Após “conversa produtiva”, Regina Duarte começará período de “testes” na Secretaria Especial da Cultura

Atriz disse que “está noivando” após encontro com Bolsonaro

Victoria Azevedo
O Globo

A atriz Regina Duarte diz que começa, nesta semana, um período de testes na Secretaria Especial da Cultura. Ela conversou com o presidente nesta segunda-feira, dia 20, no Rio de Janeiro.

“Nós vamos noivar, vou ficar noiva, vou lá conhecer onde eu vou habitar, com quem que eu vou conviver, quais são os guardas-chuvas que abrigam a pasta, enfim, a família. Noivo, noivinho”, afirmou a atriz à coluna.

PACIFICAÇÃO – “Quero que seja uma gestão para pacificar a relação da classe com o governo. Sou apoiadora deste governo desde sempre e pertenço a classe artística desde os 14 anos”, disse a atriz. A atriz não deixou claro se haverá nomeação no Diário Oficial durante esse período de testes e não quis confirmar se colocou condições para aceitar o cargo.

Uma possibilidade que tem sido avaliada no governo é a de recriar o Ministério da Cultura. É esperado que, caso a atriz aceite o cargo, ela reveja algumas nomeações feitas pelo ex-secretário Roberto Alvim. Em conversas reservadas, tem especulado alguns nomes para compor sua eventual equipe —um deles é o do ator Carlos Vereza.

COMUNICADO – Em comunicado enviado pela assessoria do Palácio do Planalto, o governo diz que ela estará em Brasília no cargo que era de Roberto Alvim.

“Após conversa produtiva com o presidente Jair Bolsonaro, Regina Duarte estará em Brasília na próxima quarta-feira, 22, para conhecer a Secretaria Nacional de Cultura do governo federal”, diz comunicado da Secretaria de Comunicação da Presidência. O comunicado não deixa claro se ela aceitou o convite.

RECUSA –  Regina Duarte já havia sido convidada para integrar o governo no início do ano passado, mas recusou. A atriz é uma das mais famosas apoiadoras do presidente Jair Bolsonaro e já elogiou a política do governo no setor.

17 thoughts on “Após “conversa produtiva”, Regina Duarte começará período de “testes” na Secretaria Especial da Cultura

  1. Este um bom nome para a Secretaria de Cultura se o Andrade fosse presidente:

    NOTICIAS | CEARÁ

    Secretário de cultura do Eusébio é exonerado do cargo

    O espetáculo Erotic Circus Show foi duramente criticado pelo prefeito de Eusébio, Acilon Gonçalves
    Postado em 19/01/2020 | 12:50
    A 20ª Convenção Brasileira de Malabarismo e Circo que foi realizada durante a última semana no município de Eusébio, ganhou grande repercussão após o espetáculo Erotic Circus Show, apresentado na sexta-feira, 17.

    O show mostrou homens seminus e com movimentos eróticos entre eles, chocou as pessoas que assistiam ao espetáculo. Nas redes sociais, os comentários foram negativos quanto a performance da apresentação.

    Devido o conteúdo apresentado, o prefeito do município, Acilon Gonçalves, publicou um vídeo no qual critica a apresentação e informa a exoneração do secretário de cultura Léo Abreu. (CN News).

  2. A grande atora Regina Duarte é de filosofia da direita. Espera-se que seja moderada, diferente da direita do Bolsonaro, tenha a mente aberta para cultura e defenda até lutas de galos combatentes, que faz parte da cultura de muitos brasileiros. É direito consuetudinário.
    Galo combatente, não é animal de estimação, não abana o rabo para o dono. O frango é alimento usado em todas as mesas dos brasileiros. É uma espécie que está extinta em seu habita natural, como os originais: malaio, bankiva, farcutos e o Tuso, que era o galo dos nobres japoneses, só existem em cativeiro e em função das rinhas.
    Pessoas de alta relevância no cenário nacional, acompanhavam lutas de galos.
    Lutas de galos combatentes existem em todos os países da América latina, inclusive em Cuba e em alguns estados dos EUA.
    Há mais de 30 anos deixei de criar galos combatentes. Como conhecedor do assunto vejo nessa perseguição aos criadores de galos de briga uma grande hipocrisia.
    Falei em lutas de galos como exemplo. Entendo, que, em defesa da cultura, não se deve ser contra a nada que faz parte da cultura do povo ou da opção sexual de cada um.

    • Caro Nélio Jacob, Harry, meu pai, falecido em 1958, também criou e fazia brigas de galos índios, razão para minha demonstração de apego para com a raça e para tanto discorro um fato inusitado e publicado em minha página no Facebook, diante do artigo/ afirmação:
      “Coelhos pulam e vivem 8 anos.”
      “Cachorros correm e vivem 15 anos.”
      “Tartarugas não fazem nada e vivem 150 anos.”
      -“Fazer nada, é muito mais saudável!”
      PS. Provocado, faço constar:
      “15 de janeiro de 2018 às 12:59 ·
      Galo, “trabalha muito” e vive 25 anos e até mais, haja visto aquele que Norton Weber e eu ganhamos no Torneio de Dominó em homenagem ao tb resistente Miro(vulgo Galo), realizado em 1992 na Lanchonete Navegantes, do nosso amigo Nilo Gomes de Oliveira Jr. e que com essa idade(26 anos) pode ser encontrado atual e recentemente viúvo, nos fundos (galinheiro) da residencia do Sr. Orlando, na esquina da Av. Getúlio Vargas, com Rua Inácio Bastos.
      Aguarda visitas, para fotos flagrantes, rabiscadas via “esporadas” autógrafos.
      PS. O famoso, longevo e viúvo galo, faleceu em fins de 2.019, não tendo deixado ovos a serem chocados, filhos, ou testamento conhecido.

      • Caro José Guilherme.
        Pessoas condenam as lutas de galos, por não ter ideia do que é um galo combatente, na dificuldade em cria-los, não sabem que pintos ainda de penugem, numa ninhada, quando muda o tempo, ou chove muda a coloração das penugens, eles se estranham e entram numa luta de extermínio, se o tratador não estiver atento, perde toda a ninhada. Galo combatente economicamente é inviável, é considerado galo, quando faz muda para de frango para galo geralmente ao 12 meses. Até lá,
        gasta-se em média 70 Reais.
        No início dos ano 50, tinha um vizinho que criava galo combatente e quando ia à Academia de lutas de galos no largo do Pedregulho , o filho dele me convidada. E lá, os galistas antigos diziam que Osvaldo Aranha era frequentador da academia, o irmão foi um dos grandes criadores em São Paulo.
        João Saldanha era adepto de lutas de galo, era o que diziam os mais antigos. da rinha de Maricá. Outras grande figuras nacionais foram adeptos de lutas de galos Não se encontra isso no Google , nem no You Tube. Numa entrevista do João Saldanha, disse ele, se referindo a uma pessoa: “era espora braba”, gíria usada por galistas em referência uma pessoa perigosa
        Um dos primeiros atos de Tancredo Neves como primeiro ministro do governo João Goulart foi revogar a lei de Jânio Quadros que proibia a briga de galos.
        Antes de ser contra as lutas de galos, que tem regra e juiz, sou contra as lutas entre seres humanos, que não nasceram para isso, diferentemente dos galos de briga, que nasceram para lutar impelidos pelos seus genes.
        Um grande abraço , saúde e paz

  3. O ALTISSIMO SEJA LOUVADO ..SEMPRE …

    Ué ! Não é essa essa degenerada que disse que tinha MEDO do governo do Sr. Luis Inácio..quando este foi eleito …? HA..HA..HA..HA…

    Mostrando a carinha risonha …das atrizes mediócres que sempre foi..uma besta que se achava quando atuava nas “desgraças” da Globo a numero um do Brasil …HA..HA..HA… Mostrando agora sua face de subserviente ao sistema podre de nossa politica …agora vai para cultura , ajudar o governo deste tb degenerado que ele se diz ‘noivando” …KKKKKKKKKK É assim que estes idiotas que elogiavam este degenerada como uma atriz impar ..agora estão vendo seu lado OCULTO e diabólico ao unir-se a este Governo que defende a plataforma do ÓDIO .

    Bem feito ..a todos que deram seus votos ao ódio, agora estamos vendo quem é quem no contexto da VERDADE.
    Essa Senhora … é igual ao adágio do suino que toma banho e usa perfume …logo quando solto ..corre direto para a lama podre…pois é lá que o mesmo se sente bem .ELA só está indo para onde se sente bem .

    YA SEJA LOUVADO ..SEMPRE ..

  4. Se ela entrar no governo, fará besteira.
    Ela é atriz, unanimidade, e não política e, ao se tornar política, se indisporá com a parcela dos fãs que não apoia o atual governo.
    E isso sem falar na Rede Esgoto, seu patrão, que atualmente faz oposição ostensiva ao Bolsonaro.

  5. Bem que o editor podia usar a força do blog, e fazer uma solicitação para a ministra e/ou presidente; pedindo a liberação da “briga de galo”, com transmissão direta (dessas brigas) no lugar do Jornal Nacional. PS: Agente perde tempo lendo essas bobagens, mas é muito mais engraçado que o Zorra Total.

    • O pior, é que eu quase perdi a entrevista do Moro, lendo essas “coisas”. O cidadão ainda cita Cuba. Imagine em Cuba, a população pobre, magra; deve atrair uma multidão, todos babando, olhando aqueles galos enormes, imaginando um ensopado. Sem falar na segurança, que precisa para ninguém roubar e fritar o galo.

  6. Regina é boa atriz e não está indo trabalhar numa novela. Ela pode e acho que vai trabalhar bem nessa secretaria, a questão é que por ser do Governo Bolsonaro já não presta, a esquerda já aciona sua máquina de sujar reputações. Ela vai ser alvo de arremesso de bosta a pequena, média e longa distância. E isso não falta aqui nesta Tribuna.
    Vamos lá Regina, mostre aos velhacos que a Viúva Porcina era personagem de uma obra de ficção, e para aqueles que não tem capacidade de separar as coisas, que se danem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *