Aplausos para Calderon

Veio, viu e venceu o presidente do México. Não transigiu,não concordou, não silenciou: “Não aceitamos intrusão ou atividade militar em nosso território”.  Era um protesto veemente conta a “invasão” americana da Colômbia.

Calderon tem razões históricas

Além da convicção, o presidente do México não pode esquecer o ROUBO do território do país por esses mesmos americanos. Apesar dos 155 anos decorridos.

Um terço do território do México “pertence” aos EUA

Em 1854/55 era ainda um país pequeno, sem expressão. Avançou nos vizinhos. “Tomou” do México o Texas (hoje o maior estado americano), a Califórnia, o Novo México e outras partes que formam os 9 milhões e 100 mil quilômetros quadrados de hoje.

Até o presidente da Coca-Cola se “elegeu” no México, nunca mais

Se Calderon fosse presidente na época do roubo, os EUA teriam sido expulsos. Mas esse domínio durou tanto que o até o dono da Coca-Cola “presidiu” o México. O que não aumentou a renda líquida do País. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *