Após Rose e Valério, Lula só dá entrevistas à TV criada pelos Sindicatos petistas

Diogenes Campanha (Folha de S. Paulo)

Desde o final de novembro, quando foi deflagrada a operação Porto Seguro, que atingiu sua ex-assessora Rosemary Noronha, o ex-presidente Lula tem evitado falar com a imprensa, mas concedeu três entrevistas exclusivas à TVT (TV dos Trabalhadores).

Lula em entrevista à TVT em novembro, quando festejou a expansão da emissora que ajudou a criar Lula adora a TVT…

Ele não foi questionado em nenhuma delas sobre as acusações que custaram o cargo da ex-chefe do gabinete da Presidência da República em São Paulo Rosemary Noronha, denunciada pelo Ministério Público Federal sob suspeita de corrupção.

Em 29 de novembro, seis dias depois do início da Porto Seguro, Lula falou à TVT na abertura de um evento de catadores de material reciclável. “Beleza? Tranquilão?”, disse o repórter ao cumprimentar o ex-presidente, a quem só chamou de “você”.

Os únicos temas da conversa, na qual o petista exaltou o crescimento da TVT, foram iniciativas do governo Lula para os catadores e uma homenagem que ele havia recebido da categoria.
Reprodução

No dia 7 de dezembro, Lula deu nova entrevista à emissora, após uma palestra no sindicato dos metalúrgicos da Alemanha e um encontro com líderes do Partido Social Democrata alemão, em Berlim.

Lula foi questionado sobre qual deveria ser a “agenda internacional dos trabalhadores” e como o Brasil poderia ajudar a Europa em crise.

Lula deu a terceira entrevista, na semana passada, logo depois da divulgação do novo depoimento em que o empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, operador do mensalão, faz acusações contra o ex-presidente.

Lula falou à TVT após a posse do novo presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Apesar de o evento ter sido um ato de desagravo a Lula pelos “ataques”, a emissora não lhe perguntou sobre as acusações de Valério. À TVT Lula deu declarações otimistas sobre as perspectivas para o próximo ano.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *