Apertem os cintos, Dilma sumiu (mas não faz a menor falta…)

Grasielle Castro
Correio Braziliense

Nos primeiros 20 dias do segundo mandato, a presidente Dilma Rousseff viu crescer a lista de problemas que assombram o Planalto, e até quem apostava em um período de calmaria neste início de 2015 se surpreendeu. Não bastassem as dificuldades herdadas dos últimos quatro anos, as recentes decisões da petista implicaram embates com os principais partidos aliados, brigas dentro do próprio PT e atritos com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Outras medidas afetaram o bolso da população, como a alta de juros para o financiamento da casa própria e a mudança de regras trabalhistas, que desfavorecem a população.

Agora, mais medidas impopulares, como o aumento de impostos, de combustíveis e da conta de luz, que pode chegar a 35%. Para engrossar o caldo, a crise na Petrobras parece ganhar fôlego em vez de ser arrefecida. Na definição de um cacique petista, em pouco mais de duas semanas, a presidente “conseguiu desagradar a todos”.

A Lava-Jato, no entanto, não é a única crise que vem desde o governo passado. O Planalto terá de reatar laços com o setor financeiro, reconquistar os empresários, conter a inflação, reavaliar a articulação com o Congresso, refazer pontes com os movimentos sociais e evitar fiasco na organização das Olimpíadas do Rio, em 2016.

SEM ARTICULAÇÃO POLÍTICA

Após assistir à maneira como a presidente encarou os primeiros dias de governo, um parlamentar aliado desabafou: “Vimos a falência da articulação política com o Legislativo. Temos a esperança de que melhore, mas não vemos sinal disso. Temos visto atitudes públicas que só demonstram fragilidade. Não era preciso a presidente ter desautorizado o ministro Nelson Barbosa (Planejamento) sobre o reajuste do salário mínimo. Atitudes como essa deveriam ter ficado lá atrás, em 2014”, completa.

Segundo este ainda aliado, a expectativa para 2015 já era difícil, e não precisava ter se tornado ainda pior. “Teremos pela frente os cortes de gastos, o anúncio de aumento de impostos, da luz, de combustíveis, o fim das desonerações… Eram coisas que foram escondidas na campanha, mas que eram evidentes, e agora vamos ter que fazer esse anúncios com esse contexto”, reclama.

Outro petista questiona: “Onde está a presidente? Ela sumiu, o governo se calou. Só as notícias negativas falam”.

A avaliação de integrantes do Planalto é de que a presidente não teve maleabilidade para lidar com as pressões e deixou os ruídos falarem mais alto. “Foram criando cada vez mais crises. Um dos problemas que o governo não tinha, mas construiu, é a briga pela presidência da Câmara. A força da candidatura de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi resultado do esforço do governo em ignorar o Parlamento. Ele é apenas a cereja do bolo de um Congresso desprezado”, dispara um petista graúdo.

28 thoughts on “Apertem os cintos, Dilma sumiu (mas não faz a menor falta…)

  1. Gostaria de saber do articulista qual desses políticos faz falta!
    Alô, alô, ” petista Graúdo”: Não ignorar o Parlamento é abrir os cofres INCONDICIONALMENTE aos senhores, não é verdade?
    “Boa articulação política” é o ” dando que se recebe”, não é verdade?
    Não basta que CADA UM de vocês receba mais DO QUE DUAS DÚZIAS DE PROFESSORES, JUNTOS!
    Não basta que o Congresso seja o mais caro e corrupto do mundo!
    É preciso mais! Mais! Mais!
    Estão muito carentes!
    Coitadinhos!
    Meu Feliz Ano Novo pra vocês: MORRAM TODOS, CANALHAS!
    Todos os partidos, sem exceção!

    Saudações,

    Carlos Cazé.

  2. O cabide de emprego petista é enorme e em todos os níveis de poder. Na cidade de Maricá/RJ, que tem 120.000 habitantes, o prefeito petista Quaquá, conseguiu colocar 30 secretarias, 3 a mais do que na Capital. Não contente, colocou ainda 59 subsecretarias e mandou buscar a filha regra 3 do Lulla, Luriam, para trabalhar com sua mulher na agência de propaganda dela.

  3. Ontem um sorridente Joaquim Levy ( não sei por que tanto riso, tanta alegria, diante de milhões de palhaços no salão), anunciou para a patuléia o maior o maior ARROCHO fiscal dos últimos anos, comprovando , mais uma vez, o estelionato eleitoral praticado pela Anta Maldita durante as eleições.

    A estelionatária não apresentou as fuças para o contribuinte.Optou por se esconder.É covarde.

    O Anuncio da tunga ao bolso do contribuinte coincidiu com o apagão que paralisou 10 cidades brasileiras. demonstrando o mal que essa Anta Maldita fez com setor elétrico, sem citar o descalabro na Petrobras, hoje batendo nas portas da falência.

    Nas tintas dos penas alugados , como do Attuch por exemplo, o arrocho ganha o poético nome de “gradualismo” do Attuch e dese esgoto tivesse sido praticado por um governo de tucanos o nome do estelionato seria outro, pois não?

    O Partido -Quadrilha de Lulla não comprou somente o teclado desses vagabundos. Comprou deles também a vergonha na cara e o caráter.

  4. No dia 7 de junho de 2011 o Superior Tribunal de Justiça decidiu anular toda a Operação Satiagraha, que resultou na condenação
    por corrupção da quadrilha do banqueiro Daniel Dantas, dono o grupo Opportunity, a 10 anos de prisão. O STJ concluiu que foi
    ilegal a participação de integrantes da Agência Nacional de Inteligência – Abin, nas investigações. Um alívio para Daniel Dantas e
    para o jornalista Leonardo Attuch.
    Attuch, repórter da Revista Isto É Dinheiro, da Editora Três, foi flagrado trabalhando em benefício da quadrilha de Dantas e Naji
    Nahas que saqueava os cofres públicos. O “jornalista” usava a Revista para publicar matérias encomendadas pelo banqueiro,
    muitas delas redigidas por outras mãos e assumidas por Attuch. O “repórter” era pago pelo Caixa 2 comandado por Humberto
    Braz, homem da Construtora Andrade Gutierrez, a serviço do apelidado por FHC, “gênio do mal” Roberto Figueiredo do Amaral.
    Roberto Amaral indicou Braz para ser o homem de confiança do banqueiro Daniel Dantas. Braz passou a atuar nos “negócios” da
    Brasil Telecom, chegou a presidência da empresa e foi o grande consultor do Grupo Opportunity até ser flagrado pela Polícia
    Federal tentando corromper com R$ 1 milhão o delegado que comandava a Operação Satiagraha , Protógenes Queiroz, que
    costumava chamar Humberto de “o homem da mala”.
    Leonardo Attuch foi flagrado na Operação Satiagraha como assessor de comunicação da organização criminosa. Certa vez, Carlos
    Rodemburg foi chamado na Editora Três, Revista Isto É Dinheiro, pelo presidente Domingos Alzugaray, para mostrar uma matéria
    feita por Leonardo Attuch denunciando o banqueiro Daniel Dantas usando o nome de laranjas no contrato do Opportunity com o
    Citybank. A matéria foi produzida a partir de um dossiê da Telecom Itália, que estava em litígio com a Brasil Telecom.

  5. Enviado a mim por email pelo pessoal do Blog Resitencia Democrática.

    Dilminha Apagão e Joaquim Mané Levy
    Dia histórico. Duas máscaras cairam de vez, a da gerente competente de Dilma e do economista liberal que sabe economia do Manoel Levy. Com o apagão no Brasil que trabalha, Dilma enterrou sua imerecida fama e todos percebem que se trata apenas de uma gerentona incompetente, arrogante, boçal, mentirosa, desonesta e burra. Com o aumento de impostos, a lua de mel de Joaquim Levy com os idiotas e tolinhos que acham que todo mundo com diploma de Chicago sabe economia como Milton Friedman virou um pesadelo. Curioso notar que ainda há puxa-sacos e otários teimosos e/ou retardados, eles realmente acreditam em Dilma e em Mané Levy. Ah, também acreditam que o socialismo vai dar certo, dessa vez.

  6. Viva esta gente incompente e que está levando o Brasil da gente para o buraco. Aliás há muito tempo.
    Viva o grande mandato presidencial de Dilma Stela Rousseff…A guerrilheira que na campanha atual recente foi chamada de Coração Valente…kkkkkkkkkkkkkk
    Bem feito agora teremos que aguentar esta senhora e sua turma por mais 4 anos a não ser que haja algo mais grave ainda por vir.
    IMPEACHMENT DESTA INCOMPETENTE SENHORA.
    Viva……a incompetencia de DILMA e do PT…………
    Viva a votação que ela teve no Nordeste, no Norte, em parte do Rio de Janeiro e em parte de Minas Gerais.
    Viva parte do Povo Brasileiro que reelegeu esta incompente e ainda bate palmas para ela e para tudo que ela faz de errado.

  7. O governo Dilma é uma desgraça completa! Passou 04 anos agredindo e insultando a tudo e a todos…o resultado dessa postura arrogante e prepotente ela começa a colher agora, com a eleição de Eduardo Cunha…Aí ela verá quantos palmos existem entre o calcanhar e o cotovelo..

  8. Onde andam os MAV’s que infestavam a Tribuna? Desapareceram, subiram foram dissolvidos ou estão apenas escondidos? Nenhum deles aparece para justificar as medidas econômicas da PresidAnta Dilma? Ou secou o pote das bondades e eles estão, agora, tendo que trabalhar para ganhar o dinheirinho do mês?

  9. Prezado Sr. PAULO-2, Saudações.
    Não sou MAV, mas tenho escrito antes, tudo o que está acontecendo no Plano Econômico. Entendendo o mecanismo da coisa, não tem Mistério. A Presidenta DILMA governou 4 anos no rescaldo da Mega-Crise Financeira de 2008 e para se re-eleger em 2014, fez tudo errado ECONOMICAMENTE, mas tudo certo POLITICAMENTE. Aumentou a Despesa Pública financiada via Endividamento Público até onde pode, mantendo assim o DESEMPREGO menor que antes, e a INFLAÇÃO dentro do teto da Meta de 6,5%aa. Assim enfrentou uma meia dúzia de Debates, uma Campanha dura, e VENCEU a Eleição a Presidência da República. Agora, Eleita, fará tudo ao contrário, Reduzirá a Despesa Pública e aumentará a RECEITA, para ir equilibrando o Orçamento, não perder o Investment Grade das Agências de Rating Internacionais, e depois de +- 2 anos “capengueando”, fazer a Economia voltar a crescer forte lá por 2018, ano da próxima Eleição presidencial. Até lá o bom Povo já esqueceu tudo e mais um pouco. Querer imaginar que um Presidente da República vá se “suicidar Politicamente” fazendo tudo certo Economicamente, é esperar demais. Ninguém faz isso.
    Para mudar isso, só mudando para melhor nosso caótico, desorganizado e CARÍSSIMO Sistema Político. Distritalização Pura, Voto Facultativo, Bi-Partidarismo, Candidatos Independentes, Recall de maus Representantes, Eleições Diretas para os Tribunais de Contas da União/Estados/Municípios, Tratamento de SENHOR para todo mundo e não EXCELÊNCIA, etc,etc, etc.
    Com o Sistema Político que está aí, é de assim para pior. Abrs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *