Ao manter em sigilo o cartão corporativo, Bolsonaro imita Lula no caso Rosemary

Resultado de imagem para rosemary e lula charges

Charge do Boopo (Arquivo Google)

Carlos Newton

É muito triste constatar que existem pontos em comum entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula da Silva. Por exemplo: a quase totalidade dos eleitores do atual chefe do governo jamais poderia imaginar que Bolsonaro viria se comportar exatamente igual a Lula, mantendo sob segredo absoluto as despesas feitas com cartão corporativo.

Recorde-se que, ao chegar ao poder em 2003, o ex-presidente fez questão de criar um cargo público para abrigar a amante Rosemary Noronha Povoa, uma ex-secretária do Sindicato dos Bancários de São Paulo que o então líder metalúrgico conheceu em 1993, quando se iniciou a tórrida relação extraconjugal.

ROSE NO PODER – Para ter a amante a seu lado , inclusive fizeram juntos 34 viagens internacionais, Lula a nomeou chefe do Gabinete da Presidência da República em São Paulo. Como o cargo era inexistente, foi montado um escritório com equipe completa (assessores, secretárias, contínuo, carro oficial e motorista), vejam como o amor é lindo.

Junto com o elevado salário DAS, a segunda-dama da República ganhou também um cartão corporativo de vigência internacional, um excelente emprego para a filha e a garantia de serviços encomendados à empresa do compreensivo marido, que jamais se opôs ao romance presidencial.  

Em sua longa carreira, Lula cometeu muitos, mas o principal foi mesmo o cartão corporativo dado a Rose, porque a gentileza acabou lhe custou uma eleição que teria mudado o curso da História Republicana.

BRIGA COM DILMA – Essa passagem é interessantíssima e na época (2014) somente foi contada em detalhes aqui na “Tribuna da Internet”, com absoluta exclusividade. E tudo começou em 2010, quando o PT tinha de escolher o candidato à sucessão do segundo mandato de Lula, e ele surpreendeu o país ao indicar Dilma Rousseff. A então ministra da Casa Civil era pouquíssimo conhecida e na campanha Lula teve de carregá-la nas costas para derrotar o tucano José Serra.

Não houve nenhum acordo concreto, mas era óbvio que Lula seria o candidato do PT em 2014, e a convenção nacional estava preparada para aclamar a candidatura dele por unanimidade. Mas aconteceu o que ninguém esperava. A então presidente Dilma Rousseff alegou que tinha direito à reeleição e peitou Lula.

BOMBA FATAL – Lula insistiu na candidatura, e Dilma então lançou uma bomba fatal. Às vésperas da convenção, ameaçou divulgar as despesas do cartão corporativo de Rosemary Noronha, que demonstrariam não apenas os gastos abusivos em compras pessoais no exterior, mas também comprovariam que em certas ocasiões a segunda-dama viajara como clandestina, sem ter seu nome na lista de passageiros do AeroLula, e a divulgação desse escândalo destruiria a imagem do presidente petista, que ainda era um ícone da esquerda internacional.

Lula teve de recuar. Quando todos esperavam sua candidatura, causou espanto e decepção na convenção do PT, ao discursar defendendo a candidatura de Dilma. E o resto da história todos sabem.

SIGILO MANTIDO – Cinco anos depois, agora é Bolsonaro que surpreende a opinião pública, ao ignorar a recente decisão do Supremo Tribunal Federal que eliminou o sigilo dos gastos com cartão corporativo da Presidência.

Desde 1967, no auge de ditadura, um decreto militar amparava a decisão de não divulgar as despesas da Presidência. Mas agora em novembro o Supremo derrubou o artigo 86 do Decreto-Lei 200/67, e assim passou impedir que as despesas reservadas ou confidenciais da Presidência continuem sob sigiloso.

Na interpretação do Planalto, porém, existiria outra legislação, a Lei de Acesso à Informação, que possibilitaria manter em sigilo os gastos dos cartões corporativos.

ULTRASSECRETA – A esse respeito, a nota da Secretaria-Geral da Presidência cita o artigo 24, segundo o qual a informação em poder dos órgãos e entidades públicas, “observado o seu teor, e em razão de sua imprescindibilidade à segurança da sociedade ou do Estado, poderá ser classificada como ultrassecreta, secreta ou reservada”.

Alega o Planalto que as informações passíveis de pôr em risco a segurança do presidente, do vice-presidente e dos respectivos cônjuges e filhos devem ser carimbadas como reservadas, , ficando sob sigilo até o término do mandato em exercício ou do último mandato, em caso de reeleição.

“Feitas as considerações acima, esta Secretaria compreende que a decisão do STF não modifica os procedimentos atualmente adotados, em face da legislação de fundamentação ser norma específica distinta do Decreto-Lei nº 200, de 1967”, afirmou a Secretaria-Geral da Presidência.

###
P.S. 1
Esse “parecer” é da lavra do ministro Jorge Oliveira, um ex-major da PM, filho do ex-chefe de gabinete do então deputado Jair Bolsonaro e que desde jovem foi apadrinhado pelo parlamentar e conseguiu se reformar com apenas 38 anos, sem jamais ter saído às ruas para enfrentar criminosos. Por ser formado em Advocacia, o ministro Oliveira se diz “jurista” e tem colocado em má situação o governo, porque nada entende de Direito, confunde decreto-lei com medida provisória e faz com que o Congresso arquive mensagens presidenciais. Esse “parecer” de Jorge Oliveira não tem pé nem cabeça, como se dizia antigamente, e merece ir para a lata do lixo.

P.S. 2Quanto aos cartões de Rosemary, existe uma ação no Supremo, movida pelo repórter Thiago Herdy, que ainda não foi julgada. Mas já se sabe que o sigilo será quebrado e a segunda-dama de Lula voltará a ser manchete dos jornais. Rosemary foi fiel a Lula o tempo todo, recusou ofertas milionárias para escrever suas memórias, mas agora se vê abandonada, porque o ex-presidente vai casar com outra petista, Rosângela da Silva, que já se desligou de Itaipu, onde o partido lhe arranjara um emprego de quase R$ 20 mil mensais. São coisas do amor.  (C.N)

22 thoughts on “Ao manter em sigilo o cartão corporativo, Bolsonaro imita Lula no caso Rosemary

  1. Um cartão para uma amante.
    Uma despreparada assumiu a presidência em cima de um cartão que causoui uma quebradeira em milhares e milhares de empresas e lojas no Brasil.
    Este cartão custou muito caro à Nação Brasileira.
    O preço é incalculável.

  2. Na história constará que uma pedetista “infiltrada” implodiu o partido (PT) que queria tomar o poder ‘ad eternum’ no Brasil.
    Mas, nós sabemos que foi a providencia divina que atuou para nos salvar.

  3. A Janja desligou—se de Itaipu, para que o “Peron” tupiniquim a passa lançar como candidata à Presidência em 2022. Proximo passo lançar uma música com o título “Não chores por mim Brasil” . Mas isto é só a minha opinião.

  4. Cartão corporativo é uma coisa louca, inventada por um canalha durante seu governo, e continuada pelos seus subsequentes. Fonte de despesa sem limite e paga pelo povo ! COISA DE LADRÃO QUE PERSISTE E QUE TÃO CEDO NÃO ACABARÁ. Povo ignorante, que não sabe votar, e que continuará a eleger marginais por muito tempo.

    • O STF tem tempo para soltar bandidos através da vergonhosa 6a5, e não tem tempo para julgar a bandida amante porque de sobra vai pegar o bandido de.sua estimação luiz inacio.
      Os ministros ainda fingem que são respeitados.
      Por quem?
      Somente pelos funcionarios e mesmo assim porque recebem salários que nao conseguiriam em lugar nenhum do planeta.
      Patetas gostam de.platéias.

  5. Estou aguardando a imprensa divulgar os gastos dos últimos presidente, comparando lula, dilma e temer. Mesmo sem mostrar detalhes, ao menos vamos poder comparar os valores com o gasto por Bolsonaro.

  6. Na razão direta que o parlamento criou uma série de auxílios pecuniários para esconder uma forma de roubar o povo em caráter “oficial”, o governo fez o mesmo consigo, ao decidir ter 150 cartões corporativos e com suas despesas mascaradas em formas de gastos a serviço quando, na verdade, esconde também um jeito de ganhos adicionais aos escolhidos em ter esse maravilhoso benefício.

    FHC foi o autor dessa imoralidade, desse atentado, desse deboche e escárnio contra o povo.
    Também FHC cometeu uma série de crimes que se manteve impune pelo PT, que o sucedeu, pois tais ilicitudes de FHC iriam ajudar o sucessor a fazer o mesmo, logo, os tucanos asfaltaram o caminho do roubo, exploração e manipulação para os petistas, desde que estes jamais colocassem FHC na justiça ou que fosse alvo de auditorias!

    Assim, aproveitou-se e deliciou-se Dilma, Temer, e como não poderia deixar de ser, Bolsonaro, afinal das contas também o atual presidente é “filho de Deus”.

    Em outras palavras:
    Segue o baile, agora para um pequeno grupo.
    Se, antes, o PT abria a orgia com dinheiro público para seus partidários e aliados, desta vez o Planalto reduziu o número de convidados, mas permitindo que se deliciem com os cartões corporativos, que não possuem qualquer transparência, limites e controle!

    Ah, mas isso é democracia!

  7. Carlos Newton, em 3 de dezembro de 2014 publiquei no meu facebook texto defendendo fim dos cartões corporativos com menções às tuas coerentes posturas e link da Tribuna da Internet, sustentando o seguinte: Dilma Rousseff deve deixar de ser “poste do Lula” como foi considerada no mandato que encerra. Será benéfico ao país que a presidente assuma por inteiro suas responsabilidades, sem essas ingerências de quem não teve a outorga dos eleitores e se esquiva diante de temas públicos. https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1558247081058224&set=t.100006188403089&type=3&theater

  8. O ALTISSIMO SEJA LOUVADO …SEMPRE ..

    Vcs já viram um suino ? Creio que muitos sim .

    Situação hipotética ..ok.

    Peguem um suino ..lave ele bem lavado ..coloque nele um terno bem bonito …e ponha nele o melhor perfume e bálsamo que se pode achar …ok.

    Largue ele …e o deixe a vontade..Ok.

    Note o que este suino vai fazer: Ir direto para lama podre e mal cheirosa ..para ali ficar numa boa alegre e de acordo com a sua natureza.

    Portanto meu caro amigo CN …Vc do alto de sua “expertise” ..Esperava o que deste que agora ocupa a cadeira presidencial com os “votos” de 60 milhões de comparsas…?

    Vida que segue meu caro CN …igualzinho a comparação com o Suino.

    Tudo é questão de natureza… O urubu só come o que lhe é próprio..jamais vai comer a comida de uma pomba (o que tb só come o que lhe é próprio). Para um ou outro comer o que não for de sua natureza ..teria que haver uma mudança de natureza…a de um colocada na do outro .

    Portanto isso coloca os pingos nos Is.

    TODOS canalhas …somente pelos frutos podemos eleger “alguns’ neste lamaçal que se chama poderes constituidos do Brasil .

    PAZ esteja com todos ..

    YA SEJA LOUVADO …SEMPRE ..

    Salmo 103 a todos .

  9. KKK governo novo com práticas velhas, mas gente despreparada é assim mesmo, adora repetir os erros que antes tanto condenava. Somos um país muito rico por isto mantemos este tipo de coisas vergonhosas. O nome deste cartão é Porcorativo, sem querer ofender os porcos que, como dizia o meu pai, é animal útil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *