Aleluia, irmão! Esta semana não teremos Bolsonaro dizendo asneiras no cercadinho

Bolsonaro foi abandonado. É a hora da trégua - Moisés Mendes - Brasil 247

Bolsonaro ficará no Alvorada até domingo, pelo menos

Ingrid Soares
Correio Braziliense

O secretário de comunicação do Palácio, André Costa, divulgou nesta quarta-feira (22/9) as diretrizes adotadas pelo governo após o diagnóstico positivo para covid-19 do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que integrou a comitiva presidencial a Nova York na Assembleia-Geral da ONU. Ele afirmou que a comitiva foi orientada a permanecer em isolamento pelo período de 14 dias, seguindo o Guia de Vigilância da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segundo André Costa, contudo, no 5º dia após o último contato com Queiroga, o grupo realizará um novo teste PCR e, caso o resultado seja negativo, será liberado do isolamento, permanecendo em acompanhamento médico até o 14º dia.

EM ISOLAMENTO – Ele ressaltou que a comitiva que retornou ao pais encontra-se assintomática e realizará novos exames entre sábado à noite e domingo.

“De acordo com esse guia, essas pessoas permanecerão em isolamento e, no 5º dia útil, como foram apenas contactantes, após o ultimo contato com a autoridade, serão submetidos a um novo teste de RT-PCR. Sendo negativo, a pessoa encontra-se liberada do isolamento e será acompanhada por um médico até o 14º dia. Permanecendo assintomática, está descartado o caso de covid”, apontou.

As medidas valem para todos os integrantes da comitiva.

“O presidente está no Alvorada, totalmente assintomático e seguirá essa orientações. São cinco dias contados do último domingo. Logo, sábado à noite ou domingo pela manhã é feito um novo exame”, acrescentou, relatando que o último contato da comitiva com o ministro ocorreu na terça-feira (21), antes do retorno ao Brasil.

QUEIROGA FICOU EM NY – Ele destacou ainda que cerca de 50 pessoas, incluindo o Escav, o grupo precursor de viagens do presidente, por medida de precaução, foram submetidas às mesmas regras. Já Queiroga cumpre 14 dias de quarentena na cidade americana.

Após a chegada ao país, o chefe do Executivo seguiu diretamente para o Palácio da Alvorada onde participou à tarde, por meio de videoconferência, de uma reunião com Pedro Cesar Sousa, subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência. O chefe do Executivo também cancelou uma viagem no Paraná depois de receber da Anvisa uma recomendação de quarentena.

SEM MOTOCIATA – A Secretaria de Comunicação chegou a divulgar a participação de Bolsonaro em Ponta Grossa, onde compareceria a uma solenidade de entregas do governo federal ao estado. Posteriormente, ele jantaria com empresários em Castro. Também havia a expectativa de uma motociata no sábado (25), em Piraí.

Além do presidente Jair Bolsonaro e de Queiroga, fizeram parte da comitiva a primeira-dama Michelle Bolsonaro, os ministros general Augusto Heleno (GSI), Anderson Torres (Justiça e Segurança Pública), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral), Gilson Machado (Turismo), Joaquim Leite (Meio Ambiente), Carlos França (Relações Exteriores); o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ).

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Aleluia, irmão! É um alívio saber que ficaremos até sábado sem o presidente da República bater o ponto no seu cercadinho, onde diariamente ele debate os problemas do Brasil e do mundo com um público altamente intelectualizado. Teremos alguns dias de sossego no festival de asneiras. Como dizia Vinicius de Moraes, que maravilha viver! (C.N.)

10 thoughts on “Aleluia, irmão! Esta semana não teremos Bolsonaro dizendo asneiras no cercadinho

  1. Autor desconhecido.
    O presidente Bolsonaro convidou o papa para almoçar num barco para desfrutar as belezas do Rio de Janeiro, e o papa aceitou. Durante o almoço, uma ventania levou o chapéu do pontífice jogando-o na água.
    A tripulação e os serviços secretos organizavam um barco para ir buscá-lo, quando o Capitão Bolsonaro interveio, dizendo:
    “Deixem, rapazes, eu vou buscar.”
    – Bolsonaro desceu pelo lado da embarcação, andou sobre a água na direção do chapéu, pegou-o, caminhou de volta sobre a água, subiu e entregou ao papa o seu chapéu.
    Todos presentes ficaram sem palavras. Ninguém sabia o que dizer, nem mesmo o papa.
    Mais tarde, NBC, CBS, EL PAIS, LE MONDE, NYT, MSNBC, FOLHA DE SP, GLOBO E GLOBO NEWS e todos os membros da imprensa já sabiam como cobrir a história.
    A manchete da notícia foi a seguinte:
    “Bolsonaro não sabe nadar!”

    • Che, mas os bolsonaristas precisam ser mais discretos!

      Ontem, Marcelo postou que Bolsonaro era o Deus no comando do Brasil;
      Hoje, Pimenta registra que o presidente é Jesus!

      Quero ver o que vão dizer amanhã, que é sexta-feira, só quero ver …

      • Isso é uma anedota.
        Mas, será que vou ser sempre ser assediado por minhas postagens?
        Quem fez foi um autor desconhecido, não eu, trata-se de uma anedota, não foi afirmado que ele era Jesus.
        Francisco, não estou fazendo um diagnóstico mas sua reação mostra um elevado déficit cognitivo.
        Saúde, paz e prosperidade.

  2. A luta que os bolsonaristas travam com a imprensa é quixotesca!

    Não apresentam quais as mentiras que alegam ser alvos da mídia que rotulam negativamente, muito menos desmentem as notícias com atos contrários às informações veiculadas.

    Na verdade, eleger a mídia como inimiga foi uma tática inicial. Agora, manjada e desgastada, o resultado é este:
    prejuízo ao povo, que sempre paga o pato ou as atitudes irresponsáveis de seus governantes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *