ARMAÇÃO contra garotinho, favorecendo cabralzinho

Gostem ou não dele, o ex-governador e ex-candidato a presidente (2002, com 15 milhões de votos) foi vítima de uma trama. Não apenas para prejudicá-lo, mas para beneficiar a reeleição do desgovernador.

Não há dúvida ou contestação: cabralzinho ficou sozinho (rima e é verdadeiro) para mais 4 anos num dos estados mais importantes do país.

Até onde chegaremos nessa volúpia de RETROCESSO POLÍTICO, que é sinônimo de RETROCESSO financeiro, econômico e administrativos

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *