Ainda sobre a entrevista de Dilma ao Jornal Nacional…

Vicente Limongi Netto

William Bonner foi inconsequente, arrogante e pretensioso, quase grosseiro e mau educado, na maior parte da entrevista do Jornal Nacional com a candidata Dilma.

Fantasiado de carrasco e patrulheiro, Bonner foi mal no quesito isenção. Primeiro, como entrevistador, Bonner se alongou demais nas perguntas. Falou tanto, pelos cotovelos, com um irritante ar de superioridade, que parecia ser ele o entrevistado. Indelicado e açodado, atravessava as respostas de Dilma, que, por sua vez, mesmo assim, não deixou nada sem resposta.

O petulante Bonner quebrou a cara. Imaginou que a presidenta ficaria intimidada com o tom agressivo, quase debochado, das perguntas do âncora do Jornal Nacional. Dilma mostrou-se tranquila e esclarecedora. Não admitiu galhofas. Nem de Bonner nem da inexpressiva Patricia Poeta. Coitada. Uma estagiária ficaria mais a vontade e teria participação menos obscura.

42 thoughts on “Ainda sobre a entrevista de Dilma ao Jornal Nacional…

  1. UM CASTELO DE JUDAS SUSTENTADO POR QUINTAS-COLUNAS. –De um dos filhos do jamais saudoso, Romeu Tuma, ex-jagunço da ditadura militar e ex-senador. Bem, o Tuma Junior fez uma publicação bombástica contra o Lula; bombástica para quem não conhece os tentáculos do polvo, primo do ex-presidente. No libero, o Tuminha acusa Luis Inácio da Silva de X-9 dos tiranos militares. Isso mesmo, que Lula fazia jogo duplo, e teria dormido várias noites no sofá do Xerife Romeu Tuma. Nunca Lulinha imaginou ser desmascarado na fase “pós-Tuma”. -Se a tal catilinária for verídica: quantos companheiros, verdadeiramente opositores, não foram assassinados ou desterrados graças às informações repassadas aos órgãos de repressão, pelo “correligionário traíra”, Lula? Como recompensa ou “cala-te boca”, durante o governo lulista, Tuma Junior foi contemplado com um alto cargo. -E Jair Meneguelli, apesar de promover tantos quebras-quebra, na vigência do regime totalitário, por que nunca levou uma taca?
    O extinto Miguel Arraes, outoproclamado caudilho, e avô do agora póstumo, Eduardo Campos. Quando, no auge da efeversência dos movimentos proletários, o coronel o que mais perseguiu o líder pernambucano, ao ser empossado como governador do seu estado, Arraes agraciou o oficial vedurgo com uma pasta de confiança. Relações estranhas, né?
    O certo é que os autênticos oponentes da ditadura foram dura e/ou mortalmente castigados; aqueles que aparentemente deram a volta por cima, eram apenas escroques e nada mais!

  2. Uma coisa é certa. Dilma Rousseff não é uma mulher qualquer. Só os muito fortes suportam tamanha oposição. Torço pela Dilma porque a força dela é muita maior que a pequenez de seus adversários. E torço também por Marina, para que o segundo turno seja entre duas mulheres lutadoras, que usaram suas habilidades para chegar no Poder. Quem era Dilma ? Quem era Marina ? Hoje, Quem é Dilma e quem é Marina. Mulheres poderosas, senhoras do destino do Brasil. As duas fortalecem o conceito de mérito.

    • Renato Lima afirma que : “Dilma Rousseff não é uma mulher qualquer”
      O Barba já tinha afirmado que o Sarney não é um politico qualquer.
      Faz-mi-ri.

  3. ” Dilma, que, por sua vez, mesmo assim, não deixou nada sem resposta.”
    Menos, menos, menos ….
    Quando perguntaram sobre o MENSALÃO ela sorrateiramente tirou o dela da reta ou seja também não sabia de nada a velho conversa fiada do seu mentor.

  4. Prezado Benigno Dias,
    QUE FRASE!
    Sintetizaste a História do Brasil do término da ditadura até os dias de hoje:

    “O certo é que os autênticos oponentes da ditadura foram dura e/ou mortalmente castigados; aqueles que aparentemente deram a volta por cima, eram apenas escroques e nada mais!”

    Os acontecimentos e as personalidades desses anos para cá falam por si mesmos.
    Aplaudo a tua conclusão, e corroboro amplamente o que escreveste com tanta propriedade!
    Minhas saudações.

  5. Não fez uma única pergunta que interessasse ao eleitor. Não ouvi nem de bonner nem da linda Poeta, uma pergunta sobre a plataforma de Governo.
    Como podemos ter uma imprensa tão desqualificada, e olha que eles são considerados os melhores.
    Depois eles criaram esses debates que não levam a lugar algum, sempre a mesma coisa. O candidato não tem que saber administrar, tem que fazer curso de falar ao vivo.
    Um monte de bobagens.

  6. Caro Limomongi, voce acha que a Dilma saiu-se bem…
    Alguem disse qu o “achar” é livre. O “interpretar”: tendências…
    Pois ela foi PÉSSIMA!!!!

  7. Bonner foi péssimo:
    esqueceu de perguntar porque a Petrobrás está destroçada
    porque Dilma fez sua maior obra em Cuba,
    porque o PT dá dinheiro pros castros e para tiranos da África.
    A transposição do São francisco
    A refinaria de Passadena.
    A refinaria Abreu lima

    Esse Bonner

  8. Sinceridade nua e crua: APENAS pelas entrevistas ao Jornal Nacional, NINGUÉM merece o voto.
    Todos são fracos.
    Nenhum vai mudar nada.
    Engane-se quem quiser.

    Saudações,

    Carlos Cazé.

  9. A entrevista mostrou que Dilma além de ser uma gestora incompetente continua despreparada, pelo menos nessa entrevista ao vivo conseguiu falar um português compreensível. O descalabro que foi o seu governo será duramente batido nos debates e quero ver o que ela vi responder… aliás, hoje no supermercado me recusei a pagar por um litro de leite UHT integral R$ 3,53 e a menos de um mês esse mesmo leite dessa mesma marca custava R$ 2,85. Realmente tudo vai bem quando se viaja em jatinho executivo Embraer de última geração, se come camarão e se trata no Sirio-libanês as custas do suor do povo brasileiro.

  10. Historicamente, critica-se os entrevistadores por falta de coragem. Quando aparece alguém que pergunta abertamente, sem medo, DEMOCRATICAMENTE, o que fazem: criticam também! Ridículo! No fundo, só há um interesse: que meu candidatozinho queridinho seja bem tratado nas entrevistas, só isso! Na verdade, Bonner perguntou pouco, e deveria ter questionado,por exemplo, sobre Pasadena, sobre Rosemary Noronha, etc, etc, etc. E quanto ao Aécio, ele deveria ter perguntado, pra grande surpresa de alguns que já declararam voto no psdb, aqui no blog, sobre os cem mil ( cem mil!!!) servidores contratados, em MG, em 2007, que ele EFETIVOU, TORNOU CONCURSADOS, PELA JANELA, SEM TEREM FEITO CONCURSO, e que, agora, ESTÃO SENDO DEMITIDOS, POR ORDEM UNÂNIME DO STF! CEM MIL! Sem dúvida, “modelo de gestão” é isso! Como se pode ver, o que não faltam são motivos para NÃO se votar em ninguém. Acordem! Ainda dá tempo! Abstenção completa, geral e absoluta!

    Saudações,

    Carlos Cazé.

  11. Prezado Casé, mas desta vez entre outras, tenho que discordar do você, pois é fundamental a alternância de poder e por isso se houver abstenção ou voto nulo, Dilma se beneficiará.
    Então vote no menos pior, que é Aécio. Ele errou, não cometeu crime, no aeroportinho de 6 milhões, mas o prejuízo do PT é de bilhões e foi crime mesmo. Já Marina ainda insiste em ir na contra-mão do mundo com seu fanatismo ecológico e/ou religioso.

  12. O formato nao ajudou. A Dilma jah tinha visto as entrevistas anteriores e nao se deixou enredar. Neste sentido foi beneficiada.
    PS: CN, seu e-mail mudou?

    • Não, Marcos Jorge, meu e-mail é o mesmo. Quem mudou foi o tradicional Igmail, que era igual ao gmail, mas sofreu uma “reforma” e nunca mais foi o mesmo…

      Abs.

      CN

  13. Amigos Tribunários
    Bonner e Patricia foram o que sempre foram: leitores de matérias. Quem espera mais, esperou milagre. Na mídia atual, poucos são aqueles que possuem capacidade, conhecimento e compreensão para perguntar, argumentar e responder. E os dois não estão no rol dos bons ou melhores.

    Dillma foi bem? Dillma foi o que é: enrolada, dissimulada. Enrolou os dois, o que é moleza e não respondeu nada, absolutamente nada. Projeto para o próximo mandato? Ouçam a musiquinha que diz: muita coisa por fazer, o que não deu para fazer será feito.

    O PT deixará, alem da maior corrupção da história, a maior herança maldita desde o descobrimento. Nisto superaram os governos de FFHH.

    Esta é minha opinião. Respeito quem entendeu diferente. Contudo, gostaria que repetissem as afirmações da “deusa do Planalto”.

    • Pedro, boa lembrança!
      Ela afirmou, peremptoriamente que, trocou o “um” pelo “dois” e depois o “dois” pelo “um”! Assim, ficou antes como o depois e o depois como antes. É uma doideira só.
      Perdoe dizer, ou ela “banalizou” o cérebro ou acho que a gente é trouxa.
      Isto é quase troca de casais! Os dois competentes e trocando de lugar? para que?
      Esclarecido? Para ela e seguidores, certamente que sim.
      Para nós, ainda levaremos um tempinho mais para entender.
      Abraço.

  14. Chega a ser engraçado vermos os puxa sacos dos Marinhos, com tom de voz ameaçador, não só com a Dilma, também com os outros entrevistados. Parece até que a emissora navega no mar da honestidade, tomando pra si a o direito de representar a sociedade brasileira nas questões da moralidade. Eu sinceramente não sei o que a Dilma, que lidera as pesquisas, foi fazer lá e também não entendi a serenidade da presidente, quando a mulher do diretor da Globo, a Poeta, lhe mostrou o dedo.

  15. Aquela palhaçada propiciada por aquela dupla de pau mandados ,após aquela grande afronta ao término da entrevista,com certeza veio com o recado dos patrões que aquilo era um grande teatro,como pano de fundo das maracutaia da emissora.Imagine se ela ao vivo,tivesse peito e pedisse a emissora o pagamento do Darf, até hoje fato nebuloso e vergonhoso Quem é essa emissora que confessou publicamente que apoiou e viveu da ditadura em falar de corrupção.Uma emissora que com certeza foi surrupiada de maneira vil e covarde por seu falecido pseudo proprietário,infelizmente o processo que se arrasta a décadas nos porões dos nossos tribunais.Eu tenho certeza se fosse um Brizola ou outro estadista, com certeza eles seriam convidados a se retirarem pelos seguranças do planalto,logo pós o começo da entrevista onde o entrevistador falou mais que o entrevistado.

  16. As questões levantadas acima pelos comentaristas simpatizantes do PT, Gilson e Luiz Fernando, deveriam ser dirigidas à presidente Dilma, e não criticar a Globo ou seus dois repórteres que a entrevistaram.
    E por uma singela razão:
    A Rede Globo é a que mais se beneficia dos vultosos gastos em publicidade do governo!
    Esta emissora que, FALSAMENTE, o PT tanto critica, na partilha dos gastos de propagandas enaltecendo o PT e seu governo é a que recebe a maior fatia.
    Mais a mais, Gilson e Luiz Fernando esquecem que Lula foi acusado de ser informante do DOPS, portanto, íntimo de TV Globo neste particular, pois AMBOS apoiaram a ditadura!
    Palhaçada é o que vocês dois fazem em agredir a Globo, se a presidente se sujeitou à entrevista e pelas razões apontadas porque a Dilma jamais deixaria de ter a sua imagem projetada por esta emissora diante do seu alcance nacional, além do dinheiro que lhe paga para divulgar o governo.
    E Dilma estava na situação de CANDIDATA, e não de presidente da República naquele momento, vale estabelecer esta diferença, caso contrário os demais postulantes sempre serão prejudicados no tratamento concedido à Dilma em relação a eles, simples.
    E, respeitosamente, vocês dois exageram, vamos e venhamos!

  17. Não vi nada demais, foi mesmo tratamento dado a Eduardo Campos, Aécio Neves e talvez outros candidatos, o que vi foi a enrolação de Dilma Rousseff, mais enrolada do que rocambole, não dizia coisa com coisa, quanto a arrogância, este é o estilo globo.

  18. Para os amigos navegantes e também os inimigos, deixei de assistir o (des)jornal nacional dos filhos bilionários do marinho em 1999…….
    De lá para cá nem chego perto desse jornalzinho de 5a categoria do lixo mídiatico….

  19. Que bom Armando, voce nos dizer o que faz. Sua vida pessoal é muito importante para nós e, estes argumentos que você usa para explicar o que faz ou deixa de fazer são da maior relevância para a cultura universal.
    Muito obrigado, viu?

  20. Armando,
    Vou discordar de ti, respeitosamente.
    A Globo, independente daquilo que comentam sobre ela, tem um padrão de qualidade inegável.
    Ela não é uma das melhores emissoras do mundo de graça. Sua programação está acima da média e, a imagem, é a melhor da América Latina!
    Não quero entrar no mérito político, mas uma emissora precisa atender ao apelo do público, razão pela qual o Faustão, as novelas, a diversão do povo.
    Mais a mais, a questão do ensino compete às escolas e, a educação, aos pais!
    Se a programação não está de acordo com os valores e princípios da família, que mudemos o canal, apesar da dificuldade que teremos de encontrar nas demais emissoras programas bons.
    Não estou defendendo a Globo, pois ela não me faz falta alguma. Não assisto novelas, muito menos o Faustão; não vejo futebol por ela, e os programas que gosto pertencem à TV fechada, então posso afirmar que sou isento neste aspecto de emitir a minha opinião sobre esta rede que chegou a esta posição pelo padrão incomparável.
    Se apoiando a ditadura; se honesta ou não; se uma fonte de alienação do povo; se intimamente ligada ao poder do momento, a verdade é que se trata de uma gigante internacional, que emprega milhares de pessoas, e não muito diferente no seu comportamento tão criticado que nossos parlamentares, igualmente avessos ao Brasil, à honestidade, decência, ética e moral!
    Acho extremamente difícil encontrarmos uma empresa deste porte neste País que não tenha seus pecados. Sejam eles de ordem tributária, de impostos em atraso ou até sonegados, de grande intimidade com as nossas autoridades, defendendo interesses financeiros e específicos.
    Acusar somente a Globo revela ser adepto da posição adotada pelo PT, que tenta culpar a mídia pelas críticas ao seu governo que, no entanto, sabemos que se trata de uma pantomima, haja vista a sinergia entre esta emissora e governo naquilo que querem transmitir aos incautos e incultos desta terra como verdadeiro!
    A meu ver, na razão direta que se critica a Globo, o mesmo deveria acontecer ao PT, pois ambos seguem lado a lado em busca de seus objetivos: a Globo por audiência e dinheiro do governo; o governo em busca de votos e que a Globo divulgue os seus feitos, mesmo que ilusoriamente.

  21. Dilma, como sempre, foi péssima!
    Suas respostas, lamentáveis.
    O âncora da TV Globo poderia ter sido melhor, mas lhe falta “estôfo”.
    Infelizmente a massa que compõe este nosso “povinho miserável” não lê e nem entende direito o noticiário político das TVs e emissoras de rádio.
    Com isto arriscamo-nos a suportar novamente o governo da quadrilha.

  22. Caros Newton, Bendl, Fallavena e demais colaboradores desta trincheira virtual de resistência ao império da mentira, entendo que as perguntas foram previamente acordadas. O pretenso tom “inquisitório” por parte dos entrevistadores, que teria indignado os petistas, foi tão somente mais uma obra da dramaturgia daquela empresa em conluio com o Partido dos Trambiqueiros. Cabe a dúvida: a Rede Globo é refém do PT ou o PT é refém da Globo? Em tempo, vejam que interessante essa pesquisa do SBT. Nela a presidentA não chega nem a 10% e Aécio tem 51%. Oportuno que seja amplamente divulgado para que os incautos aprendam como mentem os institutos de pesquisas que ocupam a grande mídia.

    http://sbt-canal.blogspot.com.br/2014/08/qual-sera-seu-candidato-presidente_43.html

  23. Caro Rodrigo de Carvalho,
    A Globo e PT são carne e osso, atrelados de forma inquebrantável.
    O teatro que fazem os sectaristas e petistas com relação a esta empresa é para que não seja tão escandalosa esta união, pois existe o aspecto do apoio à ditadura de ambos, e os dirigentes do PT precisam dessa empresa de comunicação para que os eleitores entendam que alguns dos membros do partido “lutaram” pela democracia durante o regime de exceção, e não por uma ditadura de esquerda!
    o PT sabe como poucos o valor da propaganda, da divulgação em massa, ainda mais contando com uma população inculta e incauta como a brasileira, que também o favorece pelo seu analfabetismo funcional, e qual seria a emissora mais capaz que a Globo para seus interesses neste sentido, de alterar a verdade?!
    A Rede Globo de Televisão simplesmente possui esta magia, de mudar a realidade quando quer, a comprovar as novelas que param a Nação em seus finais!
    Perder esta oportunidade por questões éticas e morais?! Logo para o PT?!
    Ora, na razão direta da ilusão que a Globo transmite ao povo em sua programação está a forma petista de obter resultados a qualquer preço, então PT e Globo se tornam homogêneos, inteiros, pois o objetivo é o mesmo: audiência e votos, que significam PODER!
    Um abraço, Rodrigo.

  24. Caro Bendi.
    Muito justamente, admiro e concordo sempre com seus comentários.
    Ponderados, justos, e francos. E sábios.
    Agora, a redação com o tratamento ti, tú , sempre na 2a. pessoa, é demais.
    Sempre gostei . Admiro os pampas, onde estive várias vezes.
    E, tambem, muito de sua gente.
    Tive um compadre, gaucho, se não me engano, de São Borja, padrinho de meu filho Marcelo, o médico Nelson Mendes Schustoff .
    O conhecí no Rio de Janeiro,onde ele residia, onde sempre nos encontrávamos.
    Isto, na década de 70
    Era muito brincalhão. Sempre gozava o sotaque mineiro, e eu, o gaúcho.
    Um abraço do Camilo

  25. Prezado José Camilo de Campos Silva,
    Muito obrigado pelas palavras incentivadoras.
    Acredito que a idade me obrigue a ser honesto comigo mesmo, em princípio e, em consequência, àquelas pessoas para quem escrevo.
    E tento ser coerente, autêntico, expressar verdadeiramente os meus sentimentos.
    Claro, existem agravantes. Por exemplo: a minha falta de cultura, conhecimentos, um português razoável, uma redação apropriada, enfim, condições para que eu possa ser compreendido.
    Limitado que sou, apenas abordo assuntos onde me sinto mais ou menos confortável, cuja experiência de vida que tenho – 65 anos incompletos – possa contribuir para a mensagem que quero deixar, e não porque decorrente da minha intelectualidade, que sequer a conheço!
    Mas, preciso que me digas se o uso da segunda pessoa do singular, característica do gaúcho, que escreveste ser “demais”, quer dizer que não aguentas mais pelos erros ou porque achas engraçado.
    Chê, me livra desta dúvida, por favor!
    O problema é que não sei usar o “você”, como o resto do País utiliza.
    Vou me perder, ainda mais que a minha lanterna é fraca, e posso enveredar por caminhos que me conduzirão para um breu mental que jamais sairei dele.
    Em outras palavras:
    Se agora, no ocaso da minha vida, velho, alquebrado, eu tentar mudar a forma de me comunicar, como já dizia o “velho guerreiro”, Chacrinha (quem não se comunica, se trumbica), vou me trumbicar, Camilo, meu caro!
    Porém, se para os leitores e frequentadores deste blog incomparável, eu estiver sendo irritante com esta maneira que escrevo, prometo me corrigir, mas vou pedir paciência e compreensão, a tua, principalmente.
    Aguardo ansioso teu retorno sobre esta colocação.
    Um abraço forte e caloroso, Camilo.

  26. Boa noite, Francisco Bendi.
    O uso da segunda pessoa do singular, como você disse, é característica do gaúcho.
    E quando eu disse demais, queria dizer : LINDO ! LINDO!
    Outra : gostei do ”chê”. Não fique na dúvida.
    Eu, com meus 78 setembros, com base somente no curso primário, admiro muito justo e perfeitamente, aqueles como você, (ou como tú),
    que nos dão exemplos e lições de autencidade.
    UAI !
    Um fraternal abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *