Afinal, por que não existem ONGs estrangeiras no Nordeste?

Manoel Vidal

Faz sucesso na internet uma mensagem indagando por que existem milhares e milhares de organizações não-governamentais na Amazônia, sendo que grande parte delas tem origem estrangeira, mas no Nordeste praticamente não há ONGs. Confira o texto e veja que as comparações e contradições são impressionantes:

###
HÁ MAIS ONGS NA AMAZÔNIA DO QUE NA ÁFRICA

Vítimas da seca no Nordeste, quantos? 10 milhões. Sujeitos à fome? Sim. Passam sede? Sim. Subnutrição? Sim. ONGs estrangeiras ajudando: Nenhuma

Índios da Amazônia, quantos? 230 mil. Sujeitos à fome? Não. Passam sede? Não. Subnutrição? Não. ONGs estrangeiras ajudando? Cerca de 100 mil. Ou seja, há mais ONGs estrangeiras indigenistas e ambientalistas na Amazônia brasileira do que em todo o continente africano.

Provável explicação: A Amazônia tem ouro, nióbio, petróleo, as maiores jazidas de manganês e ferro do mundo, diamanteS, esmeraldas, rubis, cobre, zinco, prata, a maior biodiversidade do planeta (o que pode gerar grandes lucros aos laboratórios estrangeiros) e outras inúmeras riquezas que dizem somar 14 trilhões de dólares, mas o valor real é incalculável.

Tente entender: Há mais ONGs estrangeiras indigenistas e ambientalistas na Amazônia brasileira do que em todo o continente africano, que sofre com a fome, a sede, as guerras civis, as epidemias de AIDS e Ebola, os massacres e as minas terrestres. Agora, uma pergunta: Você não acha isso, no mínimo, muito suspeito?

Por fim, o Nordeste não tem riqueza, por isso lá não há ONGs estrangeiras ajudando os famintos.

CONCLUSÕES

1) As ONGs não deveriam e nem poderiam ter subsídios do Governo. Aliás, nem deveriam existir, a menos que sofressem controle e fiscalização da sociedade.

2) Os impostos existentes, os órgãos públicos e os programas sociais são suficientes para equacionar e resolver (pelo menos, combater) todos os problemas brasileiros, se houvesse mais recursos.

3) Os desvios de verbas públicas, o mau uso dos impostos, o custeio excessivo da máquina pública e a corrupção, estes sim, mereceriam uma ONG para fiscalizar, denunciar e punir os responsáveis.

11 thoughts on “Afinal, por que não existem ONGs estrangeiras no Nordeste?

  1. RÚSSIA REFORÇA CONTROLE SOBRE ATIVIDADE DE ONGS ESTRANGEIRAS NO PAÍS
    O presidente russo Vladimir Putin assinou neste sábado uma lei permitindo atribuir a ONGs estrangeiras ou internacionais o estatuto de “indesejáveis na Rússia”, caso a atividade das mesmas seja reconhecida como prejudicial à integridade do país. O respectivo documento foi publicado no portal oficial do governo russo.
    Caso uma ONG seja classificada como “indesejável”, a mesma será proibida de abrir escritórios, divulgar materiais informativos, inclusive através da imprensa, bem como realizar projetos próprios na Rússia. Além disso, a organização terá seus ativos congelados no país.

    Segundo o Ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov: apoio dos EUA a forças antigovernamentais na Rússia é inadmissível. O não cumprimento destas determinações poderá ser punido com aplicação de multas, previstas tanto para pessoas físicas, quanto jurídicas. Além disso, o responsável pela ONG que der continuidade às suas atividades apesar da proibição, poderá enfrentar condenações de até 6 anos de prisão.
    Fonte: Voz da Rússia, 20/05/2015.

  2. Senhores,

    Vejam estes números sobre DESMATAMENTO DAS FLORESTAS NO MUNDO, em mil quilômetros quadrados, até o ano de 2005, geralmente usado como argumento para justificar o grande número de ONGs na Amazônia:

    -ÁFRICA: Cobertura original 6.799. Hoje restam 7,8%.
    -ÁSIA: Cobertura original 15.132. Restam 5,6%.
    -AMÉRICA DO NORTE: Cobertura original: 10.877. Restam 34,4%.
    -AMÉRICA CENTRAL: Cobertura original: 1.779. Hoje restam 9,7%.
    AMÉRICA DO SUL: Cobertura original 11.709. Hoje restam 54,8%.
    EUROPA: Cobertura original: 4.690. Hoje restam 0,3%.
    RÚSSIA: Cobertura original 11.759. Hoje restam 29,3%.
    Oceania: Cobertura original 1.431. Hoje restam 22,3%.

    -REPITO para os cínicos que têm os pés (e interesses) na Europa e que querem ensinar aos brasileiros como conservar as suas florestas:

    AMÉRICA DO SUL: Cobertura original 11.709. Hoje restam 54,8%.
    EUROPA: Cobertura original: 4.690. Hoje restam 0,3%.

    Onde estavam essas ONGs quando os testes nucleares eram realizados no Saara Argelino e no Pacífico Sul. Onde estavam esses ecologistas quando os milhões de animais e plantas foram FRITOS pela radiação?
    Recentemente os Estados Unidos e Coréia do Norte realizaram mais uma explosão nuclear, cada um. Onde estavam esses ecologistas?
    Por que não procuram salvar as florestas de coníferas?
    Ou as matas da Califórnia dos incêndios anuais?
    Vê se esse tipo de gente tem espaço em país sério Só mesmo aqui, CASA DA MÃE JOANA, qualquer um se torna “especialista” e “dono da razão” e tem o seu palpite publicado nos jornais como se fosse COISA SÉRIA, mesmo sendo o Brasil até hoje uma nação de economia “agropastoril.”

    Fonte: almanaque Abril 2014 e (raros) livros de geografia do ensino médio.

  3. Excelente artigo do Manuel Vidal e também o comentário do Francisco Vieira.
    Se os governantes defendessem os interesses nacionais, expulsariam todas essas
    ONGs estrangeiras, espiãs do Amazonas. Se o governo brasileiro não abrir o olho
    vão acabar criando um novo país dentro do Brasil. Já tem até nome: Nação Ianomami.

  4. A pior ONG- Organizações de Negócios do Governo é este sistema que aí esta, patrimonialista perdulário, burocrático quando querem, bataclã ao pares e extremamente nocivo ao erário, diz uma coisa antes das eleições e faz exatamente o contrário em proporções maiores o débâcle.

    • ONG no nordeste terá obrigatoriamente que aplicar os recursos pela necesidade do povo, assim sendo não poderão embolsar grandes quantias como é feito no norte e justificar fica muito mais dificil.

  5. Muito bom o seu artigo; estou interessado em fechar todas as ONGS que atuam no Brasil , eu sou do grupo patriota que está disposto a investir no Brasil Mais de 5 Trilhões de dólares !

  6. A matéria é interessante, mas esse boato de que não existem ONGs no nordeste está se espalhando bastante. Porém, basta uma pequena pesquisa para verificar que não é bem assim. Dê uma olhada nos projetos da BrazilFoundation.org. Existem vários deles no nordeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *