Após a censura, documento de Marcelo Odebrecht foi imediatamente extraído dos autos

Resultado de imagem para censura a crusoe

No documento, Toffoli está identificado com “o amigo do amigo”

Carlos Newton

No mesmo dia que a reportagem da revista Crusoé sobre o empresário Marcelo Odebrecht e o ministro Dias Toffoli foi censurada pelo ministro Alexandre de Moraes no Supremo Tribunal Federal, o documento com a explicação do dono da empreiteira sobre a expressão “amigo do amigo de meu pai” foi retirado do processo. A documentação foi extraída dos autos após um despacho do novo juiz da 13ª Vara Federal em Curitiba, Luiz Bonat, que substitui em definitivo o agora ministro Sérgio Moro.

Como o inquérito está sob sigilo, não estão claros os motivos nem de que autoridade superior partiu a determinação ao juiz de primeira instância, mas causa muita estranheza que isso tenha acontecido no mesmo dia da censura.

REPERCUSSÃO – Tem sido intensa a repercussão do ato do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, que atendeu a um pedido do presidente Dias Toffoli, para censurar a reportagem. Sites e portais denunciam a arbitrariedade, que foi registrada também em blogs e nas redes sociais.

A medida extrema é muito negativa para Toffoli, porque fica parecendo que não tem como se defender da acusação. Essa sensação fica ainda maior, porque o ministro se recusou a responder às perguntas encaminhadas pela revista Crusoé. Se tivessem respondido, com apresentação de argumentos sólidos, a reportagem poderia até ter sido cancelada, por falta de propósito.

DIZ O PROCURADOR – Em Curitiba, um dos principais coordenadores da Lava Jato, o procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, que recentemente se aposentou, mas permanece atuante nas redes sociais, bateu pesado no Supremo Tribunal Federal (STF) e na absurda censura imposta a Revista Crusoé.

Santos Lima postou duas frases, apenas isso, mas ambas de fortíssimo conteúdo. A primeira dizia o seguinte, com palavras em maiúsculas: “A reportagem da Crusoé foi censurada ADMINISTRATIVAMENTE, ao estilo DOPS, pois não foi sequer feito em um processo regular.”

E o complemento veio a seguir: “O STF viola o estado de direito ao conduzir um inquérito para investigar o que não é crime e para censurar a imprensa.

DIZ O SENADOR – No Senado também houve repercussão. O senador Jorge Kajuru (PSB-GO), que é jornalista profissional, ocupou a tribuna nesta segunda-feira (15) para exigir um posicionamento da casa contra o Supremo Tribunal Federal.

 Mesmo sabendo que o chefe do governo não pode interferir, Kajuru lhe fez um apelo: “Presidente Bolsonaro, se for possível, impeça isso!”. Em seguida, sempre em tom indignado, o parlamentar do PSB criticou a atitude absolutamente inconstitucional do ministro Alexandre de Moraes, que no uso exclusivo de seu mandato no Supremo, sem ouvir o plenário, atentou gravemente contra a liberdade de imprensa, ao mandar ‘lacrar’ dois veículos de comunicação.

26 thoughts on “Após a censura, documento de Marcelo Odebrecht foi imediatamente extraído dos autos

  1. Do cineasta José Padilha, que dirigiu Tropa de Elite, sobre o pacote anticrime de Sérgio Moro:

    Sergio Moro finge não saber o que é milícia porque perdeu sua independência e hoje trabalha para a família Bolsonaro.

    É obvio que o pacote anticrime de Moro vai estimular a violência policial, o crescimento das milícias e sua influência política.

    http://bit.ly/2V5OkjR

    Um soco no estômago na punitivismo.

  2. Quem julga o STF? Sabemos bem a quem temem, um cabo e um soldado. A mais ninguém. Sabemos a origem do mal. O processo de escolha dos mesmos. Os parlamentares fizeram a lambança na Constituição, que resolvam a M. que fizeram. E rápido. O cabo e o soldado já podem estar a postos.

  3. A solução é a volta da Monarquia, o único regime que deu certo no Brasil. Tem que tirar o poder de moderador do STF/Judiciário. A República NUNCA deu certo no Brasil. Os militares que deram o golpe de 1889, precisam reparar este ato feito contra a nação e vontade povo brasileiro. Ave Império !!!

  4. Augusto Nunes sobre Gilmar Mendes: “Ele ameaça os jornalistas com método de gângster”
    Diario do Brasil

    Palavras do jornalista Augusto Nunes …
    O ministro Gilmar Mendes tem um costume que eu considero abominável, que é exigir dos empresários dos meios de comunicação que demitam jornalistas que ousem criticá-lo.

    Isso acontece comigo por todas as empresas por que passo.

    Ele telefona, ameaça e diz: ‘então é guerra’ …

    O que isso significa? Significa que qualquer processo envolvendo essa empresa (ou o proprietário da empresa) que passar pelo Supremo, será julgado por ele com a mesma vontade que a máfia nova-iorquina trata os empresários que não querem se submeter às suas exigências.

    Então, o método de gângster é esse aí, e digo isso com a maior tranquilidade …

    Se por acaso Gilmar Mendes quiser recorrer à justiça, eu apresento provas, é isso.

    Veja a fala do jornalista aqui
    https://www.youtube.com/watch?v=VkywcDm34Tw

    • Temos todo STF que trabalhamos para ter. Elles trabalharam e os resultados estão aí, cabe a nós começarmos a fazer a nossa parte e mudar esta quadro ou pode não haver Joaquim Barbosa que nos salve do próximo mensalão. Neste caso, a Venezuela é o limite.

  5. A única instituição que , democraticamente, pode por em ordem esta verdadeira balbúrdia juridica em que se tornou o stf é o senado. Mas, como fazer aquela casa funcionar pelo povo. O stf está usurpando as suas atribuições há muito tempo. O povo, este sofredor, assiste a esta afronta à democracia e não pode confiar em seus representantes legislativos, que até agora apontam o executivo como bode expiatório de sua inoperância, mas não movem um dedo para tornar o país mais justo. São os inúteis da pátria. O presidente, se não ferir a constituição não sairá da presidência. O orçamento será executado conforme o ordenamento jurídico. Ora, o país não aguenta dois anos mais de arroocho. Depois que a corda arrebentar, todos terão razão e ninguém será culpado.
    O congresso dos interesseiros já fez o ano de 2019 ir para o ralo. Espero que uma luz brilhe naquelas cabeças raivosas e ressentidas, e que parem de maltratar o futuro do Brasil querendo atacar um presidente por todas as formas.

  6. Bolsonaro precisa se manifestar com firmeza contra o ato inconstitucional do STF. Tem que desautorizar o parecer do Ministro da AGU. Tem que responder ao Mourão se tem acordo ou não. E pra não deixar dúvidas, chamar o Artigo 142.

    Clã Bolsonaro se cala diante de censura imposta pelo STF. Mourão rasga o verbo: “Tem um acordo aí”
    Amanda Nunes Brückner – Diario do Brasil

    Nenhum integrante do clã Bolsonaro se manifestou contra a atitude arbitrária do ministro Alexandre de Moraes de censurar a reportagem da Crusoé sobre o ministro Dias Toffoli.

    O vice-presidente, general Hamilton Mourão não se calou e declarou o seguinte:

    “Não tenho dúvida de que é censura, mas vai além da censura.No momento em que (a decisão), além de interditar a publicação, convoca os jornalistas a depor na Polícia Federal, (significa que) já estão respondendo a inquérito.” declarou o general.

    Para o vice-presidente, o ministro Dias Toffoli, ao se sentir atingido, teria que acionar o Ministério Público:

    “O camarada está sendo tudo, é julgador e investigador. Tem um acordo nisso aí e não passa por mim. Se a AGU (Advocacia Geral da União) se manifestou favorável, tem um acordo aí.””

    Mourão deu a dica … tem um acordo aí … seria algo para beneficiar algum processo de Flávio Bolsonaro no STF?

    É só uma pergunta …

    Cuidado presidente Jair Bolsonaro … a direita não tem político de estimação.

  7. PF na casa do general Paulo Chagas
    O Antagonista

    As dez operações da PF ordenadas por Alexandre de Moraes e vazadas à Folha de S. Paulo já estão em curso.

    O general Paulo Chagas foi alvo de mandado de busca e apreensão:

    “Caros amigos, acabo de ser honrado com a visita da Polícia Federal em minha residência, com mandato de busca e apreensão expedido por ninguém menos do que ministro Alexandre de Moraes. Quanta honra! Lamentei estar fora de Brasília e não poder recebe-los pessoalmente.”

  8. Pede ajuda para o “General” Mourão ele que é o Bam Bam Bam vai restabelecer a democracia no Brasil.

    Daqui há pouco a PF vai fechar todos os sites e vasculhar nossas casas.

    Certamente o mentor de tudo isso está para ser solto e tem 9 garras.

    Jair Bolsonaro apanhou muito calado da imprensa que foi calada.

    Plantaram estão colhendo.

  9. Em nossa Republiqueta de Banans Podres, Toffoli tem toda razão.

    Onde já se viu levantar dúvidas sobre o comportamento jurídico e social de uma ministro do STF nomeado pelo beato-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva ?

  10. O IP,instaurado é ilegal. Logo, a Decisão Censuradora da Crusoé e do Antagonista, também o é. Duas excrescências jurídicas fabricadas no ambito do STF a quem a CRFB confere a prerrogativa de defendê-la.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *