As jogadas aéreas são importantes

Tostão (O Tempo)

Por causa do ambiente de revolta em Belo Horizonte contra os árbitros, como se houvesse um grande complô para derrubar o Atlético, torcedores, dirigentes, técnico e jogadores ficaram excessivamente tensos.

No primeiro turno, quando tudo dava certo, o Atlético fazia muitos gols pelo alto, porém, tinha muito mais variações. No segundo turno, aumentaram as jogadas aéreas, a ansiedade e a pressão para ganhar o título.

As jogadas aéreas são necessárias e importantíssimas quando ocorrem por meio de bolas paradas e de passes da linha de fundo, quando o jogador olha e coloca a bola na cabeça do companheiro. Assim saiu o gol do Atlético contra o Flamengo. Deveria ter ocorrido outras vezes.

Quando eu era menino, o técnico do time, Itaíbis, sempre dizia: “É proibido dar chutões”. Imagino que a maioria dos técnicos brasileiros da época, de todas as categorias, pedia a mesma coisa. Isso mudou, para pior. Outras coisas melhoraram. Criaram um outro futebol.

Quando escrevo, faço como cidadão e cronista do presente. Uso meus conhecimentos e experiências do passado para entender o presente.

###
BOM PASSE

Cruyff, mestre de Guardiola, dizia que só se forma um grande time com zagueiros que têm bom passe. Por isso, o Barcelona insistiu na contratação de Thiago Silva.

A imprensa divulgou que consta no planejamento financeiro do Barcelona para o próximo ano uma despesa de 40 milhões para a contratação de um jogador, sendo que dez milhões já teriam sido pagos. Seria Neymar? Se eu fosse dono de um clube, por esse preço, só pagaria por dois jogadores, Neymar ou Cristiano Ronaldo.

Paulo Calçade, o comentarista de jogo da TV que mais gosto, tem falado muito nas mudanças de estratégia do Barcelona, após a entrada do técnico Tito Vilanova, que era auxiliar de Guardiola. Assisti a todas as partidas e não vi nenhuma alteração na filosofia e na estratégia de jogo. Vou prestar mais atenção.

As mudanças que vi são de preferências individuais. O novo técnico gosta demais de Pedro, um jogador apenas disciplinado e esforçado. Tito Vilanova tem colocado Fábregas na reserva de Iniesta e Xavi. Guardiola, que não queria deixar um craque fora da equipe, avançava Iniesta pela esquerda e colocava Fábregas no meio-campo. Prefiro também o time com mais craques.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *