Aproveitando a fama, PTB pode lançar Daniel Silveira na disputa para o Senado no Rio

Gilmar Fraga / Agencia RBS

Charge do Gilmar Fraga (Gaúcha/RBS)

José Carlos Werneck

Na semana em que o deputado Daniel Silveira é assunto de destaque na mídia brasileira, seu partido, o PTB, pode lançá-lo nome para concorrer à cadeira de senador pelo Estado do Rio de Janeiro.O PTB quer aproveitar a polêmica em torno da graça concedida pelo Presidente da República Jair Bolsonaro e turbinar o nome do deputado.

Para prestigiá-lo, o partido decidiu indicá-lo para integrar cinco comissões da Câmara dos Deputados. O  mais incrível é que o PTB indicou o parlamentar para membro efetivo da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, que tem a atribuição de analisar a cassação de deputados, entre outras funções. Ou seja, iria votar o caso dele, se Bolsonaro não tivesse concedido o indulto. Realmente a vida tem dessas coisas e a política é surpreendente, com suas incoerências.

OUTRAS COMISSÕES – Silveira também vai ser vice-presidente da Comissão de Segurança Pública. além de integrar na condição de titular, as Comissões de Esporte e de Cultura, ficando na vaga como suplente na de  Educação. Até então, Silveira só havia participado da subcomissão de geração de energia elétrica, em 2019.

Em Brasília, o que se comenta é que Daniel Silveira, antes um parlamentar pouco conhecido, ganhou fama e holofotes, graças à atuação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, com sua equivocada decisão ao mandar prender o deputado.

A ideia de se lançar ao Senado é do próprio Silveira, mas o partido prefere a candidatura à Câmara Federal, porque terá grande votação e pode ajudar a eleger maior número de deputados, aumentando  o faturamento do PTB nas verbas do Fundo Partidário e do Fundo Eleitoral. E ainda há o risco de perder a eleição, porque Romário é novamente candidato, desta vez pelo PL, partido de Bolsonaro.

19 thoughts on “Aproveitando a fama, PTB pode lançar Daniel Silveira na disputa para o Senado no Rio

  1. Uai, quandoba Supremissima faz essas intervenções políticas, só pode dar nisso.

    Viseu a ressuscitacao do crápula vou lá, que agora não pediu indenizacao por ter ficado um ano preso, Cerqueira creditado a um juiz de primeira instânciapela sua condenação.

    Como a ONU pode cair numa arábica dessa.

    A melhora análise foi feita pelo Joaquim Barbosa.

    https://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/post/barbosa-acha-que-lula-entregara-presidencia-no-colo-de-bolsonaro.html

  2. O STF tornou-se o maior propagandista da Estado Clepto-patrimonialista, ao escolher um lado.

    Claro, não deve ser fechado, mas revisto. Qualquer idiota pode ser seu ministro.

    A propósito, onde está a segunda turma, a mais execrável composição de que se tem notícia. Ainda bem que te em o Alexandre, o Grande.

    • PS>

      Sr. Newton, uma simples falência o ex-jogador foi setenciado com dois anos e meio de cana brava

      Imagine se fosse com aqueles petralhas que escondem milhões na cueca, quantos anos os petralhas pegariam.??

  3. Preocupa-me muito esse silêncio dos bons.

    Na realidade, estão todos tomados pelo binarismo reducionista

    Assim se condeno a atual turma do planalto, teria opção por uma outra.

    É o fim do poço.

    Não há bons bandidos.

  4. A Supremissima não poderia só promover o Lula.

    Afinal é imparcial, colocou no pacotao o inexpressivo Daniel, elevado à condição vê dele brigadeiro.

    Será que estamos todos mortos,?

    Parece que sim.

    Como pode centros universitários convidarem um, ministro do STF, nessa situação pra palestra. Se fora antecipado deveriam ter anulado ou convidarem quem discorda.

    Estamos acabando com a capacidade crítica. Sejam os crápulas travestidos de direita ou de esquerda.

    A impressão que tenho é de que estamos todos mortos e, mais, em avançado estado de putrefação.

  5. Será que não teve uma voz dissonante na palestra do Insigne Alexandre, o Grande?

    Estamos formando génios imbecilizados, aliás, idiotas diplomados.

  6. Sr. Newton,

    O filhote latrocida do Luladrão/FHC foi preso hoje pela Policia Civil.., depois de roubar um casal e matar o rapaz atirando quatro vezes, por causa de uma porcaria de um celular…

    Segundo a Policia, o luladrãozinho term 10 passagens pela policia., por vários crimes, inclusive quando era menor, já está na vida do crime aos 12 anos…

    Era para estar na cadeia cumprindo vários anos de cana, mas estava solto,

    Para o Sr. ver como está nossa Justiça, enquanto a população sendo caçada todos os dias nas ruas deste Páis, e o IluMinistro do Supremo se preocupando com o Rambo da Discórdia….

    Caso Renan: falso entregador suspeito de matar jovem em SP se entrega
    Acxel Gabriel de Holanda Peres, de 23 anos, confessou assassinato de Renan Silva Loureiro, de 21 anos, na última segunda (25)

    https://www.band.uol.com.br/noticias/caso-renan-falso-entregador-suspeito-de-matar-jovem-se-entrega-16508608

    “”Eu não posso ver mais jovem de 14 e 15 anos assaltando e sendo violentado, assassinado pela polícia, às vezes inocente ou às vezes porque roubou um celular”,

    Frase do defensor de bandidos e também bandido Luladrão…

  7. Um homem chegou numa aldeia com uma corneta misteriosa, de onde pendiam panos vermelhos e amarelos, contas de cristal e ossos de animais.

    Esta é uma corneta que afasta tigres – disse o homem.

    — A partir de hoje, por uma modesta quantia diária, eu a tocarei todas as manhãs, e vocês nunca serão devorados por estes terríveis animais.

    Os habitantes da aldeia, aterrorizados com a ameaça de ataque de um animal selvagem, concordaram em pagar o que o recém-chegado pediu.

    Assim se passaram muitos anos, o dono da corneta ficou rico, e construiu um belo castelo para si mesmo. Certa manhã, um rapaz que passava pelo local, perguntou a quem pertencia aquele castelo. Ao saber da história, resolveu ir até lá conversar com o homem.

    — Ouvi dizer que o senhor tem uma corneta que afasta tigres – disse o rapaz. — Acontece, porém, que não existem tigres em nosso país.

    Na mesma hora, o homem convocou todos os habitantes da aldeia, e pediu ao rapaz que repetisse o que dissera.

    — Vocês escutaram bem o que ele disse? – gritou o homem, assim que o rapaz terminou. — Esta é a prova irrefutável do poder da minha corneta!

      • Artigo divertido.

        O BRASIL EXPLICADO EM GALINHAS
        Pegaram o cara em flagrante roubando galinhas de um galinheiro e o levaram para a delegacia.
        D – Delegado
        L – Ladrão
        D – Que vida mansa, heim, vagabundo? Roubando galinha para ter o que comer sem precisar trabalhar. Vai para a cadeia!
        L – Não era para mim não. Era para vender.
        D – Pior, venda de artigo roubado. Concorrência desleal com o comércio estabelecido. Sem-vergonha!
        L – Mas eu vendia mais caro.
        D – Mais caro?
        L – Espalhei o boato que as galinhas do galinheiro eram bichadas e as minhas galinhas não. E que as do galinheiro botavam ovos brancos enquanto as minhas botavam ovos marrons.
        D – Mas eram as mesmas galinhas, safado.
        L – Os ovos das minhas eu pintava.
        D – Que grande pilantra… (mas já havia um certo respeito no tom do delegado…)
        D – Ainda bem que tu vai preso. Se o dono do galinheiro te pega…
        L – Já me pegou. Fiz um acerto com ele. Me comprometi a não espalhar mais boato sobre as galinhas dele, e ele se comprometeu a aumentar os preços dos produtos dele para ficarem iguais aos meus. Convidamos outros donos de galinheiros a entrar no nosso esquema. Formamos um oligopólio. Ou, no caso, um ovigopólio..
        D – E o que você faz com o lucro do seu negócio?
        L – Especulo com dólar. Invisto alguma coisa no tráfico de drogas. Comprei alguns deputados. Dois ou três ministros. Consegui exclusividade no suprimento de galinhas e ovos para programas de alimentação do governo e superfaturo os preços.
        O delegado mandou pedir um cafezinho para o preso e perguntou se a cadeira estava confortável, se ele não queria uma almofada. Depois perguntou:
        D – Doutor, não me leve a mal, mas com tudo isso, o senhor não está milionário?
        L – Trilionário. Sem contar o que eu sonego de Imposto de Renda e o que tenho depositado ilegalmente no exterior.
        D – E, com tudo isso, o senhor continua roubando galinhas?
        L – Às vezes. Sabe como é.
        D – Não sei não, excelência. Me explique.
        L – É que, em todas essas minhas atividades, eu sinto falta de uma coisa. O risco, entende? Daquela sensação de perigo, de estar fazendo uma coisa proibida, da iminência do castigo. Só roubando galinhas eu me sinto realmente um ladrão, e isso é excitante. Como agora fui preso, finalmente vou para a cadeia. É uma experiência nova.
        D – O que é isso, excelência? O senhor não vai ser preso não.
        L – Mas fui pego em flagrante pulando a cerca do galinheiro!
        D – Sim. Mas primário, e com esses antecedentes…
        Luis Fernando Veríssimo.

Deixe um comentário para Armando Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.