Análise do Ibope mostra que a eleição presidencial ainda está totalmente aberta

Resultado de imagem para eleitor charges

Charge do Erasmo (Arquivo Google)

Márcia Cavallari Nunes
Estadão

A última pesquisa do Ibope Inteligência sobre as eleições presidenciais realizada a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que 41% dos eleitores não mencionam nenhum candidato na pergunta estimulada, quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não consta na lista de candidatos. Comparando este índice com o obtido em pesquisa realizada em 2014 no mesmo período, constata-se que ele é praticamente o dobro.

Quatro anos atrás, havia 11 candidatos e, hoje, são 19 que dizem que vão concorrer à Presidência da República. É importante avaliar separadamente os eleitores que declaram que, se a eleição fosse hoje, votariam em branco/nulo (33%) e dos que dizem que ainda não sabem em quem votar (8%). Em 2014, eram 13% e 8%, respectivamente, ou seja, o número de indecisos permanece o mesmo, mas o dos que declaram intenção de votar branco ou nulo aumenta significativamente.

A mesma tendência é observada quando se analisa a pergunta espontânea de voto, aquela onde não se apresenta os nomes dos candidatos, ou seja, o eleitor já declara que votará branco ou nulo, antes mesmo de saber quem concorrerá ao pleito. Em 2014, eram 16%, e hoje são 31%. Fazendo uma avaliação do perfil desse eleitor, observa-se que não há diferenças importantes quando se compara com as características do eleitorado como um todo, exceto pelas mulheres.

Enquanto, no eleitorado, as mulheres representam 52%, entre os que declaram votar em branco ou nulo elas totalizam 58%. Há também um pequeno destaque para os eleitores com idade entre 35 e 44 anos. Nas demais variáveis demográficas, o perfil dos que preferem votar branco ou nulo são semelhantes ao do total de eleitores.

Por outro lado, os que ainda não sabem em quem votar são majoritariamente composto por mulheres, eleitores com idade acima de 55 anos, os que têm apenas o ensino fundamental, os residentes na região Sudeste do País e aqueles que não têm acesso à internet.

Esses números mostram que a eleição está totalmente aberta e que há um grande espaço para que os candidatos conquistem eleitores. Entretanto, como a intenção de votar branco ou nulo é bastante expressiva, é necessário um monitoramento deste indicador ao longo da campanha eleitoral.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
– Com todo respeito à pesquisadora Márcia Cavallari Nunes, que é CEO (dirigente) do Ibope Inteligência, não entrou na análise o total de indecisos (20%) na pesquisa espontânea, sem o nome dos candidatos. Juntando os brancos e nulos (31%), com os indecisos (20%), dá o total de 51%, maioria absoluta, que até agora derrota amplamente os políticos, Juntando todos eles, chega-se a apenas 49% dos votos, ou seja, ainda são minoritários. (C.N.)

16 thoughts on “Análise do Ibope mostra que a eleição presidencial ainda está totalmente aberta

  1. 1) Uma amiga ex-petista histórica, hoje psolista (por causa do filho) me disse outro dia…

    2) O Brasil vai seguir a tendência da Europa e do resto do mundo:

    3) “Grande parte da população não vai votar e a centro direita pode ganhar”.

    • Crivela venceu por conta disso. Os cariocas se omitiram, a crentarada que vota em quem o pastor manda compareceu em peso e o Rio “ganhou” o pastor/prefeito que desadministra a cidade.

    • Basicamente, o que vem ocorrendo é que as esquerdas se alienaram das massas, um sintoma disso é o fato de que a palavra “populismo” virou palavrão para os intelectuais de esquerda.O que os partidos de esquerda europeus ou os democratas americanos tem a dizer sobre o desemprego, ou a crescente concentração de riqueza com o empobrecimento do resto da população? Simplesmente nada. Hoje os partidos de esquerda apenas fazem discursos politicamente corretos, falam em nome um mundo perfeito imaginário onde jamais haverá conflitos, e defendem na prática os interesses do grande capital.

  2. Desses presidenciáveis, há um, cujo conteúdo apresenta 30% daquilo que, para os meus interesses estritamente individuais, parecem auspicioso: Jair Bolsonaro. O diabo é que pensamento ninguém adivinha.
    Além do esgarçamento moral da sociedade, precesso degradativo já iniciado pela Rede Globo, a segunda desgraça mais grave empestada pelo PT, foi a fragilizacão da sagrada garantia, constitucional, chamada Direito à Propriedade. Isso sem considerar os famigerados programas sociais: arrancar do suor de quem trabalha, para entupir o rabo de sanguessugas, esperando destas, os dividendos eleitoreiros.
    Quem achar que eu esteja exagerando, é só mirar nas incursões dos sem-terra, sem-teto e sem-vergonha.
    No modelo capitalistas, o que estimula o indivíduo evoluir, é a garantia jurídica de que, aquilo que ele conquistar, honestamente, ficará no seu poder até que ele se desfaça ou perca por sinistro.

  3. O PT foi formado por intelectuais, por uma elite nacional que jamais colaborou com o povo, a não ser consigo mesma.

    O egoísmo, a vaidade, o ego insuflado de escritores, professores universitários, sempre impediram que esclarecessem à população a situação brasileira.

    Menos em transmitir a ideologia comunista, os benefícios de uma sociedade controlada por meia dúzia de espertalhões, que usaram métodos de violência indescritíveis para prender o povo, de impedi-lo de ir e vir, além do cerceamento de direitos coletivos e individuais!

    Dito isso, os petistas sempre souberam que a maioria do povo brasileiro é composta de gente pobre, carente, de analfabetos absolutos e funcionais, de incultos e incautos, em torno de 60 a 70% da população.

    Conquistá-los seria manter-se no poder indefinidamente através de eleitores, mas havia a necessidade de dinheiro para as campanhas, então os roubos contra as estatais!

    E ter nas mãos o pobre, significava cooptá-lo mediante o Bolsa Família!

    Pois este falso projeto social, que jamais incluiu quem quer que fosse socialmente, CONDENOU o carente, o miserável, à MISÉRIA!!!

    Por ter deixado de lado justamente possibilitar ao pobre recuperar a sua dignidade e força de trabalho, o Bolsa Família concede 15 reais para cada filho e quantias que não passam de 200/250 reais mensais para as famílias inscritas no programa.

    Ora, se antes havia a luta quase que insana para se conseguir alimentos por parte do carente, com a comida assegurada o paraíso havia sido conquistado neste planeta e, em vida, ainda!!

    No entanto, essa multidão enorme de gente não contribui com impostos, não arrecada IR, INSS, apenas e tão somente através do pouco ou quase nada que compra.

    Se somarmos os beneficiários do Bolsa Família e os desempregados, teremos um povo de 50 milhões de pessoas a esmo, sem trabalho, sem contribuir para o desenvolvimento nacional!!!

    De modo que pudesse manter os seus eleitores através desta doação mensal, o PT aumentou a carga tributária, aproximando as classes B e C das inferiores, usando de um artifício repudiável e condenável, pois alegava que as classes atendidas tinham sido incluídas socialmente, que tinham melhorado de vida quando, na verdade, as que estavam acima é que tinham descido de categoria!

    E, ai daquele governo que, agora, disser algo parecido que irá rever o Bolsa Família!

    Não escapa sequer vivo!!!

    Assim se encontra o Brasil, que sustenta mais de 30 milhões de pessoas que não trabalham, e tem pela frente mais de vinte milhões de desempregados, afora 60 milhões de inadimplentes!!!

    Claro, nossos parlamentares reconhecidamente honestos e preocupados com o país, aumentaram as nossas despesas em mais de 70 bilhões para o ano que vem, pois independente de estarmos em situação pré-falimentar, deputados e senadores vivem em um mundo à parte!

    Os problemas que temos são mais do que graves, eu diria que muitos são insolúveis, se o país teimar em seguir desa forma.

    • Sr. Francisco Bendl, V.Sa., como comentarista, vem ascendendo numa escala provecta: mais elucidativo, mais didático e menos escrachante. Parabéns.
      Nada melhor para debelar os adversários, como o procedimento contrário!

    • Senhor Bendl,

      Quem recebe o bolsa família gasta todo dinheiro que recebe com coisas essenciais à sua subsistência. Como pagamos pelo menos 35% de imposto em tudo que consumimos a maior parte dessa “fortuna” de 250 reais retorna para os cofres públicos. Os donos de vendinhas (onde a maioria gasta sua fortuna mensal) também pagam impostos e empregam. Logo, o bolsa família além de ser um programa social é um programa econômico. Quem recebe bolsa família não viaja para Miami, gasta seu dinheiro todo aqui. Quem acha que há quem vive de bolsa família, faça a seguinte experiência: tire do seu salário a quantia de 250 reais e tente viver só com isso. Eu, com certeza, não chegaria ao fim do mês vivo. Portanto, essas pessoas não vivem, sobrevivem. Para mim é melhor colocar dinheiro na mão de um irmão nosso que está em situação de fragilidade social do que distribuir dinheiro para banqueiros e outros parasitas do setor financeiro. O bolsa família é um programa importantíssimo e, definitivamente, não é o problema. Se há desvios é porque há seres humanos desonestos, não porque o programa seja ruim. Acho que a sua cólera anti-PT está te cegando.

      Abs.

      • Prezado Franco,

        Lamento se não me fiz entender.

        Observa que não critiquei a esmola dada ao povo, que anteriormente sequer tinha comida.

        Tenho sido um protestante da forma como este projeto social foi organizado e oferecido ao pobre.

        Evidente que sem comer o ser humano morre ou se torna um subnutrido.

        Mas, uma vez que o governo iria garantir esse alimento, deveria ser oferecido ao povo inscrito o trabalho e o estudo.
        Recuperar a dignidade da pessoa; fazê-la trabalhar e estudar e, desta forma, impulsioná-lo para a vida.

        Não.
        O pessoal recebe a doação e fica por isso mesmo!
        O pobre foi condenado à miséria com o Bolsa Família, então te pergunto, caro Franco:
        É justa esta pena, esta condenação?!

        Mais e pior:
        Se não oferecesse trabalho e estudo, apenas comida, que instituísse um rigoroso Planejamento Familiar, menos incentivar que este miserável tenha mais filhos, pois ganha 15 reais por criança!!!

        Ou seja, o homem pobre, que recebe o Bolsa Família, se tornou um reprodutor, um mero trepador, me perdoa a expressão, pois botar filhos neste mundo e nas condições que os pais desse filho se encontram é crime, no mínimo!!

        Ora, aonde estão os Direitos Humanos dessas crianças que nascem sem eira nem beira?!

        Que beberão água de esgoto, andarão nuas, barrigas imensas de vermes, doentes, raquíticas, subnutridas, sem acompanhamento médico e dentário??!!

        Não seria uma monstruosa maldade judiar de pequenos seres humanos dessa forma??!!

        Os que são contra o Planejamento Familiar teriam ideias diferentes para conter a explosão demográfica dos pobres?!

        Por que não existe um planejamento na saúde com relação às mulheres que desejam se esterilizar??!!

        O Bolsa Família é o retrato fiel da incompetência governamental e do seu ódio pelo pobre!!!

        Nada mais desumano, cruel, repudiável, do que sustentar pessoas que poderiam trabalhar e resgatar até suas autoestimas, menos acostumá-las com um prato de comida até o fim de suas vidas miseráveis e lamentáveis!

        Sinceramente, mas é desprezar sobremaneira a pessoa, o adulto, as crianças, os idosos, os jovens, enquanto as castas legislativa, executiva e judiciária, caso um de seus membros tenha peido trancado viaja para Boston sob nossas expensas!!!

        Para o brasileiro e seus filhos, a esmola, as migalhas, os restos jogados fora pela corte imperial brasileira, composta por ladrões, corruptos, incompetentes e irresponsáveis!

        Abraços, Franco.

  4. Paulo III,

    Obrigado pelo comentário.

    Apesar de provecto também significar antigo, velho, avançado em anos, que seria verdadeiro, pois tenho 68 no lombo!

    E, como diz o ditado:
    O diabo sabe não porque é sábio, mas porque é velho!

    Excelente domingo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *