Agnelo Queiroz, um antigovernador que deixa Brasília no caos

Vicente Limongi Netto

O governador Agnelo Queiroz (PT), do Distrito Federal, deixará o cargo de maneira melancólica. Decepcionou a todos. Seguramente aos próprios correligionários. Tudo indica, pelo descalabro em que se encontra Brasília, que Agnelo não assimilou os golpes da avassaladora derrota sofrida nas urnas.

Resultado: a população está pagando impiedosamente pela incompetência administrativa e política do governador. Mais do que nunca, falta de tudo bastante, em todos os setores de atividade da cidade. O povo é prejudicado por greves de ônibus, os hospitais não têm médicos nem alimentação para servidores e pacientes, o lixo se acumula em todos os lugares, as escolas estão caindo aos pedaços.

O brasiliense é penalizado pela colossal ineficiência do governador e seguidores. É um escárnio que o bom senso não pode nem deve tolerar.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Sem contar os atos de corrupção de Agnelo Queiroz, que vêm desde os tempos em que era do PCdoB e trabalhava na Vigilância Sanitária (Anvisa), depois no Ministério do Esporte, até trocar de partido, entrar no PT e chegar ao governo do DF. É mais um dos novos ricos do PT e só falta trabalhar agora como “consultor”.(C.N.)

 

 

 

10 thoughts on “Agnelo Queiroz, um antigovernador que deixa Brasília no caos

  1. Portugal enviou o pior dna para colonizar o país, a merda estava na raiz e se espalhou, a avacalhação é quase geral e permanente.
    “…um antigovernador…….”
    “Suspeição sobre urna….”
    “…governo interfere na cpi….”
    “Justiça podre….”
    “….. um projeto difícil”
    “…contra a cassação….”
    “…armou defesa……”
    “Tcu alertou….”
    “….uma empresa que fraudou….”
    ” Gastos secretos….. batem recorde”

  2. Calma, Daniel:

    Aproveite e passe mais uma raiva:

    “A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) aprovou, nesta terça-feira (11/11), projeto que determina que estudantes com baixo rendimento escolar sejam incluídos em plano de recuperação especial. A proposta teve origem na Sugestão nº 12, de 2011, da “Jovem Senadora” Rafaela de Souza e Silva, participante do Projeto Jovem Senador. ”

    Veja bem que o objetivo do plano não é fazer o estudante aprender, nem melhorar a educação no país.
    O objetivo é EVITAR QUE O ESTUDANTE REPROVE.
    Por isso só ONzE POR CENTO dos estudantes que acabam o ensino médio sabem matemática. Com cota e tudo!
    Por isso temos tantos BURROS COM ANEL DE DOUTOR

    Agora, me diga: VSa conhece algum PAÍS DE ANALFABETOS que tenha ido para a frente?

    Abraços.

  3. A SER VERDADE QUE O PATRIMÔNIO DO SR.AGNELO QUEIRÓS CRESCEU 413% NOS ÚLTIMSO CINCO ANOS, ENQUANTO GOV ERNAVA O DF,FICA BEM EVIDENTE QUE ESSE PESSOAL DO PT ACREDITA QUE NÃO HAVERÁ PUNIÇÃO DOS CORRUPTOS, ESPECIALMENTE DEPOIS QUE O DOUTOR JOAQUIM BARBOSA DEIXOU O STF. PENSO QUE NADA LHE ACONTECERÁ.

  4. No texto, a face desnudada de um incapaz.
    Não tenho pena do povo de Brasilia, como não tenho pena de povo algum.
    Quem elegeu Agnelo? Quem entregou suas vidas ao Agnelo?
    Jogaram e perderam. Pois que paguem.
    Agnelo jogou e ganhou. Talvez com cartas marcadas, nas mangas e tudo mais.
    nestes momentos me pergunto: se a herança da viuva cresceu tanto, onde está a receita federal? A não ser que não tivesse nada.
    Quanto ao povo, o dia que acordarem, talvez batam com a cabeça no chão e criem juízo.
    Diriam nossos avós: bem feito!

  5. Senhores, na republica, os governantes (3 poderes) são eleitos pelo povo, portanto esse povo tem o governo que merece, o problema, é que o eleitor honesto e consciente, é o “pagador do pato” através dos impostos escorchantes, na entrega aos patifes de 5 meses e 20 dias de seu miserável salário, para serem roubados.
    Brasília ia eleger, um acusado, em 1ª votação, com fotos de recebimento de “grana” do cofre público roubado.
    Brasil, País com natureza rica, e povo pobre e miserável em todos os “campos” de vivência ou sobrevivência., se contentando com pão e circo, me engana que eu gosto.
    Essa situação, é na capital da república, imaginem, nos estados, conclusão: Falta Escola que ensine, as escolas, a partir da década de 1950, começo a ser destruída pelos governantes, para a formação dos currais eleitorais, que só se consegue com o analfabetismo e falta de cultura.
    Teremos mais 4 anos de desgoverno, os que venderam de alguma forma o voto por “tostões” não tem o direito de reclamar, já RECEBERAM SUA PAGA.
    A 3 MIL ANOS – Confúcio: ESCOLA NÃO É CUSTO, É INVESTIMENTO, E COM ELA, SE FAZ UMA NAÇÃO SOBERANA E JUSTA. Não é caso do Brasil!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *