nada.

          Se aqui fosse a Austrlia, um pas anglo-saxo, que tem a metade da idade do Brasil….

      • Assis Chateaubriand,Dirios Associados,tinha um “poder” de “persuaso”,igual ou superior aos Marinhos da “organizao”globo.

        Diria,Dr.Brizola, os “intere’sses”, carregado no acento” ”.

        Cabe,aos nanicos,ser, os verdadeiros guerrilheiros da notcias.

        Sem os nanicos,no saberamos da coroa Brastel,da famiglia,Gilmar Dantas Barata.

      • Luiz, h um tempo, C.N. transformou em postagem meu comentrio com a experincia escolar que proporcionei aos meus filhos. Vieram pequenos para a Inglaterra, escola sempre em periodo integral, a primria foi uma de parceria estado-igreja.
        Tudo de primeira, nada faltou.
        O custo? Simblico,5 reais (uma moeda de 1), se enviasse mais devolviam!
        A aula acabava s 15 horas mas como a maioria dos pais trabalham havia mais atividade extra curricular at as 17 horas.
        E no fim do ano, por exemplo, por ter participado da atividade, aula de francs, ns ganhamos da escola uma viagem pra Frana, toda a famlia incluida se pagassemos 50 reais!

        Eis o motivo de eu estar exilado aqui… Sa assim que o Lula foi eleito…

        Vendo meus filhos hoje, na Universidade ou aprimorando conhecimentos em instituies de 130 anos (Rothamstead) que ao invs de falirem tornaram-se melhores centros de referncia, foram determinantes para suportar o exilio neste fim de mundo, quase que tranquilamente.
        Que no d pra engolir quieto esse pouco caso com a educao brasileira.

        • Fica pra pensar…
          Se D Pedro II tivesse o brio que faltou, teria educado melhor os republicanos que vieram por 130 anos transformando o Brasil nesse bordeu? At dinheiro da merenda escolar se rouba neste pas….

          E agora um lresidente rouba o direito educao porque UM tampinha neoliberal ACHA….

          • Ou, imagine se com 100 reais pudesse encaminhar seus filhos at completarem o segundo grau com tudo do bom e do melhor…
            No socialista de mo cerrada e foice que impede que isso ocorra no Brasil…
            essa zelite do Mario Jr que quer todo mundo mirrado, ignorante e pobre, para trabalharem de graa pra eles….

            O servio social, o governo, inexiste no Brasil.
            Pagamos caro pra assistir a esse Game of Trouxas beberem vinhos caros, comerem lagosta e esculhambarem com a vida das crianas brasileiras…

            Paulo Guebbels a morte.
            Bozocraudio vai matando a educao brasileira, com um MACACO de primeiro ministro representando o setor, e tem pobre de monte indo tirar selfie com esse palhao na padaria!
            UM OUTRO FIM DE MUNDO!

          • BR, se aqui fosse um pas capitalista como os EUA desde o sculo XIX, em que j era a maior potncia industrial do planeta, o dinheiro que isso traria dava e sobrava para a sade, educao e segurana.
            Mas em 35 , Getulio cria o Estado Novo, socialista-fascista e deu certo no captulo I, no II a turma do come quieto dominou e agora no III estamos usufruindo a desgraa dessa malfadada opo. Assim como a Argentina e o Mxico, que se deixaram levar tambm por essa farsa de justia atravs de um estado socialista.

            Margareth Thatcher, re ponsvel pelo que a Gr-Bretanha hoje: “O socialismo dura at acabar o dinheiro dos outros.”

            H pouco o primeiro-ministro da Dinamarca disse que seu pas capitalista, de economia de mercado, assim como a Inglaterra.
            Se l existem boa educao por isso, pela economia de mercado.

          • Man, a Australia a explicitao da decadencia do modelo economico mundial, a maior das bolhas, pronta para explodir, s sobrar p e nem sera necessria uma ogiva nuclear…

            O Brasil conhece essa raa, vimos acontecer a tragedia de Mariana, quando os responsaveis fugiram.
            Australianos, o lixo, lixo do lixo…..

  10. No considero a imprensa atrelada democracia ou vice-versa, tampouco essa importncia que ela se concede, ATUALMENTE!

    Ao longo do tempo a mdia se deteriorou, mudando a sua essncia e finalidade que seriam, em tese, deixar o pblico ciente dos atos de governo, contribuindo decisivamente transparncia sobre o comportamento dos poderes constitudos.

    A partir do momento que se mostrou em defesa de partidos e de governos, deixando de lado a sua imparcialidade e iseno, fatores fundamentais ao desempenho jornalstico, a perda da credibilidade foi a consequncia natural das informaes veiculadas de maneira enganosa, verdade adulterada, e preservao de interesses e convenincias dos grandes veculos de comunicao.

    Os poderes, inclusive, percebendo que poderiam amenizar as crticas contra as suas atuaes ou omisses, trataram de calar as vozes dissonantes ou reportagens negativas, criando a verba destinada propaganda de governo, publicao de suas obras, a elogios que enaltecessem a conduta dos poderes como correta e adequada ao pas e ao povo.

    A mdia se mostrou venal, absolutamente tendenciosa, em consequncia a perda de leitores e assinantes a cada ano, ao tomar partido poltico, ao se mostrar comprometida no mais com a verdade, mas com a vontade daqueles que a remuneravam muito bem, inclusive ao jornalista que fosse conhecido nacionalmente, caso tambm defendesse o partido e seu presidente quando instalados no Planalto.

    Por incrvel que parea, um dos motivos da crise da mdia contempornea o excesso de informaes.
    Os grandes veculos de comunicao podem at ter trazido uma certa pluralidade e diferentes vises ideolgicas sobre determinados acontecimentos, porm em meio a tantas informaes o pblico acabou se perdendo sobre o que verdadeiro e falso, gerando uma indstria chamada fake news, onde informaes falsas com apelo emocional ganham um pblico enorme e fiel que difundem as ideias sem contestar aquilo que foi divulgado, e espalham boatos que colaboram com a crise na mdia atualmente.

    Curiosamente, a defesa pela liberdade de imprensa gerou o monstro que hoje a engole, e diminui a importncia da notcia, ocasionando o desinteresse atual do povo:
    As centenas deredaes nas redes sociais, onde o comprometimento poltico com a esquerda ou com a direita conduz o espectador sua preferncia ideolgica, tem sido uma das causas que vem tirando da mdia leitores e assinantes.

    No h tantos motivos para acreditar que a mdia possa melhorar no futuro. A tentao do pblico pelo fenmeno fake news, a preferncia pela velocidade da notcia ao invs da qualidade, as demisses nas redaes provam que a imprensa atual no descobriu uma forma de resolver seus impasses, tanto internos quanto externos.

    Tais fatores geraram um crculo vicioso, pois o fake news atraindo mais interesse do pblico ocupa o espao das mdias nos dias de hoje, e que antes eram de grande credibilidade.
    O resultado que o pblico se torna cada vez menos crtico, aceitando qualquer notcia como verdade e diminuindo o papel do jornalista.

    No acredito que Bolsonaro queira acabar com a imprensa nacional.
    Tenho para mim, que a sua luta no sentido de que a mdia aja com independncia, porm sendo verdadeira, e no criando fatos ou situaes que no correspondam realidade.
    E no quer mais esta dependncia por verbas oficiais, motivo das crticas exacerbadas contra o presidente, que tem diminudo as verbas nessa rea, antes havendo fortunas incalculveis distribudas aos veculos de comunicao mais importantes do Brasil, levando ao povo informaes amenas, e o fim melanclico do jornalismo investigativo.

    A diminuio da figura jornalstica vem ocasionando falta de interesse pela rea, e assim temos menos profissionais que queiram seguir essa carreira brilhante, a ponto que so os grandes nomes de jornalistas experientes e com muito tempo de atuao, que ainda renem uma certa credibilidade sobre o que publicam e informam.

    A guerra entre o governo federal e a mdia pode ser resumida facilmente:
    Enquanto o primeiro se negar a entregar verbas substanciais para a mdia se sustentar com o poderio que atingiu, a Rede Globo, por exemplo, e Bolsonaro exigir a verdade sem dar nada em troca imprensa, o impasse vai perdurar por muito tempo.
    Em consequncia, as fake news vo tomando conta do pas, sendo publicadas e distribudas pelas redes sociais em velocidade espantosa, onde a verdade o que menos interessa, pois o boato muito mais atraente e mais causa emooque a notcia real sendo veiculada.

    A imprensa, por outro lado, criou para si mesma dois poderosos inimigos, sem que tivesse se dado conta do perigo que corria:
    A verdade sendo devorada pela falsa informao;
    A liberdade de expresso sendo usada pelas redes sociais divulgao de notcias e informaes que a mdia no publica, e no interessando se verdade ou no.

    • Meu amigo, seus textos so incrveis. Obrigado.
      Como eu dizia numa outra matria: a grande imprensa que no tem nada de grande cria as expectativas e quer que elas sejam atendidas.
      Hoje,realmente,cones como o Alexandre Garcia tem desempenhando um papel importantssimo para a salvao da boa informao e do bom jornalismo.
      Forte abrao

      • Meu caro Ricardo Lima,

        Eu que devo escrever obrigado por leres meus textos.

        No caso em tela, nenhuma coisa e nem outra, ou seja, Bolsonaro mesmo que quisesse no conseguiria destruir a imprensa, e a mdia atualmente deixou de ser isenta e imparcial, e demonstra o seu comprometimento ideolgico nitidamente.

        Basta fazermos uma retrospectiva da mdia nos ltimos anos, e a concluso a perda de credibilidade por culpa da prpria imprensa, razo pela qual a diminuio substancial de leitores e assinantes.

        Evidente que esta situao no boa para o Brasil.
        A mdia ao longo dos anos tem dado a sua parcela de colaborao para o povo e pas de forma elogivel, e algumas vezes foi decisiva na elucidao de opacidade do governo com relao aos cidados brasileiros.

        Mas, como o nico fator que suplanta a ideologia o dinheiro, a imprensa com a ascenso de Lula ao poder se viu gratificada pecuniariamente pelo PT, de modo que elogiasse e enaltecesse os feitos petistas, em consequncia, deixando de lado os crimes praticados pela quadrilha chefiada por Lula e demais aliados polticos.

        Se, antes, a mdia se notabilizava pelas investigaes, pelos furos de reportagens, nos ltimos 20 anos vem se caracterizando em “blindar” quem lhe interessa e convm.

        Foi justamente nessa brecha entre a verdade e a omisso, que as redes sociais comearam a substituir a mdia, surgindo blogs identificados com a esquerda e blogs favorveis s polticas que criticavam o comportamento da base aliada do governo na era do PT.

        Quando Bolsonaro se candidatou presidncia, a festa nas redes sociais foi espetacular, e foi justamente esse fenmeno da comunicao e sua velocidade quase que instantnea, a razo pela qual Bolsonaro foi eleito.

        No pela imprensa tradicional, dos grandes veculos de comunicao, no, mas pela unio do povo atravs do micro em busca de uma opo diferente politicamente para o Brasil, pois o PT, assim como a mdia, apresentavam fadiga junto ao povo.

        Um forte abrao.
        Sade.

  11. A formao do jornalista hoje ativista de esquerda. um pr-requisito para se formar. Quem questiona algum postulado ideolgico dentro da faculdade boicotado tanto nas matrias como na sociabilidade universitria. Quem negar isso esquizofrnico ou ignorante do processo.
    Isso continua de forma mais velada ou explcita nas editorias, dependendo do pblico que o veculo pretende atingir. Mas sempre puxando a sardinha para seu objetivo grasmciniano.
    Repito, quem nega essa caracterstica no jornalismo brazuza esquizofrnico.
    Isso gerou uma desconfiana da populao em relao ao noticirio que, com as redes sociais, se intensificou. Quem disser que l uma notcia acreditando piamente que o jornalista est informando sem vis ideolgico est vivendo no mundo de Alice.

  12. QUANTA M VONTADE…

    A mdia tradicional est em dificuldades para entender as mudanas ocorridas.
    Eram os donos da verdade, manipulavam Informaes ou distorcem contedos.
    Elegiam polticos (presidente) e ditavam moda.
    E tudo se agrava quando no recebem mais aquelas gordas verbas publicitrias. O presidente Jair Bolsonaro no acusa toda ela, inclusive, fala que existem as excees, no que concordamos. E realmente existem. de verdadeiros brasileiros interessados em informar a populao sem fugir s origens verdadeiras da notcia. Esses contribuem enormemente para aperfeioamento da democracia.
    Lamento que o editor, a quem admiro, sempre aproveite para tirar uma casquinho e falar mal do governo Bolsonaro.
    Todavia as conquistas da populao nesse governo aparecem todos os dias.

    queda de juros, retomada de obras paradas nos governos passados, credibilidade internacional, incremento do comrcio com China (nosso maior parceiro econmico), fim de DPVAT, e tem mais, apenas para ficar em alguns avanos:

    – Toyota anuncia R$ 1 bilho em investimentos graas ao programa de valorizao dos biocombustveis do governo. Estmulo agricultura familiar;

    – Depois de abrir mercado de carne para a Indonsia, ampliar para a China e introduzir o leite brasileiro e seus derivados no Egito, o Ministrio da Agricultura fecha acordo com a Arbia Saudita para exportao de frutas, castanhas e derivados de ovos;

    – Fim da obrigao de simuladores, queda no nmero de horas necessrias de aulas prticas;

    – Um ms aps determinao de suspenso do uso de radares mveis em rodovias federais, dados da PRF apontam que, em agosto, o nmero de multas caiu 64% em relao mdia do primeiro semestre e o nmero de mortes tambm;

    – Sancionada a lei que garante aos produtores rurais a posse de armas em toda a propriedade;

    – MP DA LIBERDADE ECONMICA SANCIONADA mais um passo para tirar o estado do cangote (sic presidente) de quem trabalha e produz gerao de empregos e economia;

    – RODOVIAS: O Ministrio da Infraestrutura com apoio do Exrcito Brasileiro no para nem nos finais de semana na construo e correes das BRs;

    – MENOS GASTOS PBLICOS: Reviso de contratos e gerao de energia solar diminuindo custos em at 90%. Instalao de micro usinas fotovoltaicas nos prdios anexos da Esplanada dos Ministrios e outros.

    E muito mais. Basta ter boa vontade e aceitar os avanos promovidos nesse governo.

    Fonte: https://www.tercalivre.com.br/

    PS: Pode deletar esse comentrio tambm. Embora no precise de autorizao.

      • Pura Mentira!
        A ANEEL resolveu taxar a energia solar.
        Os preos do sistema haviam baixado proporcionando retorno do investimento em 4.5 anos.
        Com a taxao foi para 7.5 anos…

        Encontre UMA rodovia consertada….

        Que estimulo a Agricultura Familiar ???

        Liguei pro CATI em So Paulo, me disseram que NEM AGRICULTURA FAMILIAR se chama mais….

        Queda de juros, ja olhou o dolar?
        A libra est 5.41 hoje, patamar mais alto em um ano…

        Arma pra produtor rural significa atrativo de BANDIDO na roa….

        Agosto ja voltou todo mundo das frias, logicamente cai o indice…

        MENTIRAS, MENTIRAS do Game of Trouxas.

    • Sr. Clementino dos Santos…
      “Menas”verdades…

      Esses acordos com a China, os rabes, com Brincs. fruto do Governo Geisel,consolidado no governo Lula,pelo contestado Marco A.Garcia.

      Quase foi pro saco os acordos comerciais com sia, oriente.
      Se no fosse a rasteira do psicopata Donald Tramp,aplicou ao cl Bolsonaro..

      Pagou o mico,teve q.fazer viagens s pressas Arbia Saudita e China e se retratar.

      De outra banda,
      Senhor sabe muito bem,esse corte verbas publicitrias para Globo,no programa de governo.
      Sim,resposta ao caso Queiroz/vizinho do condomnio.

      confundas taxas Selic,com altas juros bancrios pra ns imortais,desemprego em alta,enxugamento dos direitos dos trabalhadores, as benesses aos amigos da corte..

      Resto torneio de retrica..

    • Quanta abobrinha…
      Cresci indo toda semana na casa do Ancora da Record, curtia muito ver os trofeus Roquete Pinto na sala…
      Acredito que, se fosse vivo hoje, mandaria a merda os canais que fazem pornografia noticiosa sobre o atual governo…

      • Pornografia noticiosa A FAVOR do governo, a esses que me refiro…

        O bom saber que NUNCA conseguiro dominar os meios midiaticos com suas mentiras, s enganam os crentes e os desenganados que tm esperana no ze parmito, um incompetente inconsequente…

  13. “O jornalismo uma profisso de grande responsabilidade social.”
    Por acaso isso que vemos diariamente nas ditas “grandes mdias”?
    Na verdade, o que vemos o ataque sistemtico ao PR. A eles s interessam as notcias ruins. Por que no divulgam tambm os avanos que o pas veem tendo na economia, infraestrutura e outros?
    Responsabilidade social defender o pas e no apenas atirar pedras.

  14. “Defendo um Estado pequeno e forte e o que me parece que o que vocs tm no Brasil exatamente o inverso, ou seja, um Estado grande e fraco.”

    Margaret Thatcher

      • A diferena aqui a educao.
        Nos tempos da Thatcher voce podia meter a bota na cara de um policial e se fosse ele estivesse errado era mandado at sua casa pra pedir desculpas.
        O brasileiro toma sola na cara de.vagabundo fardado e fica com o mico…
        Com o fardado sentado no trono de churro a mesma coisa….

        Algum j encontrou o que ou quem so os caadores que esse maluco menciona no projeto de liberao das armas?
        Ecziste caa legalizada no Brasil?
        Nunca ouvi falar…
        Ser que milcia?

        • Seus comentrios carecem de substantivos.
          So s adjetivos.

          A realidade substantiva dos fatos que Thatcher mudou o estado ingls, trocando a nefasta ideologia socialista, por um estado liberal, de economia de mercado, que hoje todos dele usufruem, inclusive vc que cospe no prato que come.

          • Disse o brasileiro por opo!
            Aquele que nega at Deus por ter nascido brasuca

            Voce no faz ideia do que o mundo anglo-saxo, ignorante….

          • No, muito pelo contrrio, eu vivencio e compreendo, voce sonha com o que te incutem na sua cabeca…
            Ctico o cacete, bitolado, crente da carochinha….

  15. Ataques Full Time, 24/7, 11 meses ininterruptos, aps corte de verbas publicitrias, reportagens tende ciosas sobre a vida pregressa do parentes da 1a.dama, infiltrao de falso homossexual pela revista poca, acabaram com a vida de um trabalhador tentando acusar participao na morte de vereadora, vileza total, esperavam qual reao?Chora e esperneia, apelem ao STF, a OEA, a ONU, ao Conselho Jedi!

  16. A diferena entre vc e eu que vc um idealista e eu ctico.
    No acreditando em ningum, nem em mim mesmo, busco apenas fatos e resultados concretos no que tange a condio de vida em pases, que os classifico em pior e menos pior.
    Como idealista vc vive o absoluto, o “bem” e o “mal”, estabelecido numa ideologia ou religio poltica.

      • A comear do fato que o Reino Unido ficou bem menos pior com Thatcher do que a que deixou seu antecessores: pior que a esculhambada Itlia, que os ingleses no simpatizam. Se no fosse ela, o RU no seria o que hoje. Ela revolucionou, mudou, transformou o estado miservel socialista que foi no pas de hoje.
        FATO.

  17. “OBJETIVO Com tal estratgia, o que pretendem Jair Bolsonaro e os filhos (ele jamais age sozinho)? O que almejam desacreditar os profissionais da imprensa?”

    Vamos inverter, com tal estratgia o que pretende os profissionais da imprensa em desacreditar o governo Bolsonaro a todo momento?

    Quanto a Tribuna da Internet, se houvesse aqui algum comentarista que o tempo todo atacasse o editor, no importando qual assunto divulgado, que pegasse o senhor Carlos Newton para judas de quaresma?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.