Alteração nos benefícios do INSS é o primeiro teste para o governo

Deu no Estado de Minas

A pressa da presidente Dilma Rousseff em desmentir a mudança no cálculo do rendimento básico do trabalhador faz todo sentido, porque se prevê que a alteração nos benefícios previdenciários, por meio de medidas provisórias (MPs) enviadas ao Congresso Nacional na semana passada, promete ser o primeiro grande teste para o governo no Legislativo para aprovação de matérias de seu interesse.

Para o governo, as mudanças vão gerar uma economia anual de R$ 18 bilhões aos cofres públicos. Elas passarão a valer assim que forem publicadas no Diário Oficial da União, mas as MPs precisam ser aprovadas em 120 dias pelo Congresso para que a eficácia seja mantida. Esse prazo começa a contar a partir do fim do recesso legislativo, em 2 de fevereiro.

PACOTE DE MALDADES

Se o termômetro for mesmo a minireforma previdenciária, a oposição promete dificultar ao máximo a votação e acusa Dilma de “mentir” durante a campanha eleitoral para, depois, adotar medidas impopulares.

“Essas medidas vão enfrentar muita resistência. Esse pacote de maldades tira do bolso dos trabalhadores e dos pensionistas e aposentados. Com todo o desastre na economia nos últimos quatro anos, estagnação e inflação alta, agora estão empurrando a conta de R$ 18 bilhões para o trabalhador”, criticou o líder do DEM, Mendonça Filho (PE). Segundo o parlamentar, Dilma pratica “estelionato eleitoral” com a redução dos benefícios

Para o líder do PDT na Câmara, Félix Mendonça Júnior (BA), as MPs terão “total dificuldade” de aprovação no Congresso Nacional. O partido integra a base governista e comanda o Ministério do Trabalho.

“O PDT não concorda com nada que venha a tirar direitos adquiridos dos trabalhadores. Isso é um projeto da equipe econômico, não é da base aliada. Com essa equipe que está atuando, aumentando juros, a gente já fica apreensivo com o que vem. É uma equipe ortodoxa que acha que a melhor maneira de controlar inflação é aumentando juros em vez de aumentar produção”, afirmou.

8 thoughts on “Alteração nos benefícios do INSS é o primeiro teste para o governo

  1. Cai antes dos 120 dias. O desespero esta grande. E as acusacoes contra o Eduardo Cunha sumiram depois que ele propos a CPI da Lava Jato ? A industria da difamacao recuou ?

  2. Vamos lembrar ao pete e a presidente Dilma que o seu partido prometia taxar os bancos pelos seus lucros exorbitantes. Ou os ajustes serão feitos apenas nas costas dos trabalhadores? Não precisa responder.

  3. Tenho visto em outros blogs petistas dizendo que os “malfeitos” sempre existiram… tudo bem, mas o PT ficou mais de duas décadas dizendo que, chegando ao Poder tudo isso acabaria, iriam instalar a decência, dignidade e outros sinônimos mais… Cadê ?

    • Os blogs esgoto pagos com dinheiro de estatais acham que roubar e um direito adquirido
      No Uol ha uma foto do ‘ pais da educacao ‘ . Uma professora vendendo bolo para sobreviver no DF , pois o petista Agnelo Queiroz raspou os cofres. E essa falta de carater que eles defendem…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *