Arruda, em liberdade, ignorado, no ostracismo

Como disse ontem, o governador afastado-licenciado-cassado, será posto em liberdade. Ninguém se preocupa mais com ele. Hoje, pela manhã, me falaram que está providenciando passaporte, não quer estar no Brasil no 3 de outubro, dia da eleição.

Tentei saber para onde iria, resposta: “Para a Suiça”.

Perguntei se ele gosta tanto de “relógio ou chocolate”, o informante, rindo, “você esqueceu, Helio, do outro grande fato de importãncia da Suiça?”

E lembrou: “Noutro dia você registrou a informação de um  amigo: O que é que o filho de Lula está fazendo, entrando no maior banco de Zurich?”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *