Arruda, Roriz e a mulher de Paulo Otavio

Esse é o trio que comanda a eleição de Brasília. Roriz quer voltar ao governo da capital, sabe que a ajuda do governador cassado e preso, é indispensável. Mas não quer (nem pode) ser visto publicamente com ele. Também não vai à sua casa. Então “conversam” através de “correligionários” pouco conhecidos.

A pergunta mais insistente de Roriz: “Como faço para “conquistar” as áreas que você domina eleitoralmente?”

Malandro, espertíssimo (ninguém nega), ambicioso e longe de ter abandonado a política, Arruda responde “fugazmente”, (as últimas cinco letras formam palavra que ele adora) não diz nada conclusivo. Quer deixar Roriz ansioso, e receber garantias IRREFUTÁVEIS sobre o futuro (do Arruda) se ele (Roriz) for eleito.

Há também Paulo Otavio, o homem mais rico de Brasília (seria o Eike Batista de lá?), que parece ter a síndrome da VICE-GOVERNADORIA. Era candidato a governador em 2006, mandou fazer pesquisa, VIU que Arruda estava mais forte, aceitou a VICE. E o compromisso de ser governador agora.

***

PS – Tudo desandou, são RIQUÍSSIMOS, mas se perdem por tostões. Agora, quer compensação. E pretende novamente a VICE, não para ele, mas para a mulher, NETA DE JK.

PS2 – Quando dizem que a mulher não faz política, Paulo Otavio responde: “Vice precisa de nome e mais nada, minha mulher é neta de um presidente da República”.

PS3 – Dará certo? Em Brasília tudo é possível.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *